Estudo num rico da variabilidade clim tica no norte nordeste do brasil nneb
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 23

Estudo numérico da variabilidade climática no norte-nordeste do Brasil (NNEB) PowerPoint PPT Presentation


  • 48 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Estudo numérico da variabilidade climática no norte-nordeste do Brasil (NNEB). Adilson W. Gandu DCA-IAG-USP ([email protected]). OBJETIVO GERAL. Simular e estudar a variabilidade inter-anual e intra-sazonal da precipitação e circulação atmosférica

Download Presentation

Estudo numérico da variabilidade climática no norte-nordeste do Brasil (NNEB)

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Estudo numérico da variabilidade climática no norte-nordeste do Brasil (NNEB)

Adilson W. Gandu

DCA-IAG-USP

([email protected])


OBJETIVO GERAL

  • Simular e estudar

    a variabilidade inter-anual e intra-sazonal

    da precipitação e circulação atmosférica

  • sobre o Norte-Nordeste Brasileiro (NNEB),

  • com um modelo regional (BRAMS – Brazilian Regional Atmospheric Modeling System).


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • avaliar o desempenho do modelo BRAMS em simular as características da variabilidade interanual e intrasazonal da circulação atmosférica e da precipitação sobre o NNEB, em anos de fases distintas do fenômeno El Nino/Oscilação Sul;

  • investigar os efeitos da temperatura da superfície do mar no Atlântico, orografia, linha da costa, vegetação e umidade do solo, sobre a circulação atmosférica e o balanço de umidade no NNEB.


METODOLOGIA

  • Simulações de 6 meses (dez.-may) de:

    1996/97 (“normal”)

    1997/98 (“El Nino”), e 1998/99 (“La Nina”)

  • 2 grades (G1-80 km e G2-20 km)

  • Inicial.& B.C.: Rean.NCAR/NCEP (6 horas)

  • Parametrização Convectiva: Grell


154:118:40:9

G2

G1

99:77:40:9


Simulações

G1

  • Umidade do Solo Homogênea

    • TSM (mensal) climatológica

    • TSM semanal (97/98)


“Normal”

GPCP – 1dd

“El Niño”

“La Niña”


“Normal”


“El Niño”


“La Niña”


1998


Perspectivas

  • Incluir umidade de solo heterogênea

  • Novo arquivo de vegetação para o NEB

  • Topografia X Sem-topografia

  • G2 (20 km)

  • Circulações locais (brisa)

  • Balanço de umidade


  • Login