ORIENTE MÉDIO: “um barril de pólvora” - PowerPoint PPT Presentation

oriente m dio um barril de p lvora n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
ORIENTE MÉDIO: “um barril de pólvora” PowerPoint Presentation
Download Presentation
ORIENTE MÉDIO: “um barril de pólvora”

play fullscreen
1 / 51
ORIENTE MÉDIO: “um barril de pólvora”
224 Views
Download Presentation
winda
Download Presentation

ORIENTE MÉDIO: “um barril de pólvora”

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. ORIENTE MÉDIO: “um barril de pólvora”

  2. Localização • Localizaçãogeográfica estratégica, na Ásia Ocidental (ponto de encontro entre a Ásia, Europa e África).

  3. Países do Oriente Médio

  4. Características gerais • região de clima árido com rios temporários e vegetação xerófita;

  5. 272 milhões de habitantes (2002) – maioria branca, islâmica e de baixa qualidade de vida (países com enormes desigualdades sociais).

  6. berço de três grandes religiões monoteístas: Judaísmo, Cristianismo e Islamismo

  7. A região possui 65% das reservas mundiais de petróleo e 30% do gás natural (área de bacia sedimentar de origem marinha).

  8. Comparação entre a produção e o consumo de petróleo (2003)

  9. OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo - 1960) • cartel - controle do preço e da produção do petróleo BRUTO; • composto atualmente por 12 países: • ÁSIA (ORIENTE MÉDIO) - Arábia S., Catar, Emirados A., Irã, Iraque e Kuwait; • AMÉRICA – Venezuela e Equador; • ÁFRICA – Nigéria, Líbia, Argélia e Angola.

  10. Área de permanente tensão gerada por inúmeros conflitos (econômicos, religiosos, territoriais, etc.): • Conflito no Líbano entre cristãos e muçulmanos (1975 -1990); • Afeganistão – guerrilheiros contra URSS desde 1979, depois guerrilheiros entre si; • Iraque X Irã (1980 - 1988); • A questão dos Curdos – maior etnia sem Estado do mundo, espalhados por 5 países;

  11. 3 - O SIONISMO: • Movimento nacionalista judaico. • Theodor Herzl (1897) • Criação do Estado para os judeus. • Situação dos judeus: • Dispersos desde romanos 70 d.C. • Sem direitos • Constantes perseguições. • Compra de terras na Palestina • Kibutzim

  12. INGLATERRA: • Apoio aos árabes • Apoio aos judeus • Lar nacional judaico • Partilha do Império Turco • Frustração de árabes e judeus que passam a agredir ingleses

  13. 4 - ORIGENS DOS CONFLITOS TERRITORIAIS RECENTES: • Desmembramento do Império Turco Otomano

  14. 5 - A CRIAÇÃO DE ISRAEL (1948): • Massacres nazistas • Enfraquecimento da Europa. • Apoio à criação de Israel • 1947: • ONU partilha a Palestina entre árabes e judeus. • 14/5/1948: • Criação do Estado de Israel • Jerusalém internacionalizada.

  15. 6 - A GUERRA DE INDEPENDÊNCIA (1948): • Após a criação do Estado de Israel: • EGT + SIR + LIB + IRQ + JOR X ISR* • desunião árabe . • apoio dos EUA e da URSS

  16. Conseqüências: • ISR • 77% do Estado Palestino • EGT • Faixa de Gaza; • Transjordânia (Jordânia) • Cisjordânia • Parte de Jerusalém. • Palestinos: • Dispersos • Refugiados

  17. 7 - A GUERRA DO SUEZ (1956): • Nacionalistas árabes chegam ao poder. • Gamal Abdel Nasser (EGT) - principal. • ING + FRA + ISR • Sinai e o Egito. • EUA e URSS • Exigem a retirada

  18. Conseqüências: • Derrota militar de Nasser; • Vitória política de Nasser • maior liderança do mundo Árabe. 8 - GUERRA DOS SEIS DIAS (1967): • Nasser interdita o Golfo de Akaba • Israel ataca de surpresa • Vitória fulminante

  19. Conseqüências: • ISR anexa: • Faixa de Gaza • Sinai (EGT) • Cisjordânia (JOR) • Colinas de Golã (SIR) • Enfraquecimento árabe • Prestígio para Israel

  20. 9 - SITUAÇÃO DOS PALESTINOS: • Abandonados pelos árabes. • Dispersos por Israel , Jordânia, Síria e Líbano. • OLP • (Organização pela Libertação da Palestina),Setembro de 1970: • governo jordaniano massacra 4 mil palestinos • Setembro Negro • 1971: • palestinos expulsos da Jordânia • Sul do Líbano.

  21. 10 - GUERRA DO YOM KIPPUR (1973): • Yom Kippur • Dia do Perdão • EGT + SIR + JOR atacam Israel. • Inicialmente vitória árabe. • Israel anuncia ter armas atômicas • Retirada árabe • Vitória de Israel

  22. Conseqüências: • Israel mostra fragilidade. • OPEP • petróleo como arma política • Crise do Petróleo.

  23. 11 - A GUERRA CIVIL DO LÍBANO: • Líbano: • Vários povos e culturas • Principais: • cristãos maronitas • Muçulmanos • Sunitas, Xiitas, Drusos e palestinos. • Até a metade da década de 70: prosperidade. • Composição de governo: • base na proporção demográfica de cada etnia. • presidente = cristão. • primeiro ministro = sunita.

  24. Década de 70: • população muçulmana maior que a cristã • maior representatividade. • Cristãos: • negavam-se a fazer um novo recenseamento. • Interesses externos: • Síria contestava autonomia libanesa • Israel, invadia o sul do Líbano

  25. Etnias se organizam em milícias: • muçulmanos sunitas: • apoio sírio • cristãos maronitas: • auxílio israelense. • Episódio marcante: • Operação de paz na Galiléia (1982) • Israel invade o sul do Líbano • Ariel Sharon - comandante israelense • Avanço até Beirute.

  26. Retirada palestina para a Tunísia. • Sabra e Chatila – campo de refugiados palestinos • Massacre autorizado por Israel. • 1983: • Israel se retira • Faixa de segurança • Exército do Sul do Líbano • organização militar cristã autônoma

  27. 12 - ACORDOS DE CAMP DAVID (1978): • Primeiro acordo árabes e Israel. • Anuar Sadat (Egito) • Menachem Begin (Israel) • 1981: • Sadat é assassinado • 1982: • Israel retira- se do Sinai

  28. 13 - REVOLUÇÃO ISLÂMICA (IRÃ – 1979): • Até 1979: • Irã era governado por Reza Pahlevi • aliado dos EUA no Oriente Médio • 1979: • forças xiitas leais ao aiatolá Khomeini criaram o primeiro governo xiita da história.

  29. Governo nasce enfraquecido • Repressão da oposição interna • guerra civil de dois anos. • Hostilidade dos EUA

  30. 14 - INVASÃO SOVIÉTICA NO AFEGANISTÃO (1979 - 89): • Causas: • minimizar os efeitos da Revolução Islâmica • conquistar uma via de acesso a mares quentes • manter o governo simpático ao socialismo (desde 1973). • Indefinição no conflito: • resistência de grupos muçulmanos

  31. 2001 EUA X Afeganistão • Resposta dos EUA ao Afeganistão do regime Taliban em decorrência dos ataque ao W.T.C. (11/09/2001). Objetivos: desestruturar a rede terrorista Al Qaeda e capturar Osama Bin Laden.

  32. 15 GUERRA IRÃ X IRAQUE (1980 – 1988): • 1979: • Saddam Hussein • toma o poder no Iraque. • Causas: • Temor de revolução semelhante no Iraque (60% xiita). • Controle do Chatt Al Arab

  33. Vantagem inicial do Iraque. • Irã • maior população e fervor religioso • 1988: • Irã e Iraque firmam a paz sem vitoriosos • um milhão de mortos no total).

  34. 16 - A INTIFADA (1987): • Movimento espontâneo palestino • Protestos e apedrejamentos israelenses • Intifada (“sobressalto” em árabe): • Apoio • Hamas • organização apoiada pelo Irã e Síria • OLP • Yasser Arafat • Conseqüência: • opinião pública internacional reverte a imagem de Israel

  35. 17 - A GUERRA DO GOLFO (1991): • Causas: • Iraque endividado • Kwait • criado por interesses europeus. • Agosto de 1990: • Iraque invade o Kwait. • EUA: • libertação do Kwait • manutenção do preço do pertróleo

  36. Guerra do Golfo em 1991 Após invasão do Kuwait pelo Iraque, que alegou roubo de petróleo, EUA e aliados guerreiam contra o Iraque para libertar o país;

  37. EUA lideram embargo econômico ao Iraque. • Apoio ao Iraque: • Iêmen, a Jordânia e a OLP (Yasser Arafat). • Iraque derrotado pela coalizão internacional liderada pelos EUA (Operação Tempestade no Deserto).

  38. Saddam Hussein é mantido no poder • Yasser Arafat: • credibilidade abalada. • EUA: • esforços para produzir acordo de paz entre judeus e palestinos.

  39. 18 - A QUASE PAZ DE 1993: • 13 de setembro de 1993: • acordo de paz. • Itzhak Rabin (ISR) • Yasser Arafat (OLP), • autonomia gradativa para as áreas de Gaza e Cisjordânia. • Radicais de ambos não aceitam o acordo. • Hamas patrocinava atentados terroristas em Israel. • 4 de novembro de 1995: • Rabin é assassinado por judeu

  40. 19 Última Década 1996: • Partido Likud (direita conservadora de Israel) vence eleições para o parlamento.. • Talibãs afegãos implantam regime fundamentalista no Afeganistão.

  41. 1999: • Morre o Rei Houssein, da Jordânia. • Partido Trabalhista (esquerda de Israel) vence eleições para o parlamento. • Ehud Barak. • 2000: • General israelense Ariel Sharon • visita a esplanada das mesquitas, em Jerusalém. • Início de uma segunda e violenta Intifada, em Israel.

  42. 2001: • Atentados ao WTCe Pentágono • Talibã do Afeganistão e o líder saudita Osama Bin Laden. • Operação “Liberdade Duradoura” no Afeganistão. • Cai o regime Talibã no Afeganistão. • Partido Likud vence eleições para o parlamento. O primeiro ministro passa a ser Ariel Sharon. • 2002: • Bush cita o “Eixo do Mal” : • Iraque, Irã, Líbia e Coréia do Norte. • Síria retira-se da região central do Líbano.

  43. Israel começa a construção de muro para separar israelenses e palestinos na Cisjordânia. • 2003: • EUA invade o Iraque. • 2004: • Morre Yasser Arafat.

  44. 2003 até ?: Guerra dos EUA X Iraque • Motivo: o Iraque possui bombas atômicas, químicas ou biológicas de destruição em massa. Sadan Hussein apóia a Al Qaeda;

  45. 2005: • Retirada final da Síria no Líbano. • Israel desocupa colônias judaicas na Faixa de Gaza e inicia desocupação também na Cisjordânia. 2006: ISRAEL INVADE O LÍBANO A COMBATE AO HEZBOLLAH

  46. HAMAS • Líder: Ahmed Yassin; • Características: • braço militar e político • Trabalhos sociais em campos de refugiados • Primeiro a usar homens-bomba • Objetivo: • Destruir Israel • Estado islâmico sob o controle palestino; • Efetivo: • 200 e 300 militantes • Facilidade em recrutar voluntários • Facção mais popular entre os palestinos.

  47. JIHAD ISLÂMICA • Líder: • Ramadan Shallah, ex-professor da Universidade da Flórida; • Características: • Mais independente das facções • Financiamento do Irã; • Objetivo: • Destruir Israel • Estado islâmico na região • Efetivo: • Entre 70 e 100 terroristas. • Dificuldade para recrutar colaboradores • Apoio restrito da população

  48. BRIGADA AL AQSA • Líder: • Marwan Barghouti; • Características: • Dissidência da OLP e da Al Fatah • Apareceu recentemente • 70% dos atentados contra israelenses; • Objetivo: • Assustar os israelenses • Obter maiores concessões numa negociação de paz; • Efetivo: • Cerca de 1 000 homens.

  49. HEZBOLAH • Líder: • Xeque Hassan Nasrallah; • Características: • Grupo fundamentalista xiita do Líbano • Existe desde 1982 • Criado para combater as tropas israelenses • Sustentado pelos iranianos • Suas lideranças decidiram apoiar os palestinos; • Objetivo: • Criar um Estado islâmico no Líbano • Destruir Israel • Transformar Jerusalém numa cidade muçulmana; • Efetivo: • Cerca de 800 combatentes ativos e 2 000 reservistas.