Cultura escolar, cultura da escola e culturas sociais : dialogando com a diversidade. - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Cultura escolar, cultura da escola e culturas sociais : dialogando com a diversidade. PowerPoint Presentation
Download Presentation
Cultura escolar, cultura da escola e culturas sociais : dialogando com a diversidade.

play fullscreen
1 / 13
Cultura escolar, cultura da escola e culturas sociais : dialogando com a diversidade.
718 Views
Download Presentation
cheveyo
Download Presentation

Cultura escolar, cultura da escola e culturas sociais : dialogando com a diversidade.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

    1. Cultura escolar, cultura da escola e culturas sociais : dialogando com a diversidade. Luciane Ribeiro Dias Gonalves Doutoranda em Educao DIS / UNICAMP SMEC Ituiutaba NEAB NEIAP - UFU

    2. O mundo contemporneo cada vez mais complexo nas suas diferentes dimenses vem passando por mudanas significativas e to radicais que, muitas vezes, no somos capazes de compreend-las de modo adequado. Sabemos tambm que grandes divises e inmeros conflitos marcam as sociedades atuais, muitos deles provocados por questes de ordem cultural. Por isso e diante desse contexto, acreditamos que necessrio avanar a reflexo em torno das relaes entre educao e cultura(s).

    3. cultura escolar conceito polissmico: que admite diferentes sentidos e enfoques. Forquin (1993)- conjunto dos contedos cognitivos e simblicos que selecionados, organizados, normalizados, rotinizados, sob efeito dos imperativos de didatizao, constituem habitualmente o objeto de uma transmisso deliberada no contexto das escolas (p.167).

    4. Antonio Frago (viso antropolgica) o conjunto dos aspectos institucionalizados que caracterizam a escola como organizao, o que inclui prticas e condutas, modos de vida, hbitos e ritos a histria cotidiana do fazer escolar objetos materiais- funo, uso, distribuio no espao, materialidade fsica, simbologia, introduo, transformao, desaparecimento e modos de pensar, bem como significados e idias compartilhadas.

    5. pesquisas revelam predomnio em nossas escolas uma cultura escolar rgida padronizada, ritualstica, pouco dinmica, que d nfase a simples processos de transmisso de conhecimentos e est referida cultura de determinados atores sociais (Candau, 2000) - e que pouco dialoga com o contexto cultural das crianas e dos/as jovens

    6. Chama a ateno quando se convive com o cotidiano de diferentes escolas como so homogneos os rituais, os smbolos, a organizao do espao e do tempo, as comemoraes de datas cvicas, as festas, as experincias corporais, etc. Mudam as culturas sociais de referncia, mas a cultura da escola parece gozar de uma capacidade de se auto-construir independentemente e sem interagir com esses universos. possvel detectar um congelamento da cultura da escola que, na maioria dos casos, a torna estranha a seus habitantes (Candau,2000:68).

    7. A cultura escolar: um universo monocultural? A cultura escolar apresenta um carter monocultural; A cultura dominante nas salas de aula a que corresponde viso de determinados grupos sociais: nos contedos escolares e nos textos aparecem poucas vezes a cultura popular, as sub-culturas dos jovens, as contribuies das mulheres sociedade, as formas de vida rurais, e dos povos desfavorecidos (exceto os elementos de exotismo), o problema da fome, do desemprego ou dos maus tratos, o racismo e a xenofobia, as conseqncias do consumismo e muitos outros temas problemas que parecem incmodos. Consciente e inconscientemente se produz um primeiro velamento que afeta os conflitos sociais que nos rodeiam quotidianamente(Sacristn,1995: 97).

    8. Origens da perspectiva intercultural em educao A reflexo sobre o papel da educao em uma sociedade cada vez mais de carter multicultural, recente e crescente no nvel internacional e, de modo particular, na Amrica Latina ; A origem desta corrente pedaggica pode ser situada aproximadamente h trinta anos, nos Estados Unidos, a partir dos movimentos de presso e reivindicao de algumas minorias tnico-culturais, principalmente negras. Na Amrica Latina, a preocupao intercultural, nasce a partir de outro horizonte. Para Ziga Castillo e Ansin Mallet (97), esta abordagem surge referida as nossas populaes indgenas.

    9. Quais seriam, ento, os critrios bsicos para se promover processos educativos em uma perspectiva intercultural? A pedagogia intercultural tanto escolar como social. A sociedade e a escola tm de unir suas aes no processo de educao intercultural articular a nvel das polticas educativas -prticas pedaggicas: o reconhecimento e valorizao da diversidade cultural com as questes relativas igualdade e ao direito educao como direito de todos/as.

    10. a educao intercultural afeta no somente aos diferentes aspectos do currculo explcito, objetivos, contedos propostos, mtodos e estilos de ensino, materiais didticos utilizados, etc, como tambm o currculo oculto e as relaes entre os diferentes agentes do processo educativo professores/as, alunos/as, coordenadores/as, pais, agentes comunitrios, etc. Neste sentido, trabalhar os ritos, smbolos, imagens, etc, presentes no dia a dia da escola e a auto-estima dos diferentes sujeitos e construir relaes democrtica que superem o autoritarismo e o machismo to fortemente arraigados nas culturas latino-americanas, constituem desafios iniludveis.

    11. Portanto, possvel afirmar que a perspectiva intercultural em educao no pode ser dissociada da problemtica social e poltica presente em cada contexto. Relaes culturais e tnicas esto permeadas por relaes de poder. Da seu carter muitas vezes contestador, conflitivo e mesmo socialmente explosivo.

    12. A perspectiva da educao intercultural apresenta uma grande complexidade e nos convida a repensar os diferentes aspectos e componentes da cultura escolar e da cultura da escola e o sistema de ensino como um todo. No pode ser trivializada. Coloca questes radicais que tm que ver com o papel da escola hoje e no prximo milnio. Todos os educadores e educadoras estamos convidados a ressituar nossas teorias e nossas prticas a partir dos desafios que ela nos coloca.

    13. Referncias Bibliogrficas CANCLINI. N. G. Culturas Hbridas. So Paulo : Edusp, 1997. CANDAU, V. M. Cotidiano Escolar e Cultura(s): encontro e desencontros. In: CANDAU, V. M.(org.) Reinventar a Escola. Petrpolis, RJ : Vozes, 2000, p. 61 a 78 _______________. Interculturalidade e Educao Escolar. In: CANDAU, V. M (org.) Reinventar a Escola. Petrpolis, RJ : Vozes, 2000a, p. 47 a 60. CARDOSO, R. E SAMPAIO, H. (orgs.) Bibliografia sobre a juventude. So Paulo : Edusp, 1995. FORQUIN, Jean-Claude. Escola e Cultura: as bases sociais e epistemolgicas do conhecimento escolar. Porto Alegre : Artes Mdicas, 1993. GIMENO SACRISTAN. Escolarizao e Cultura: a dupla determinao. In: SILVA, L. M. e outros. Novos Mapas Culturais: novas perspectivas educacionais. Porto Alegre : Sulina, 1996. PREZ GOMZ, A. I. La Cultura Escolar en Sociedad Posmoderna. Cuadernos de Pedagoga. Barcelona : n. 225, 1993, p. 80 a 86. ___________________. A Cultura Escolar na Sociedade Neoliberal. Porto Alegre : ARTMED Editora, 2001.