Conferência: - PowerPoint PPT Presentation

abia
confer ncia n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Conferência: PowerPoint Presentation
Download Presentation
Conferência:

play fullscreen
1 / 12
Download Presentation
Conferência:
121 Views
Download Presentation

Conferência:

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Conferência: • Proposta Curricular de Santa Catarina: atualização possível Conferencista: Paulo Hentz

  2. Primeiras considerações Atualizar não implica procurar um novo caminho. Implica agregar elementos novos ao caminho existente. Implica dialogar com o que há de novo no contexto educacional: Diretrizes Curriculares Nacionais; políticas de educação nacionais e estaduais; novos aportes teóricos coerentes que possam enriquecer o caminho em curso; exigências novas colocadas no caminho da educação.

  3. Primeiras considerações A Proposta Curricular de Santa Catarina deflagrou um processo novo, de ver a educação para além de sua dimensão técnica-operacional. Processo que criou raízes na rede de educação básica e migrou para a educação superior. De 1987 a 2001, o número de Trabalhos de Conclusão de Pós-graduação, na rede estadual de ensino, variou de 25 a 305 e a citação a autores da PCSC variou de 8 a 318.

  4. Princípios fundantes da Proposta Curricular • Princípio ético-político: • O direito universal à apropriação da cultura de sua sociedade e das outras sociedades. • Princípio pedagógico: • A capacidade universal de aprender, a partir da conveniente desafio para esse fim.

  5. O critério para a escolha de um fundamento • O atendimento aos princípios fundantes como critério para a escolha da fundamentação teórica da Proposta Curricular de Santa Catarina. • Teorias que apontam para esses princípios: • O princípio ético-político e o pensamento gramsciano. • O princípio pedagógico e a teoria histórico-cultural.

  6. Princípio ético-político: implicações O pensamento gramscianoaponta para uma educação que garanta o acesso universal à cultura socialmente legitimada. Introduz no pensamento educacional a explicitação do caráter político da educação. Avança do o que e do como para o por que e o para que do ato educativo. O currículo, visto deste viés, torna-se vivo e professor e aluno passam a se ver nele.

  7. Princípio ético-político: implicações • A explicitação da dimensão política da educação escolar permite aos envolvidos no processo educativo a percepção da consequência estratégica de diferentes caminhos. • E não abre mão de uma educação de qualidade para todos (o conceito de escola unitária, calcada no trabalho como princípio educativo). forma para o saber e o fazer aprimora da democracia Promove a igualdade

  8. Princípio pedagógico: desdobramentos A teoria histórico-cultural apresenta desdobramentos coerentes com o princípio pedagógico apontado: Trabalho Sociedade A capacidade universal de aprender, a partir da conveniente desafio para esse fim O ser humano se produz, como indivíduo, de forma ativa (atividade – trabalho) Produz-se em constante interação com outros, no contexto de sua cultura

  9. Princípio pedagógico: desdobramentos • Por que a escola é instância privilegiada de mediação no processo formativo humano? • A escola é o reflexo linear da família? • E da rua? • O que ela tem de diferente como possibilidade? • E como função?

  10. Relação aprendizagem - ensino • A relação entre aprendizagem e ensino se expressa de diferentes formas: • O ensino se efetiva quando ocorre a aprendizagem. • O ensino deve superar o método de transmissão para se colocar como processo de indução da aprendizagem. • Induzir à aprendizagem implica provocar para a atividade.

  11. Em conclusão • O que fundamenta, afinal, a Proposta Curricular? • Uma teoria que tem forte aderência com a escola real, com pessoas reais, fundamentada em: • Antonio Gramsci nos aspectos da compreensão da dimensão política da educação. • Em Vygotsky, Leontiev, Davidov, Bakhtin, Lompscher, Fichtner, Golder, Saviani, Duarte, Kohl e muitos outros pensadores que compreendem a possibilidade da apropriação da cultura socialmente legítima como um direito e uma possibilidade universal.

  12. Muito obrigado!