slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José – SC PowerPoint Presentation
Download Presentation
Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José – SC

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José – SC - PowerPoint PPT Presentation


  • 136 Views
  • Uploaded on

Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José – SC. O EVANGELHO DO REINO NO IMPÉRIO DO MAL. Lição 11 – 10/06/2012. Ev. Sérgio Lenz Fone (48) 8856-0625 (Claro) ou 9999-1980 (TIM) E-mail : sergio.joinville@gmail.com MSN : sergiolenz@hotmail.com.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José – SC' - decker


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Igreja Evangélica Assembléia de Deus

São José – SC

O EVANGELHO DO REINO

NO IMPÉRIO DO MAL

Lição 11 – 10/06/2012

Ev. Sérgio Lenz

Fone (48) 8856-0625 (Claro) ou 9999-1980 (TIM)

E-mail: sergio.joinville@gmail.com

MSN: sergiolenz@hotmail.com

slide2

“[...] Temei a Deus e dai-lhe glória, porque vinda é a hora de seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas”.(Apocalipse 14:7).

Texto áureo

VERDADE PRÁTICA

Apesar de sua influência e poder, o Anticristo não poderá calar a verdade do Evangelho – a Palavra de Deus é para sempre.

slide3
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Apocalipse 14:1-7

1 E olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o Monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que traziam na fronte escrito o nome dele e o nome de seu Pai.

2 E ouvi uma voz do céu, como a voz de muitas águas, e como a voz de um grande trovão e a voz que ouvi era como de harpistas, que tocavam as suas harpas.

3 E cantavam um cântico novo diante do trono, e diante dos quatro seres viventes e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil, aqueles que foram comprados da terra.

4 Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o

Cordeiro.

5 E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis.

6 E vi outro anjo voando pelo meio do céu, e tinha um evangelho eterno para proclamar aos que habitam sobre a terra e a toda nação, e tribo, e língua, e povo,

7 dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.

slide4

I N T R O D U Ç Ã O

Na primeira divisão (1-11) tivemos três seções:

  • os sete candeeiros (1-3)
  • os sete selos (4-7)
  • e as sete trombetas (8-11)
  • o quarteto do mal ataca (a igreja?) (12-13)

Agora temos um parênteses na narrativa com objetivo de:

  • Narrar de forma pormenorizada diversos aspectos da salvação.
  • Reforçar a idéia narrativa de um juízo iminente.
  • Afirmar categoricamente que as tragédias ocorridas e que ainda ocorrerão não são obras do acaso, senão a justa correção divina para com o homem pecador.
  • Lembrar os salvos acerca da necessidade da perseverança.
slide5

I – A PALAVRA DE DEUS APÓS O ARREBATAMENTO

1.1 – A Palavra de Deus é eterna:

Se a Bíblia viesse perder a sua inspiração após o arrebatamento, como ficariam os últimos atos do plano divino?

Certamente a Bíblia continuará sendo o manual de Deus para salvação de todo aquele que crer!!!

slide6

I – A PALAVRA DE DEUS APÓS O ARREBATAMENTO

1.2 – A Palavra de Deus é fundamento do Juízo Final:

slide7

I – A PALAVRA DE DEUS APÓS O ARREBATAMENTO

1.3 – O Espírito Santo após o arrebatamento da Igreja:

Precisa dizer mais alguma coisa?

slide8

TESTE SEUS CONHECIMENTOS

1 – O QUE A ESCRITURA TESTIFICA DE SI MESMA?

2 – O ESPÍRITO SANTO ESTARÁ NA TERRA DURANTE A GRANDE TRIBULAÇÃO?

slide9

II – A PROCLAMAÇÃO DOS MÁRTIRES

2.1 – A identidade dos mártires:

slide10

II – A PROCLAMAÇÃO DOS MÁRTIRES

2.2 – A fé sob o martírio:

Os mártires seguirão ao SENHOR: “Se Ele for ao Getsêmani, até ali o seguirão; mas se Ele for para o Calvário, eles tomarão suas cruzes e ali O seguirão; se Ele subir aos céus, até ali subirão eles, igualmente.”

(Wordsworth)

slide11

TESTE SEUS CONHECIMENTOS

3 – POR QUE OS MÁRTIRES SERÃO DEGOLADOS NO GOVERNO DO ANTICRISTO?

slide12

III – A PROCLAMAÇÃO DOS 144 MIL

3.1 – A identidade dos 144 mil:

slide13

III – A PROCLAMAÇÃO DOS 144 MIL

3.2 – A elevada posição dos 144 mil:

x

slide14

IV – A PROCLAMAÇÃO DAS DUAS TESTEMUNHAS

4.1 – A identidade das duas testemunhas:

slide15

Apocalipse 11:4

a) Oliveira: Símbolo da nação de Israel, dos profetas, bem como da Palavra de Deus;

b) Castiçais: Representa a luz de Cristo.

  • É exatamente isto que as duas testemunhas estarão fazendo, ou seja: falando da Palavra de Deus e da luz de Cristo, pois o seu reino está por vir.
  • Israel foi enganado pelo Anticristo, se fazendo de Cristo, logo, estas testemunhas terão a obrigação de alertar a nação e o povo da fraude praticada.
  • O que justifica a perseguição sofrida e a morte de ambos no final da primeira metade da G.T..
  • O Anticristo não poderia matá-los antes porque não tinha este poder, e por causa da aliança feita com Israel.

IV – A PROCLAMAÇÃO DAS DUAS TESTEMUNHAS

4.2 – A morte das duas testemunhas:

slide16

IV – A PROCLAMAÇÃO DAS DUAS TESTEMUNHAS

4.3 – A ressurreição das duas testemunhas:

  • Passados três dias e meio, a grande surpresa: foram ressuscitados à vista de todos os seus inimigos, e elevados ao céu envoltos em uma nuvem. Isto causou temor entre aqueles que assistiram o evento. Parece ser este o primeiro registro de um coração quebrantado entre os ímpios.
  • Diante de tal situação a terra estremeceu, um terremoto envolveu a cidade, a décima parte veio ao chão, e sete mil homens morreram.
  • Novamente o sentimento de temor os envolveu. Diz o texto que glorificaram ao Senhor. Mas isto também não é suficiente sem arrependimento e conversão.
  • “É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá.”
  • A ira de Deus não é remida por sentimentos de temor, ou espíritos de glorificação, mas sim de uma vida transformada.
slide17

TESTE SEUS CONHECIMENTOS

4 – QUEM SERÃO AS DUAS TESTEMUNHAS DO APOCALIPSE?

slide18

V – A PROCLAMAÇÃO DO ANJO

5.1 – O anjo evangelista:

  • Anjos são mensageiros de Deus. Essas mensagens podem ser:
  • Novas de alegria.
  • Duras reprimendas.
  • Castigo e morte.
  • Tudo depende do que escolhemos para receber de Deus através de seus mensageiros...
slide19

V – A PROCLAMAÇÃO DO ANJO

5.2 – O Evangelho Eterno:

O "evangelho eterno" é o pronunciamento de que o propósito eterno de Deus está sendo realizado agora. O evangelho eterno é substancial­mente o mesmo que o evangelho do reino. São as boas novas de que o rei está próximo, para estabelecer o reino que era o propósito eterno de Deus. Kelly, ao falar do evangelho eterno, diz:

Ele é chamado por Mateus "evangelho do reino". O "evangelho do rei­no" e o "evangelho eterno" são substancialmente iguais. Em Apocalipse ele é assim descrito porque sempre foi o propósito de Deus, pela descen­dência ferida da mulher, ferir o inimigo e abençoar o próprio homem aqui na terra. A esse propósito, Mateus chama, conforme seu objetivo, "evan­gelho do reino", porque Cristo será o Rei de um reino preparado desde a fundação do mundo. (William Kelly, The revelationexpounded, p. 173)

PENTECOST, J. Dwight. Manual de escatologia. São Paulo: Vida, 1998.

slide20

V – A PROCLAMAÇÃO DO ANJO

5.3 – A mensagem de arrependimento:

• O capítulo 13 encerra com uma nota triste. A pergunta que ecoa em todo mundo é: "Quem é como a besta, quem pode pelejar contra ela?" (13:4). Somos informados que a besta tinha autoridade sobre cada tribo, povo, língua e nação (13:7). Mas, agora, o anjo proclama as boas novas de alguém mais forte, o Todo poderoso Deus. Ele sim, deve ser temido. A ele sim, deve ser dada toda a glória.

• Enquanto durar o tempo os homens têm a oportunidade de se arrependerem e de se voltarem para Deus.

• Somente Deus é digno de ser adorado (14:7), porque ele é o Deus criador. Ele é a origem de todas as coisas.

Lopes, Hernandes Dias. Estudos no Livro do Apocalipse. Editora Hagnos (Apostila que deu origem ao Livro:

"Apocalipse: o Futuro Chegou, as Coisas que em Breve Devem Acontecer“)

slide21

TESTE SEUS CONHECIMENTOS

5 – O QUE É O EVANGELHO ETERNO?

c o n c l u s o
C O N C L U S Ã O :
  • 1. Na humanidade só há dois grupos: os salvos e os perdidos. Os adoradores da besta e os adoradores do Cordeiro, os que estarão com Cristo no Monte Sião e que serão atormentados de dia e de noite. Aqueles que estarão cantando e descansando no céu e aqueles que estarão atormentados para sempre.
  • 2. De que lado você está? Você tem o selo de Deus na sua vida? Sua vida é pura? Seus lábios são puros? Você está preparado para o dia do juízo? Hoje ainda é dia de oportunidade. Logo o juízo chegará e então, será tarde demais!