slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Pequenas barragens de terra Engenheiro Plínio Tomaz PowerPoint Presentation
Download Presentation
Pequenas barragens de terra Engenheiro Plínio Tomaz

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

Pequenas barragens de terra Engenheiro Plínio Tomaz - PowerPoint PPT Presentation


  • 61 Views
  • Uploaded on

Pequenas barragens de terra Engenheiro Plínio Tomaz. Barragens de terra: tipos básicos Barragem com aterro homogêneo Barragem zonada Barragem com núcleo Cut-off (solo de melhor qualidade) Talude protegido com riprap. Proteção do talude com riprap. Crista da barragem (coroamento)

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Pequenas barragens de terra Engenheiro Plínio Tomaz' - wynn


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Pequenas barragens de terra

  • Engenheiro Plínio Tomaz
slide2

Barragens de terra: tipos básicos

  • Barragem com aterro homogêneo
  • Barragem zonada
  • Barragem com núcleo
  • Cut-off (solo de melhor qualidade)
  • Talude protegido com riprap
slide4

Crista da barragem (coroamento)

  • C= H/5 +3m
  • Taludes usuais: montante: 3:1 ; jusante: 2:1

Fonte: Costa, 2001

descarrregador de fundo
Descarrregador de fundo
  • DAEE, 2005
  • Diâmetro mínimo 0,80m (passagem mínima para deslocamento de uma pessoa)
  • Serve para esvaziar reservatório para limpeza, chuva para Tr=25anos.
c lculo da vaz o infiltrada em m 3 dia
Cálculo da vazão infiltrada em m3 /dia
  • Q= ( Kv . Kh) 0,5 x a x Lx [sen (α)] 2
  • Q= K x a x [sen (α)] 2
  • Qtotal = Q x L
  • Sendo:
  • Q= vazão de infiltração (m3/s/m) ou em (m3/dia/m)
  • Kv= permeabilidade vertical do solo da barragem (m/s)
  • Kh= permeabilidade horizontal do solo da barragem (m/s)
  • K= (Kv x Kh) 0,5
  • α= ângulo do talude de jusante em graus
  • L= comprimento da barragem (m). Adotado L=1m
  •   a= {yo / [1- cos (α)] } x ( 0,5 + α/ 360º)
  • yo= ( H2 + d2) 0,5 –d
slide15
Barramento impermeávelBase permeável isotrópicoLinhas de correntes eLinha equipotenciaism=5 n=17
calcular vaz o infiltrada no solo perme vel
Calcular vazão infiltrada no solo permeável
  • Supor um barramento com condutividade do solo vertical e horizontal iguais K= 0,0000061 m/s e comprimento de crista de 72m, sendo a altura da mesma de 12m e tailwater de 1,5m.
  • H= 12 – 1,5= 10,5m
  • m=5
  • n=17
  • q= (m/n) K . H
  • q= (5/17) 0,0000061x10,5= 0,0000188m3/s/m
  • Q= q x L
  • Q= 0,0000188 x 73=0,00138m3/s= 119m3/dia
truque transformar em isotr pico
Truque: transformar em isotrópico
  • X´ = X/ α
  • α = (Kh/Kv)0,5
  • Distâncias verticais ficam as mesmas
slide21

Fonte:

  • livro Cálculos hidrológicos e hidráulicos para obras municipais
  • Ver site www.pliniotomaz.com.br
  • Complementos do livro Cálculos Hidrológicos e Hidráulicos para obras municipais.
  • Engenheiro Plinio Tomaz
  • E-mail: pliniotomaz@uol.com.br
slide22
Muito obrigado !27 de julho de 2012engenheiro civil Plínio Tomazwww.pliniotomaz.com.brpliniotomaz@uol.com.br