Tema:
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 31

O valor das relações humanas na Universidade PowerPoint PPT Presentation


  • 67 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Tema:. O valor das relações humanas na Universidade. Prof. Cleia Cleonice Visentini. Numa organização de serviços, onde o produto principal é a educação, as relações entre as pessoas, nas diferentes atividades, tem papel fundamental. . CARACTERÍSTICAS DOS SERVIÇOS.

Download Presentation

O valor das relações humanas na Universidade

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


O valor das rela es humanas na universidade

Tema:

O valor das relações humanas na Universidade

Prof. Cleia Cleonice Visentini


O valor das rela es humanas na universidade

  • Numa organização de serviços, onde o produto principal é a educação, as relações entre as pessoas, nas diferentes atividades, tem papel fundamental.


Caracter sticas dos servi os

CARACTERÍSTICAS DOS SERVIÇOS

1- PERECIBILIDADE

  • NÃO É POSSÍVEL ANTECIPAR

    2- SIMULTANEIDADE

  • ENTRE EXECUÇÃO E “CONSUMO”

    3- INTANGIBILIDADE

  • AVALIAÇÃO SUBJETIVA DA QUALIDADE

    4- HETEROGENEIDADE

  • JULGAMENTO AFETADO PELO DESEMPENHO DO CLIENTE


O que o cliente quer

O QUE O {CLIENTE?} QUER?

Atendimento?

Qualidade?

Preço?

  • EXTERNO

  • INTERNO

?


O valor das rela es humanas na universidade

MEDO!!!!!!


Mas nossa miss o

MAS NOSSA MISSÃO É ...

  • SURPREENDER O CLIENTE

  • ENCANTAR O CLIENTE

  • ENTUSIASMAR O CLIENTE

INTERNO/ EXTERNO


Para isso a informa o ser

PARA ISSO A INFORMAÇÃO SERÁ

O GRANDE E ÚNICO PRODUTO DAQUI PARA FRENTE

  • É PRECISO RESPONDER:

    • O quê quer?Para que quer?

    • Como quer?Quando quer

    • Onde quer?Quanto quer?


Comunica o

COMUNICAÇÃO

  • É mais do que simplesmente transmitir um significado, precisa incluir a transferência e a compreensão da mensagem.

    Tem se caracterizado como uma das falhas mais freqüentes dos conflitos interpessoais

    • Os funcionários entrevistados disseram:

      • 64% - não acreditam no que os dirigentes da empresa dizem

      • 61% - não são bem informados sobre os planos da empresa

      • 54% - as decisões não são bem informadas

        Fonte: Business Week


Comunica o1

COMUNICAÇÃO

  • Cientistas que convivem com o cetáceo são unânimes em afirmar que os golfinhos mantêm algum tipo de comunicação auditiva. Alguns garantem que essa comunicação tem regras e serve para organizá-los socialmente, como acontece com os homens.


O indiv duo

O INDIVÍDUO

  • Ser complexo

  • Com uma história

  • Com necessidades

  • Com capacidades

  • Com limitações

  • Com afetos


Clique para editar o estilo do t tulo mestre

Clique para editar o estilo do título mestre

12

12

12


Percep o

PERCEPÇÃO

  • Estereótipos

  • Preconceitos

  • Percepção seletiva

  • Influência da cultura


Intelig ncia

INTELIGÊNCIA

TEORIA DAS INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS

(Howard Gardner)

Pressupostos:

  • não existe um tipo único de inteligência

  • os testes de QI medem apenas determinados tipos de inteligência


Tipos de intelig ncia gardner

TIPOS DE INTELIGÊNCIA(Gardner)

  • Lingüística

  • Lógico-matemática

  • Musical

  • Corporal-cinestésica

  • Intrapessoal

  • Interpessoal

  • Espacial


Seres humanos

SERES HUMANOS?

  • HUMANIZADOS!


Controle as emoc es negativas

CONTROLE AS EMOCÕES NEGATIVAS

Saber qualificar seus sentimentos lhe dá pelo uma sensação de controle sobre sua vida, até mesmo quando você está extremamente emotivo e vulnerável.


O valor das rela es humanas na universidade

CONTROLE AS EMOCÕES NEGATIVAS NO LOCAL DO TRABALHO

– Quanto mais cedo as frustrações no local do trabalho forem reconhecidas e identificadas, mais fácil será mudar a situação para melhor, sem guardar rancores.

- Abordar as emoções incômodas da raiva, da ansiedade e da depressão com inteligência emocional torna-o mais saudável e produtivo, e o seu ambiente de trabalho terá um número menor de faltas e um grau maior de contribuição para os resultados da organização


Os benef cios pessoais da inteleg ncia emocional

OS BENEFÍCIOS PESSOAIS DA INTELEGÊNCIA EMOCIONAL

  • AGUCE SEUS INSTINTOS:

    • Estar permanentementeconsciente dos próprios sentimentos é essencial para ser sensível às emoções dos outros.

    • Você enxerga indícios emocionais em outra pessoa – o brilho de uma lágrima, um tremor de lábio inferior, um rubor de face – e lembra do que sentiu, ou sente novamente, quando teve indícios semelhantes


A integra o das intelig ncias ken o donnell

A integração das inteligênciasKen O’Donnell

EU

COISAS

PESSOAS

Q.E

Q.I

Q.ESP


O valor das rela es humanas na universidade

OS

SENTIMENTOS

SÃO

CONTAGIA

N

TES

O modo como seus

funcionários se sentem

será, em última

instância, o modo como

seus clientes se

se

n

tirão.


As v rias empresas

AS VÁRIAS EMPRESAS

  • INSERIR UM ORGANOGRAMA


O valor das rela es humanas na universidade

  • Na Universidade, as pessoas precisam entender as diferentes relações entre as múltiplas empresas que a compõem. E, saber que é a soma desses contatos que alcançara o objetivo final - ensino -aprendizagem - onde o aluno (família?) é o cliente final.


O trip da qualidade

O tripé da Qualidade

  • Querer: é emoção: adesão interna, compromisso, alavancagem.

  • Saber é razão: conhecimento, certeza, técnica.

  • Poder é confiança: postura, entendimento entre os seres humanos, responsabilidade compartilhada, solidariedade e participação.


Grupo x equipe

GRUPO X EQUIPE

G

E

Compartilhar informações

Objetivo

Desempenho coletivo

Neutra (às vezes negativa)

Sinergia

Positiva

Individual

Responsabilidade

Individual e mútua

Aleatórias e variadas

Habilidades

Complementares


Amizade

AMIZADE

  • Falante, amistoso, carinhoso com seus congêneres e precavido contra seus inimigos,o golfinho já foi definido, certa vez, como o primo ideal para o homem.

  • ø

  • Como o homem não é um ser solitário, sua necessidade de filiação deveria garantir o trabalho em equipe. Mas não é bem assim, por quê...

  • É preciso então...


Feedback

FEEDBACK!?!?!?

Ouvir uma opinião construtiva em vez de uma crítica faz uma diferença incrível.

Críticas que não se apóiam numa base construtiva podem devastar a auto-estima.

Um feedback que dê apoio e estímulo requer além do conhecimento da pessoa também do desafio que está enfrentando no trabalho


Capta o desenvolvimento de pessoas

RECRUTAR

SELECIONAR

ACOMPANHAR

VERIFICAR DESVIOS

TREINAR

REALOCAR

CAPTAÇÃO / DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

AGIR

CORRETIVAMENTE

PLANEJAR

ACOMPANHAR

EXECUTAR


O valor das rela es humanas na universidade

Se eu tivesse de escolher uma força motriz em minha vida, optaria sempre pela paixão.ANITA RODDICK,fundadora da The Body Shop, Body and Soul** Publicado por Ebuny Press, Londres, Inglaterra, em associação com a The Body Shop International.


O valor das rela es humanas na universidade

  • Tudo isso, com muito bom humor. Ingrediente fundamental em qualquer relação.


3 o mil nio

3o Milênio

  • Nos 30 anos anteriores - Tecnologia

  • Nos 30 anos próximos - Amor (pela causa, pelo próximo, pela pátria, por nós mesmos, pela família).


  • Login