at 1 parte 2 sess o 1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
AT 1, PARTE 2 Sessão 1 PowerPoint Presentation
Download Presentation
AT 1, PARTE 2 Sessão 1

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 57

AT 1, PARTE 2 Sessão 1 - PowerPoint PPT Presentation


  • 80 Views
  • Uploaded on

AT 1, PARTE 2 Sessão 1. “Como equipar cada membro”. A QUESTÃO CRÍTICA . . . EQUIPAR OS SANTOS. A DIREÇÃO DE DEUS: .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'AT 1, PARTE 2 Sessão 1' - xuan


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
at 1 parte 2 sess o 1

AT 1, PARTE 2Sessão 1

“Como equipar cada membro”

a quest o cr tica
A QUESTÃO CRÍTICA . . .

EQUIPAR OS SANTOS

a dire o de deus
A DIREÇÃO DE DEUS:

“E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres com o fim de PREPARAR OS SANTOS PARA A OBRA DO MINISTÉRIO. . .”• EFÉSIOS 4:11-12

a igreja em c lulas rejeita esta mentira
A IGREJA EM CÉLULAS REJEITA ESTA MENTIRA!

A TAREFA PRINCIPAL DOS MINISTROS NA IGREJA É PREPARAR OS SANTOS PARA O TRABALHO! THE PRIMARY TASK OF THE FIVE-FOLD MINISTRY IN THE CHURCH IS TO PREPARE GOD’S PEOPLE FOR WORKS OF SERVICE!

equipar come a na convers o
EQUIPAR COMEÇA NA CONVERSÃO

  UM NOVO-CONVERTIDO RECEBE A JUSTIFICAÇÃO DE CRISTO NA CONVERSÃO. ELE SERÁ MAIS MADURO, MAS NUNCA MAIS JUSTO!

n o h necessidade de atrasar o minist rio
NÃO HÁ NECESSIDADE DE ATRASAR O MINISTÉRIO!

DEVEMOS AJUDAR OS NOVOS-CONVERTIDOS A SE TORNAREM MAIS MADUROS POR MEIO DE UM PROCESSO CUIDADOSAMENTE PLANEJADO DE TREINAMENTO ATÉ QUE ELE ALCANCE O NÍVEL DE UM “PAI”.

vamos definir um pai
VAMOS DEFINIR UM “PAI”:

EM TODAS AS DEFINIÇÕES, UM “PAI”É ALGUÉM QUE GEROU UM FILHO!

a falta de colheita
A FALTA DE COLHEITA:
  • É um resultado direto de não mostrar aos cristãos como compartilhar a sua fé.
  • O novo-convertido observa o estilo de vida dos “líderes da igreja” e nunca os vê ganhar uma pessoa perdida!
  • A mensagem é clara: “também não preciso ganhar os perdidos!”
por que igrejas em c lulas crescem
POR QUE IGREJAS EM CÉLULAS CRESCEM:

O CRESCIMENTO SURPREENDENTE DAS IGREJAS EM CÉLULAS É O RESULTADO DO TREINAMENTO DOS SANTOS PARA SE TORNAREM PAIS QUE GERAM FILHOS!

treinamento a prioridade n 1
TREINAMENTO: A PRIORIDADE N.º 1!

Não pode ser feito em uma sala de aula. Pessoas são treinadas por meio de experiências de mudança de vida. Portanto a Igreja em células não constrói “Prédios educacionais”.

No lugar disso, providencia exemplos pessoais, modelos, atividades.

ligamentos
LIGAMENTOS . . .

“DE QUEM TODO O CORPO, BEM AJUSTADO E CONSOLIDADO, PELO AUXÍLIO DE TODA JUNTA, SEGUNDO A JUSTA COOPERAÇÃO DE CADA PARTE, EFETUA O SEU PRÓPRIO AUMENTO PARA A EDIFICAÇÃO DE SI MESMO EM AMOR.”                                             •EFÉSIOS 4:16

existe uma condi o triste
EXISTE UMA CONDIÇÃO TRISTE . . .

UM GRANDE NÚMERO DE LIGAMENTOS ATROFIARAM!

Muitos cristãos não são responsáveis para ministrar, e não esperam que prestem contas.

princ pios chaves
PRINCÍPIOS-CHAVES

TRÊS ÁREAS A SEREM CONSIDERADAS:

  • TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • QUATRO CARACTERÍSTICAS DE COMPORTAMENTO
  •   RELACIONAMENTO DISCÍPULO-DISCIPULADOR
tr s dom nios de aprendizagem
TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 1. COGNITIVO
      • Conhecimento
      • Professor
      • Lógica
tr s dom nios de aprendizagem1
TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 2. PSICOMOTOR
      • Habilidades
      • Instrutor
      • Prática
tr s dom nios de aprendizagem2
TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 3. AFETIVO
      • VALORES são formados.
tr s dom nios de aprendizagem3
TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 3. AFETIVO
      • VALORES ESTÃO AQUI,
      • MAS...NÃO LÓGICA!
tr s dom nios de aprendizagem4
TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 3. AFETIVO
      • Um Facilitador
      • é requerido
tr s dom nios de aprendizagem5

NUNCA PERGUNTE A

UM PEIXE

COMO É A

ÁGUA!

TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 3. AFETIVO
      • Valores
      • SEM LÓGICA!
      • Facilitador é
      •    requerido
      • Promove
      •    EXPERIÊNCIAS
tr s dom nios de aprendizagem6
TRÊS DOMÍNIOS DE APRENDIZAGEM
  • 3. AFETIVO
      • EXPERIÊNCIAS
      •    FAZ QUE OS
      •    VALORES SEJAM
      •    MUDADOS, NÃO
      •    ENSINADOS!
est gios facilitadores
ESTÁGIOS FACILITADORES
  • PROPORCIONA UMA EXPERIÊNCIA
  • TRAZ RETORNO
  • REALIMENTA O RETORNO
  • TESTA OS PRINCÍPIOS APRENDIDOS
  • DEPOIS, PROPORCIONA OUTRA EXPERIÊNCIA ETC. . .
multiplas formas de aprendizado
MULTIPLAS FORMAS DE APRENDIZADO
  • ESTUDO PESSOAL
  • COMPARTILHANDO DOIS A DOIS (DISCIPULADOR/DISCÍPULO)
  • EXPERIÊNCIAS DA CÉLULA
  • TREINAMENTO CONCENTRADO NO GRUPO GRANDE
uma taxonomia de objetivos
UMA TAXONOMIA DE OBJETIVOS
  • Primeiro, Confirme a Salvação.
  • Avalie as condições espirituais & Estilo de aprendizado.
  • Estabelecer neles Cristo & Vida na célula.
  • Valores enraizados no Reino.
uma taxonomia de objetivos1
UMA TAXONOMIA DE OBJETIVOS
  • Dar um conhecimento prático das Escrituras.
  • Instruir como edificar outros.
  • Ensinar como vencer fortalezas.
  • Treinar para compartilhar seus testemunhos.
  • Ensinar como discernir os diferentes níveis de incrédulos no Oikos.
uma taxonomia de objetivos2
UMA TAXONOMIA DE OBJETIVOS
  • Ensinar a compartilhar de forma prática o plano da salvação.
  • Ensinar como alcançar incrédulos de difícil acesso.
  • Ensinar como discipular novos-convertidos.
  • Estabelecer um sistema de Monitoramento.
slide28
UM SISTEMA COMPREENSIVO TEM SIDO ELABORADO.
  • TODAS AS DIMENSÕES ESTÃO INCLUÍDAS!
ainda estamos aprendendo
AINDA ESTAMOS APRENDENDO!

1. Cremos que há muito mais a ser revelado para pessoas com dons que irão ensinar os membros de nossas células.

2. O sistema discípulo-discipulador é eficiente em criar vínculos no novo membro da célula.

relacionamento disc pulo discipulador
RELACIONAMENTO DISCÍPULO-DISCIPULADOR

Cada um treina,

depois de ser treinado por algumA pessoa!

slide32
NÓS COMEÇAMOS COM . . .

O ANO DE TREINAMENTO

isso e o que faremos agora
ISSO E O QUE FAREMOS AGORA . . .

CADA NOVO MEMBRO DA CÉLULA É VISITADO PELO LÍDER DE CÉLULA E POR UM DISCIPULADOR DESIGNADO DA CÉLULA.

o ano de treinamento
O ANO DE TREINAMENTO

ANTES DA VISITA, O NOVO MEMBRO DA CÉLULA COMPLETA O “ROTEIRO PARA SEU MINISTÉRIO”

a visita do l der de c lula
A VISITA DO LÍDER DE CÉLULA

Um “Roteiro” é preparado, mostrando as datas de cada parte do Ano de treinamento. O discipulador irá ajudar o novo membro da célula começar essa jornada de treinamento.

o ano de treinamento1
O ANO DE TREINAMENTO

3. CONVERTS COMPLETE THE    NEW BELIEVERS STATION

o ano de treinamento2
O ANO DE TREINAMENTO
  •  O MEMBRO DA CÉLULA PARTICIPA DO “FINAL--DE-SEMANA DE FORMAÇÃO ESPIRITUAL”
  •  ENTÃO É BATIZADO PELO LÍDER DE CÉLULA OU PELO SUPERVISOR
slide38

O ANO DE TREINAMENTO

O MEMBRO DA CÉLULA COMEÇA O CONHECENDO A MINHA BÍBLIA

• TEXTOS USADOS DIARIAMENTE

• FITA DE ÁUDIO PARA SER OUVIDA DIARIAMENTE (5 MIN.)

slide39

O ANO DE TREINAMENTO

4. O MEMBRO DA CÉLUA COMPLETA O BEM-VINDO À FAMÍLIA

slide40

O ANO DE TREINAMENTO

O MEMBRO DA CÉLULA AGORA COMEÇA A DISCIPULAR UMA NOVA PESSOA

slide41

O ANO DE TREINAMENTO

O MEMBRO DA CÉLULA PARTICIPA DO FINAL- DE-SEMANA DE JOÃO 3:16

JUNTO COM UM PARCEIRO DA CÉLULA

TOCANDO CORAÇÕES

UM GUIA PRÁTICO

slide42

O ANO DE TREINAMENTO

O MEMBRO DA CÉLULA APRENDE A USAR OS RELACIONAMENTOS PARA APRESENTAR O PLANO DA SALVAÇÃO

slide43

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

  MEMBRO DA CÉLULA & PARCEIRO LEVAM UM INCRÉDULO “TIPO A” A CRISTO E O TRAZEM PARA A CÉLULA

slide44

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

MEMBROS DA CÉLULA SE JUNTAM A UMA EQUIPE PARA APRENDER COMO ALCANÇAR INCRÉDULOS “TIPO B” USANDO GRUPOS DE INTERESSE

slide45

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

“Grupos de interesse” permite um vínculo entre estranhos. Três crentes gastam 10 semanas com seis incrédulos “Tipo B”.

slide46

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

FINAL-DE-SEMANA DE BATALHA ESPIRITUAL PROMOVE  TREINAMENTO NO USO DOS DONS ESPIRITUAIS, COMO CURA EMOCIONAIS, BATALHA ESPIRITUAL

ETC.

!

slide47

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

NO FINAL DO ANO, O NOVO-CONVERTIDO ESTARÁ TREINADO NAS SEGUINTES ÁREAS:

slide48

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

    A VIDA INTERIOR 

  • TESTEMUNHO DE BATISMO
  • VINCULADO A UMA CÉLULA
  • VALORES ESCLARECIDOS
  • DESAFIOS DAS FORTALEZAS
  • COMEÇA O “QUARTO DE ESCUTA”
  • COMEÇA A MEMORIZAÇÃO DE VERSÍCULOS
  • PANORÂMICO BÍBLICO FINALIZADO
slide49

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

A VIDA DA CÉLULA

  • O DISCIPULADOR MINISTRA A NECESSIDADES ESPECÍFICAS
  •  A OBSERVAÇÃO DA VIDA DOS MEMBROS DA CÉLULA PROPORCIONA EXEMPLOS DE CRESCIMENTO
  •  EXPERIÊNCIA GANHA POR MEIOA DA EDIFICAÇÃO
  • APRENDE A PRESTAR CONTAS E A SER RESPONSÁVEL EM SE TORNAR UM DISCIPULADOR DEPOIS DE SER DISCIPULADO
slide50

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

JORADA PARA O MINISTÉRIO

DEPOIS DE PARTICIPAR DO FINAL-DE-SEMANA DE BATALHA ESPIRITUAL, O MEMBRO É ENVOLVIDO NA MINISTRAÇÃO QUANDO A CÉLULA ESTÁ INCUMBIDA DE ORAR, LIBERTAR E ACONSELHAR DURANTE AS CELEBRAÇÕES E EVENTOS ESPECIAIS DE EVANGELISMO.

slide51

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

  • JORNADA PARA ALCANÇAR OS PERDIDOS
    • O OBJETIVO PARA O MEMBRO DE CÉLULA É GANHAR PELO MENOS UM INCRÉDULO “TIPO A” EM SEIS MESES.
slide52

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

JORNADA PARA A SEMEADURA E CULTIVO

 OS ÚLTIMOS SEIS MESES SÃO GASTOS APRENDENDO A COLHER INCRÉDULOS “TIPO B” TRABALHANDO EM UMA EQUIPE ORGANIZADA DENTRO DA CÉLULA

slide53

O ANO DE TREINAMENTO

O ANO DE TREINAMENTO

LEMBRE ESTES PRINCÍPIOS:

  • Deve haver apenas um sistema de treinamento para os santos, ou você terá uma anarquia!
  • Deve haver um sistema de relatórios para monitorar o progresso de cada membro na célula.
nosso grande deesafio
NOSSO GRANDE DEESAFIO:

SE NÓS QUEREMOS GANHAR ESTA GERAÇÃO PARA CRISTO, DEVEMOS TREINAR TODOS OS CRENTS PARA MINISTRAREM!

intervalo

INTERVALO

Preste atenção para o retorno!

slide57

Final Slide of this PowerPoint

Next Use ACT 1,2,2

“Groups of 12”