slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Secretaria de Estado de Saúde Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde Co PowerPoint Presentation
Download Presentation
Secretaria de Estado de Saúde Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde Co

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 43
Download Presentation

Secretaria de Estado de Saúde Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde Co - PowerPoint PPT Presentation

zaccheus
240 Views
Download Presentation

Secretaria de Estado de Saúde Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde Escola Superior de Ciências da Saúde Co

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Secretaria de Estado de SaúdeFundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da SaúdeEscola Superior de Ciências da SaúdeCoordenação de Pós-Graduação e Extensão MINTER

  2. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais Mestranda: Denise Gomes Cidade Orientador: Prof. Dr. José Carlos Peraçoli Co-orientador: Prof. Dr. Paulo Roberto Margotto www.paulomargotto.com.br Brasília, 29 de setembro de 2011

  3. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais Introdução • Obesidade e sobrepeso pré-gestacionais no ciclo gravídico-puerperal: • Complicações prévias à gestação • Intercorrências obstétricas • Complicações no parto e puerpério • Complicações perinatais

  4. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Complicações antecedendo a gestação(Klein & Romijn, 2008) • Hipertensão crônica • Diabete mellitus • Intercorrências obstétricas: • Abortamento (Lashenet al., 2004; Metwallyet al., 2008) • Síndromes hipertensivas da gestação (Nucciet al., 2001; O’Brien et al., 2003; Abenhaim et al., 2007; Bodnar et al., 2007; Fortner et al., 2009) • Diabete gestacional (Kim et al., 2010; Torloni at al., 2009) • Gestação prolongada (Kiranet al., 2005; Stotlandet al. , 2007; Denisonet al., 2008; Caugheyet al., 2009; Arrowsmithet al., 2011) • Acidentes tromboembólicos (James et al., 2006; Larsenet al., 2007; Knight, 2008; Sharma & Monga, 2008) • Anemia (Bodnaret al., 2004) • Depressão (LaCoursiereet al., 2010)

  5. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Complicações no parto e puerpério: • Intercorrências no trabalho de parto (Abenhaim et al., 2007; Jensen et al.,1999; Vahratianet al., 2004) • Aumento nas taxas de cesarianas (Seligmanet al., 2006; Chu et al., 2007; Poobalanet al., 2009; Chiharaet al., 2010) • Complicações anestésicas (Vricellaet al., 2010) • Elevação na incidência infecção puerperal (Myleset al., 2002; Abenhaim et al., 2007; OpØienet al., 2007) • Sangramento pós-parto (Kiranet al., 2005) • Prejuízos ao aleitamento materno (Oddyet al., 2006; Baker et al., 2007; Liu et al., 2009)

  6. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Complicações perinatais: • Macrossomia e RN GIG (Nucciet al., 2001; Jollyet al., 2003; Ehrenberget al.,2004; Kercheet al.,2005; Jaipaulet al.,2009) • Malformações congênitas (Stothardet al., 2009; Rasmussen et al., 2008; Blomberg & Källén, 2010) • Internação em Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) (Raatikainenet al.,2006; Abenhaim et al., 2007; Sarkar et al., 2007) • Baixos índices de Apgar(Raatikainenet al.,2006; Chen et al., 2010) • Óbito fetal e neonatal (Kristensenet al., 2005; Chu et al., 2007; Flenadyet al., 2011; Tennantet al., 2011)

  7. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Aumento da prevalência do excesso de peso no mundo (WHO, 2000) • Aumento da prevalência de obesidade e sobrepeso na população obstétrica • EUA (2004): 19% das mulheres iniciaram a gravidez obesas e 23% com sobrepeso (Chu et al., 2009) • Reino Unido (2002/2004): 18,9% iniciaram a gestação obesas (Kanagalingam et al., 2005) • Brasil (1991-1995): 19,2% e 5,5%, de sobrepeso e obesidade respectivamente (Nucci et al., 2001)

  8. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Por que ? • Associação com agravos na gestação X Alta prevalência • Condição modificável • Possibilidade de intervenção pré-concepcional e pré-natal • Influência de aspectos étnicos e ambientais (WHO, 2000) • Poucos estudos na população brasileira (Nucci et al., 2001; Kerche et al., 2005; Seligman et al., 2006; Amorim et al., 2009; Dias et al., 2009) • Escassez de dados sobre prevalência no período pré-concepcional no Brasil.

  9. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais Objetivos • Calcular a prevalência da obesidade e do sobrepeso pré-gestacionais • Verificar a associação entre essas categorias nutricionais e complicações obstétricas e perinatais em nossa população

  10. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais Tipo de estudo: Transversal e prospectivo Local de realização: Hospital Regional da Asa Sul (HRAS) - DF Amostra: Todas as gestantes que tiveram parto no HRAS no período de 7 de outubro de 2009 a 10 de maio de 2010 Critérios de exclusão: Impossibilidade de obtenção do peso inicial e/ou da altura Impossibilidade de comunicação Gestação múltipla Gestação com recém-nascido malformado Sujeitos e métodos

  11. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Exposição ou variável independente: • Excesso de peso: • Sobrepeso • Obesidade • Desfechos ou variáveis dependentes: • Intercorrências clínicas pré-gestacionais • Intercorrências obstétricas • Eventos intra-parto • Resultados perinatais

  12. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Excesso de peso (exposição ou variável independente): • Classificação nutricional: • Índice de Massa Corporal (IMC), calculado pela equação peso/altura², com critérios de estratificação da OMS: • Baixo peso: abaixo de 18,50 • Peso normal: entre 18,50 e 24,99 • Sobrepeso: entre 25,00 e 29,99 • Obesidade: igual ou maior que 30 • Obtenção dos dados antropométricos: • Peso pré-gestacional informado (Fonseca et al., 2004; Oliveira et al., 2004) • Peso anotado no cartão de pré-natal desde que aferido até 12 semanas • Altura anotada no cartão de pré-natal • Aferição da altura com estadiômetro de balança antropométrica, escala métrica, exatidão até uma casa após a vírgula (Benseñor et al., 2002)

  13. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Desfechos estudados: • Intercorrências clínicas pré-gestacionais: • Hipertensão crônica (HC); • Diabete mellitus. • Intercorrências obstétricas: • Hipertensão gestacional (HG), pré-eclâmpsia (PE), pré-eclâmpsia sobreposta a hipertensão gestacional (HCPE), síndrome HELLP, eclâmpsia • Diabete gestacional (DMG) • Prematuridade (idade gestacional menor que 37 semanas) • Gestação com idade ≥ 41 semanas completas

  14. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Desfechos estudados: • Eventos intra-parto: • Realização de episiotomia • Laceração de 3º e 4º graus • Via de parto – vaginal e cesariana • Resultados perinatais: • Óbito fetal • Óbito neonatal precoce • Peso e classificação do recém-nascido • Macrossomia • Apgar de 5º minuto • Duração da internação hospitalar • Internação em UTIN

  15. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Variáveis de controle (características demográficas e antecedentes): • Idade • Tabagismo • Raça • Nível de instrução formal • Exercício de atividade remunerada • Situação conjugal • Paridade • Realização e número de consultas de pré-natal

  16. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Composição da amostra: • Gestantes que tiveram parto no HRAS no período do estudo: 3669 • Recusa a participar: 3 • Gestantes sem informações: 133 (3,6%) • Exclusões: 233 • Motivos: • Gestação múltripla: 135 • Malformação fetal: 86 • Sem informação de peso pré-gestacional ou do 1° trimestre: 10 • Impossibilidade de verificação da altura por doença materna: 1 • Impossibilidade de comunicação: 1 • Pacientes com informações: 3300

  17. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Pacientes com informações: 3300 • Incluídas na estimativa de prevalência: 3300 • Incluídas na análise de associação: 3027 • Gestantes com peso normal(grupo controle): 2132 • Gestantes com excesso de peso(grupo estudo): 895 • Gestantes com sobrepeso: 649 • Gestantes com obesidade: 246 • Excluídas da análise de associação: 273 • Gestantes com baixo peso

  18. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Coleta de dados: • Entrevista (1ª) com a gestante ou puérpera • Livros de registro do centro obstétrico e da neonatologia • Cartão de pré-natal • Prontuário médico • Entrevista (2ª) com a puérpera para obtenção de informações do RN após 7 dias completos • Informações de Dados Vitais da Secretaria de Saúde do Distrito Federal • Informações do Comitê de Mortalidade Perinatal do HRAS

  19. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Análise estatística: • A análise estatística foi realizada com o pacote estatístico SPSS 16 • A associação entre as variáveis foi analisada através do teste do qui-quadrado de Pearson e teste Exato de Fisher. Os resultados foram considerados significativos quando foi obtido valor de p<0,05. • Aspectos éticos: O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (protocolo 313/2009).

  20. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais Resultados • 1º etapa: Cálculo da prevalência dos estados nutricionais no período pré-gestacional no serviço • 2º etapa: Verificação das associações entre as variáveis comparando grupo controle x grupo estudo • 3º etapa: Análise das associações encontradas em relação aos grupos sobrepeso e obesidade

  21. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Cálculo da prevalência dos estados nutricionais pré-gestacionais no serviço: • Gestantes com excesso de peso: 27,1% • Sobrepeso: 19,7% • Obesidade: 7,5% • Gestantes com baixo peso: 8,3% • Gestantes com peso normal: 64,6%

  22. Características demográficas da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. Idade (acima de 35 anos) e risco de sobrepeso/obesidade (OR: 1,62; IC95% 1,13-2,32) Situação conjugal (ser solteira) e risco de sobrepeso/obesidade (OR: 0,56; IC95% 0,34-0,90)

  23. Características demográficas da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. Atividade remunerada (não exercer) e risco de sobrepeso/obesidade(OR: 0,65, IC95% 0,65-0,45) p<0,05 (teste qui-quadrado)

  24. Antecedentes obstétricos e pessoais da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. p<0,05 (teste qui-quadrado)

  25. Desfechos clínicos e obstétricos da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. p<0,05 (teste qui-quadrado)

  26. Desfechos clínicos e obstétricos da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. p<0,05 (teste qui-quadrado)

  27. Eventos intra-parto da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. p<0,05 (teste qui-quadrado

  28. Resultados perinatais da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. p<0,05 (teste qui-quadrado)

  29. Resultados perinatais da população estudada, estratificada em peso normal e excesso de peso. p<0,05 (teste qui-quadrado)

  30. Características demográficas e antecedentes obstétricos da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso eobesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  31. Características demográficas e antecedentes obstétricos da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso e obesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  32. Desfechos clínicos e obstétricos da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso e obesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  33. Desfechos clínicos e obstétricos da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso e obesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  34. Eventos intra-parto da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso e obesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  35. Resultados perinatais da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso e obesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  36. Resultados perinatais da população estudada, estratificada em peso normal, sobrepeso e obesidade. Presença de * : Teste qui-quadrado (p<0,05)

  37. Conclusão • Excesso de peso pré-gestacional: • Prevalência elevada na população estudada • Associação com aumento de morbidade materna e perinatal e mortalidade fetal • Aumento na freqüência dos desfechos com o progresso da classificação nutricional de sobrepeso para obesidade • Concordância com achados de outros estudos em outras populações e com outros desenhos, muitos deles estudos de coorte.

  38. Considerações • Excesso de peso pré-gestacional: • Necessidade de assistência diferenciada • Obesidade como condição de alto risco na gestação • Recomendação de peso normal no período pré-concepcional • Estudos adicionais são necessários para o entendimento dessa associação e avaliação dos resultados de intervenções: • Perda de peso pré-gestacional • Cirurgia bariátrica • Limitação ao ganho de peso na gestação • Atividade física • Outras

  39. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais • Participaram da pesquisa: • Denise Gomes Cidade • Prof. José Carlos Peraçoli • Prof. Paulo Roberto Margotto • Ana Carolina Batista Souza • Fernanda Roque da Assis • Fernanda Ferreira Cardoso • Renata Cristina Rodrigues Lemes • Amanda Almeida Rocha

  40. Obesidade e Sobrepeso Pré-gestacionais: Prevalência e Complicações Obstétricas e Perinatais Financiamento Este projeto foi desenvolvido com apoio financeiro da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde – FEPECS – Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal – SES/DF.

  41. Obrigada!