Plano de bacias 2004 2007
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 43

PLANO DE BACIAS 2004/2007 PowerPoint PPT Presentation


  • 67 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

PLANO DE BACIAS 2004/2007. 2ª Consulta Pública: Bacias Hidrográficas dos Rios Camanducaia e Jaguari (trechos paulistas) data: 13 de abril de 2005 local: Espaço Azul-Jaguariúna. Conteúdo. Consultas e audiência públicas O que é um Plano de Bacias? Qual é o objetivo de um Plano de Bacias?

Download Presentation

PLANO DE BACIAS 2004/2007

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Plano de bacias 2004 2007

PLANO DE BACIAS2004/2007

2ª Consulta Pública:

Bacias Hidrográficas dos

Rios Camanducaia e Jaguari

(trechos paulistas)

data: 13 de abril de 2005

local: Espaço Azul-Jaguariúna


Conte do

Conteúdo

  • Consultas e audiência públicas

  • O que é um Plano de Bacias?

  • Qual é o objetivo de um Plano de Bacias?

  • Como se elabora um Plano de Bacias?

  • Plano de Bacias 2000-2003

  • Plano de Bacias 2004-2007

  • Bacia do Rio Camanducaia

  • Bacia do Rio Jaguari


Consultas e audi ncia p blicas

Consultas e audiência públicas


O que um plano de bacias

O que é um Plano de Bacias?

  • Estudos e análises;

  • Propostas de alternativas;

  • Ações, programas e investimentos;

  • Diretrizes básicas.


Objetivo do plano de bacias

Objetivo do Plano de Bacias

  • Compatibilização entre

    • oferta e demanda de água,

    • em quantidade e qualidade,

    • em cada seção das bacias hidrográficas,

    • garantindo

      • um ambiente ecologicamente sadio

      • e o desenvolvimento regional sustentável.


Como elaborar um plano de bacias

Como elaborar um Plano de Bacias?

  • Diagnóstico da situação dos recursos hídricos;

  • Prognóstico da situação dos recursos hídricos;

  • Levantamento de problemas;

  • Consulta à comunidade;

  • Elaboração de alternativas;

  • Estabelecimento de metas de curto, médio e longo prazos;

  • Discussão da intenção/capacidade de investimento;

  • Priorização de ações e programas.


Plano de bacias 2000 2003 metas de curto prazo foram atingidas

Plano de Bacias 2000-2003Metas de curto prazo foram atingidas ?


Plano de bacias 2000 2003 a es existentes

Plano de Bacias 2000-2003Ações existentes


A es programas em estudo plano de bacias curto prazo 2007

Ações/Programas em EstudoPlano de Bacias – Curto Prazo (2007)

  • Programa de recomposição de cobertura vegetal

  • Programa de redução de perdas;

  • Cobrança pelo uso d`água

  • Agência de bacias

  • Coleta esgoto (meta = 92%)

  • Cumprir os TACs

  • Monitoramento dos recursos hídricos

  • Educação ambiental

  • Enquadramento dos cursos d’água

  • Gestão municipal dos recursos hídricos

  • Adequação de aterros


A es programas em estudo plano de bacias m dio prazo 2012

Ações/Programas em EstudoPlano de Bacias – Médio Prazo (2012)

  • Projeto executivo:

    • Barragens de Campo Limpo

    • Sistema Piraí-Jundiuvira

  • Projetos de viabilidade econômica, financeira e ambiental:

    • Barragem no rio Jaguari (Panorama);

    • Barragem e reservatório no rio Camanducaia;

  • Programa de recomposição florestal;

  • Programa de monitoramento dos recursos hídricos em quantidade e qualidade;

  • Coleta de esgoto (meta = 95%)

  • Tratamento de esgoto (meta = 95%)


A es programas em estudo plano de bacias longo prazo 2025

Ações/Programas em EstudoPlano de Bacias – Longo Prazo (2025)

  • Construir todas as barragens cujas viabilidades técnicas, econômicas, financeiras e ambientais forem garantidas;

  • Coleta de esgoto (superior 98%)

  • Tratamento de esgoto (superior 98%)


Rio camanducaia caracteriza o geral

nascente em Toledo/MG

foz no rio Jaguari, em Jaguariúna/SP

área da bacia (SP)

870,68 km²

6,7% das bacias PCJ

Rio CamanducaiaCaracterização geral


Rio camanducaia munic pios integrantes

Amparo

Jaguariúna

Monte Alegre do Sul

Pinhalzinho

Serra Negra

Socorro

Toledo/MG

Municípios de “borda”:

Pedra Bela

Pedreira

Tuiuti

Santo Antonio de Posse

Holambra

Rio CamanducaiaMunicípios integrantes


Rio camanducaia uso e ocupa o do solo camanducaia

Rio CamanducaiaUso e Ocupação do Solo - Camanducaia


Rio camanducaia uso e ocupa o do solo pcj

Rio CamanducaiaUso e Ocupação do solo - PCJ


Rio camanducaia caracteriza o demogr fica

Rio CamanducaiaCaracterização Demográfica


Rio camanducaia caracteriza o demogr fica1

Rio CamanducaiaCaracterização Demográfica


Rio camanducaia caracteriza o dos recursos h dricos

Rio CamanducaiaCaracterização dos Recursos Hídricos

  • Vazão superficial disponível

    • 3,593 m³/s

  • Vazão subterrânea disponível

    • 1,052 m³/s (Cristalino = 0,976 m³/s)


Rio camanducaia caracteriza o dos recursos h dricos1

Rio CamanducaiaCaracterização dos Recursos Hídricos

  • Captações

    • uso urbano = 0,29 m³/s (28,7%)

    • uso rural = 0,60 m³/s (59,4%)

    • uso industrial = 0,11 m³/s (10,9%)

    • demais usos = 0,90% (0,01 m³/s).

  • Lançamentos

    • uso urbano = 0,086m³/s

    • uso rural = 0,108 m³/s

    • uso industrial = 0,129m³/s

    • mineração = 0,005 m³/s

    • demais usos =0,003 m³/s


Rio camanducaia caracteriza o dos recursos h dricos2

Rio CamanducaiaCaracterização dos Recursos Hídricos

  • Fontes de poluição

    • origem doméstica

      • potencial = 4.447 kDBO/dia

      • remanescente = 4.253 kDBO/dia

      • redução = 4%

    • origem industrial

      • potencial = 17.000 kDBO/dia

      • remanescente = 0,700 kDBO/dia

      • redução = 95,9%


Rio camanducaia saneamento p blico esgoto

Rio CamanducaiaSaneamento Público (esgoto)


Rio camanducaia saneamento p blico res duos s lidos

Município

Condições (2003)

TAC

Amparo

Inadequadas

-

Jaguariúna

Adequadas

-

Monte Alegre do Sul

Adequadas

-

Pinhalzinho

Inadequadas

Sim

Santa Antonio de Posse

Inadequadas

-

Rio CamanducaiaSaneamento Público (resíduos sólidos)


Rio camanducaia trechos cr ticos em qualidade da gua

Rio CamanducaiaTrechos críticos em qualidade da água

  • A sub-bacia do Rio Camanducaia mostra, de um modo geral, boa qualidade.

  • Houve queda nos valores de IQA apenas na região próxima da foz do rio Jaguari, não alterando, no entanto, a classificação feita pela CETESB como “boa”.


Rio camanducaia reas degradadas por minera o

Rio CamanducaiaÁreas degradadas por Mineração

Mineração

  • Argila (25,8%)

  • Areia (19,4%)

  • Água Mineral (19,4%)


Rio camanducaia reas degradadas outras atividades

Município

Área Contaminada

Observações

Amparo

Postos de Combustível

Indústria

contaminação das águas subterrâneas

Jaguariúna

Indústria

contaminação das águas subterrâneas

Monte Alegre do Sul

Posto de Combustível

contaminação das águas subterrâneas

Pinhalzinho

Posto de Combustível

contaminação das águas subterrâneas

Santo Antonio da Posse

Posto de Combustível

Indústria, Depósito de Resíduos

contaminação das águas subterrâneas

Rio CamanducaiaÁreas Degradadas - outras atividades


Rio camanducaia aterro mantovani

Rio CamanducaiaAterro Mantovani

  • Um dos casos mais conhecidos de contaminação industrial, o Aterro Mantovani em Santo Antônio de Posse, conta com mais 320 mil toneladas de resíduos depositados.

  • Fechado em 1987 pela Cetesb, operou durante 13 anos.

  • Neste período, recebeu resíduos dos mais diferentes tipos - como metais pesados e organoclorados.

  • As práticas inadequadas de disposição final de resíduos, adotadas pelos proprietários, propiciaram a contaminação do subsolo e águas subterrâneas.


Rio camanducaia a es propostas

Rio CamanducaiaAções propostas

  • Tratamento de esgotos

  • Programa de recomposição florestal

  • Programa de recomposição de matas ciliares

  • Obras para aumento da disponibilidade hídrica

    • Barragem do Camanducaia

  • Plano Diretor de Uso e Ocupação

  • Adequação de aterros e tratamento do resíduo líquido (chorume)

  • Programa para redução de perdas

  • Programa de educação ambiental


Rio jaguari caracteriza o geral

nascentes em Minas Gerais

“foz” no Piracicaba

área da bacia (SP)

2.323,42 km²

21,5% das bacias PCJ

Rio JaguariCaracterização geral


Rio jaguari munic pios integrantes

Artur Nogueira

Bragança Paulista

Cosmópolis

Holambra

Joanópolis

Morungaba

Pedra Bela

Pedreira

Tuiuti

Vargem

Jaguariúna

Santo Antônio da Posse

Municípios de “borda”

Limeira

Americana

Piracaia

Campinas

Pinhalzinho

Rio JaguariMunicípios integrantes


Rio jaguari uso e ocupa o do solo

Rio JaguariUso e Ocupação do Solo


Rio jaguari uso e ocupa o do solo pcj

Rio JaguariUso e Ocupação do solo - PCJ


Rio jaguari caracteriza o demogr fica

Rio JaguariCaracterização Demográfica


Rio jaguari caracteriza o demogr fica1

Rio JaguariCaracterização Demográfica


Rio jaguari caracteriza o dos recursos h dricos

Rio JaguariCaracterização dos Recursos Hídricos

  • Vazão superficial disponível

    • 6,519 m³/s

  • Vazão subterrânea disponível

    • 3,241 m³/s


Rio jaguari caracteriza o dos recursos h dricos1

Rio JaguariCaracterização dos Recursos Hídricos

  • Captações

    • uso industrial = 3,36 m³/s (46,5%)

    • uso urbano = 2,60 m³/s (36,0%)

    • uso rural = 1,26 m³/s (17,4%)

    • demais usos = 0,01 m³/s (0,14%)

  • Lançamentos

    • uso urbano = 0,917 m³/

    • uso rural = 0,128 m³/s

    • uso industrial = 1,290 m³/s

    • mineração = 0,017 m³/s

    • demais usos = 0,000 m³/s


Rio jaguari caracteriza o dos recursos h dricos2

Rio JaguariCaracterização dos Recursos Hídricos

  • Fontes de poluição

    • origem doméstica

      • potencial = 13.835 kDBO/dia

      • remanescente = 12.887 kDBO/dia

      • redução = 7%

    • origem industrial

      • potencial = 27.200 kDBO/dia

      • remanescente = 1.900 kDBO/dia

      • redução = 93%


Rio jaguari saneamento p blico esgoto

Rio JaguariSaneamento Público (esgoto)


Plano de bacias 2004 2007

Município

Condições (2003)

TAC

Artur Nogueira

Adequadas

-

Bragança Paulista

Controladas

-

Cosmópolis

Adequadas

-

Holambra

Adequadas

-

Jaguariúna

Adequadas

-

Joanópolis

Adequadas

Sim

Morungaba

Adequadas

Sim

Pedra Bela

Adequadas

Sim

Pedreira

Inadequadas

Sim

Tuiuti

Inadequadas

Sim

Vargem

Controladas

-

Rio JaguariSaneamento Público (resíduos sólidos)


Rio jaguari trechos cr ticos em qualidade da gua

Rio JaguariTrechos críticos em qualidade da água

  • Trecho inicial do rio Jaguari

    • disponibilidade hídrica reduzida

    • índices indicam piora

    • condições de Classe 4

  • Influências

    • Ribeirão Lavapés (Bragança Paulista)


Rio jaguari reas degradadas minera o

Areia (45,2%)

Argila(45,2%)

Água Mineral (7,1%)

Rio JaguariÁreas degradadas - Mineração


Rio jaguari reas degradadas outras atividades

Município

Área Contaminada

Observações

Artur Nogueira

Posto de Combustível

contaminação de águas subterrâneas

Bragança Paulista

Posto de Combustível

Aterro Sanitário

contaminação de águas subterrâneas

Cosmópolis

Industria

-

Jaguariúna

Industria

contaminação de águas subterrâneas

Holambra

-

-

Joanópolis

-

-

Morungaba

-

-

Pedreira

Posto de Combustível

Indústria

Depósito de Resíduos

possível contaminação de águas subterrâneas

Tuiuti

-

-

Vargem

-

-

Rio JaguariÁreas degradadas – Outras atividades


Rio jaguari a es propostas

Rio JaguariAções propostas

  • Sistema de tratamento de esgotos

  • Programa de recomposição florestal

  • Programa de recomposição de matas ciliares

  • Obras para aumento da disponibilidade hídrica

    • Barragem Panorama

  • Plano Diretor de Uso e Ocupação

  • Controle de Erosão

  • Adequação de aterros e tratamento do resíduo líquido (chorume)

  • Programa para redução de perdas

  • Programa de educação ambiental


Para refletir

Para refletir...

“Eu gostaria de, quando morrer,

deixar para a próxima geração

uma Terra melhor do que tive.”

Joey Leichter, 10 anos


  • Login