f rum propaganda e publicidade de medicamentos crit rios ticos para a promo o de medicamentos n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Fórum Propaganda e Publicidade de Medicamentos Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos PowerPoint Presentation
Download Presentation
Fórum Propaganda e Publicidade de Medicamentos Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 41

Fórum Propaganda e Publicidade de Medicamentos Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos - PowerPoint PPT Presentation


  • 174 Views
  • Uploaded on

Fórum Propaganda e Publicidade de Medicamentos Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos. Patrocínio. Apoio. Associação Brasileira da Indústria de Medicamentos Isentos de Prescrição Representamos 31 fabricantes + 85% das vendas totais do segmento Sálvio Di Girólamo Secretário-Geral

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Fórum Propaganda e Publicidade de Medicamentos Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos' - brett-rojas


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
f rum propaganda e publicidade de medicamentos crit rios ticos para a promo o de medicamentos
Fórum Propaganda ePublicidade de MedicamentosCritérios Éticos para a Promoção de Medicamentos

Patrocínio

Apoio

slide2

Associação Brasileira da Indústria de Medicamentos Isentos de Prescrição

Representamos 31 fabricantes

+ 85% das vendas totais do segmento

Sálvio Di Girólamo

Secretário-Geral

Brasília, 08 de outubro de 2009

medicamentos isentos de prescri o m dica mip

Medicamentos Isentos de Prescrição Médica (MIP)

Internacionalmente reconhecidos pela sigla

OTC, over the counter

“produtos de balcão – procura espontânea”

do pre o controlado pelo governo e pago pelos consumidores
Do preço (controlado pelo governo)e pago pelos consumidores...

MIP representa 30% do mercado farmacêutico total

do conceito mip
Do Conceito MIP
  • A Organização Mundial da Saúde (OMS) define autocuidado e automedicação responsável. (WHO, 1998, p.3).
  • O autocuidado é um comportamento do indivíduo que atua de maneira autônoma para estabelecer e manter a própria saúde, além de prevenir e lidar com as doenças.
    • Hábitos de higiene, de alimentação de esporte e lazer e automedicação, entre outros.
automedica o respons vel
Automedicação Responsável

É a prática dos indivíduos tratarem seus próprios distúrbios e sintomas com medicamentos que são aprovados para serem adquiridos sem prescrição e que são seguros e eficazes quando usados segundo as instruções.

Não Confundir com a AUTOPRESCRIÇÃO!

slide7

Contextualizar a atividade comercial farmacêutica à luz da cidadania e da ética na sociedade brasileira

ndice de desenvolvimento humano
Índice de desenvolvimento humano

Fonte: http://www.pnud.org.br/hdr/hdr2001/portugues/6.Backmatter_0516%20RDH2001.pdf

http://www.pnud.org.br/pobreza_desigualdade/reportagens/index.php?id01=3326&lay=pde

Acesso em: 05 de outubro de 2009

crit rios ticos para a promo o de medicamentos
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
crit rios ticos para a promo o de medicamentos1
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
crit rios ticos para a promo o de medicamentos2
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
  • Não atentarás contra a concorrência
crit rios ticos para a promo o de medicamentos3
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
  • Não atentarás contra a concorrência
  • Não copiarás o desenho da embalagem alheia
slide14

Cópia de embalagens

Nova embalagem

Cópia

Original

slide15

Cópia de embalagens

Original

Cópia

slide16

Cópia de embalagens

Cópia

Original

slide17

Cópia de embalagens

Original

Cópia

slide19

Cópia de embalagens

Até 2006 2007

c pia de embalagens confunde e engana o consumidor
Cópia de embalagens:confunde e engana o consumidor
  • Sendo o desenho da embalagem uma das peças de comunicação com o consumidor, a prática da cópia deveria ser entendida como propaganda enganosa!
  • Estamos em conversações com a ANVISA, pois acreditamos que um Ato Administrativo corrigirá esta anomalia em curto espaço de tempo.
crit rios ticos para a promo o de medicamentos4
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
  • Não atentarás contra a concorrência
  • Não copiarás o desenho da embalagem alheia
  • Não promoverás a empurroterapia
estimulo indica o e troca
Estimulo à indicação e à troca
  • Em cerca de 90% das farmácias brasileiras os atendentes / balconistas recebem comissão sobre a venda de determinados produtos.

Essa comissão varia de 10% a 20% do valor da unidade vendida, e chega a representar entre 50% a 100% do salário dos atendentes / balconistas.

Fonte: Varejo Farmacêutico: ABCFARMA - ABRAFARMA - FEBRAFAR

minist rio p blico entra com a o civil contra rede de farm cias
Ministério Público entra com açãocivil contra rede de farmácias
  • Correio da Paraíba 25/09/2009 - O Ministério Público do Trabalho (MPT) na Paraíba ajuizou uma ação civil pública (ACP), com pedido de liminar, contra a ..., que controla uma rede de farmácias em João Pessoa.
  • Segundo o MPT, balconistas e caixas de farmácias estariam sendo obrigados a vender produtos não solicitados pelos clientes, fato que é considerado ilegal e se configura desvio de função.
crit rios ticos para a promo o de medicamentos5
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
  • Não atentarás contra a concorrência
  • Não copiarás o desenho da embalagem alheia
  • Não promoverás a empurroterapia
  • Não venderás sem nota fiscal
crit rios ticos para a promo o de medicamentos6
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
  • Não atentarás contra a concorrência
  • Não copiarás o desenho da embalagem alheia
  • Não promoverás a empurroterapia
  • Não venderás sem nota fiscal
  • Não sonegarás os impostos
crit rios ticos para a promo o de medicamentos7
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos

Respeitarás o próximo como a ti mesmo

Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós

Não atentarás contra a concorrência

Não copiarás o desenho da embalagem alheia

Não promoverás a empurroterapia

Não venderás sem nota fiscal

Não sonegarás os impostos

Não mentirás ao consumidor

crit rios ticos para a promo o de medicamentos8
Critérios Éticos para a Promoção de Medicamentos
  • Respeitarás o próximo como a ti mesmo
  • Farás sempre o que é certo, mesmo quando a sós
  • Não atentarás contra a concorrência
  • Não copiarás o desenho da embalagem alheia
  • Não promoverás a empurroterapia
  • Não venderás sem nota fiscal
  • Não sonegarás os impostos
  • Não mentirás ao consumidor
  • Não dirás meias verdades
a divulga o da ci ncia
A divulgação da ciência
  • “O Brasil acaba de bater mais um recorde pelo qual não há o que comemorar. Um relatório divulgado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) revela que os casos de intoxicações por medicamentos têm crescido de forma preocupante no País...
  • "É um dado surpreendente porque nunca havíamos ultrapassado o limite de 25 mil casos por ano", afirma a pesquisadora Rosany Bochner, coordenadora do Sistema Nacional de Informações Tóxico-farmacológicas da Fiocruz.”

Edição 2027 - 10 DE SETEMBRO/2008

slide30

Casos registrados de intoxicação humana,

por medicamentos, por Centro

casos registrados de intoxica o humana por agente t xico e circunst ncia brasil 2007
Casos Registrados de Intoxicação Humana,por Agente Tóxico e Circunstância. Brasil, 2007

Óbitos 8 9 4 0 61 4 91

Principais medicamentos causadores de intoxicações em ordem de importância: antidepressivos, anticonvulsivantes, anticoncepcionais, neurolépticos e ansiolíticos.

Menos de 2% dos relatos são devidos aos produtos isentos de prescrição.

slide33

Proteção à saúde das crianças

Casos registrados de intoxicação humana por medicamentos e faixa etária, Brasil

da identifica o solu o do problema
Da identificação àsolução do problema

Uma mensagem que todos os adultos deveriam ler e ouvir porque as crianças fazem o que vocês fazem e não o que vocês falam

Não consuma medicamentos na frente de crianças

Guarde os medicamentos fora do alcance delas

rea o informa o valor online 19 08 2009
Reação à informação(Valor Online 19/08/2009)
  • A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou hoje uma resolução contendo novas regras de funcionamento para as farmácias. Segundo o documento, os medicamentos não poderão mais ficar ao alcance dos clientes, incluindo os produtos isentos de prescrição médica (que podem ser comprados sem apresentação da receita do médico).
  • O uso de medicamentos isentos de prescrição tem aumentado o número de intoxicações, além de mascarar doenças graves, de acordo com a Anvisa.
rea o informa o valor online 19 08 20091
Reação à informação(Valor Online 19/08/2009)
  • Em 2007, 30% das intoxicações no país foram causadas por medicamentos . Na cidade de São Paulo, no mesmo ano, de 600 casos de intoxicação por medicamentos, 150 foram causadas por remédios isentos de prescrição, segundo a Anvisa.

150 em 11.179 relatos = 1,34%

a o de governo
Ação de governo
  • Governo publica a RDC 44 e as IN 09 e 10.
    • Aspectos positivos:
      • Serviços de saúde
      • Fiscalização sanitária (visas municipais e estaduais)
    • Aspectos a serem aprimorados na IN10:
      • Passa o MIP para trás do balcão das farmácias criando barreiras sanitárias ao seu acesso;
      • Muda o eixo da decisão de compra do consumidor para o vendedor potencializando práticas comerciais antiéticas e
      • Não contribuirá para a redução das intoxicações
slide38

As gôndolas e as intoxicações

% Incidência sobre

a população

SUL = 0,035%

PR = 0,009%

SC = 0,039%

RS = 0,057%

Fonte: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/contagem2007/popmunic2007layoutTCU14112007.xls

Acesso em: 02/10/09

em debate o consumo consciente
Em debate o consumo consciente
  • Proteger a sociedade ou educá-la?
    • Proibir o acesso direto ou promover o consumo racional e responsável?
    • Mensagens de advertência ou campanhas educativas?
slide40

Nada substitui a educação e o

compromisso com a ética:

da construção da cidadania ao

uso responsável de medicamentos

muito obrigado

Muito obrigado!

Sálvio Di Girólamo

Secretário-Geral

Associação Brasileira da Indústria de Medicamentos Isentos de Prescrição (ABIMIP)

E-mail: salvio@abimip.org.br – Internet: www.abimip.org.br

Rua Alvorada, 1280, Vila Olímpia, São Paulo, SP CEP 04550-004

011.3897.9721