sistemas bioenerg ticos n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Sistemas Bioenergéticos PowerPoint Presentation
Download Presentation
Sistemas Bioenergéticos

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 14

Sistemas Bioenergéticos - PowerPoint PPT Presentation


  • 248 Views
  • Uploaded on

Sistemas Bioenergéticos. METABOLISMO ENERGÉTICO É o estudo da liberação de energia dos alimentos e seu modo de estocagem e transformação RESERVATÓRIOS ENERGÉTICOS São os tecidos GLICOGÊNIO – carboidratos de reserva GORDURAS - triglicérides PROTEÍNAS – difícil mobilização.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Sistemas Bioenergéticos' - wallace


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
sistemas bioenerg ticos
Sistemas Bioenergéticos
  • METABOLISMO ENERGÉTICO
  • É o estudo da liberação de energia dos alimentos e seu modo de estocagem e transformação
  • RESERVATÓRIOS ENERGÉTICOS
  • São os tecidos
  • GLICOGÊNIO – carboidratos de reserva
  • GORDURAS - triglicérides
  • PROTEÍNAS – difícil mobilização
sistemas bioenerg ticos1
Sistemas Bioenergéticos
  • FONTE DE ENERGIA
  • Trifosfato de Adenosina (ATP)
  • Indispensável á vida da célula
  • Molécula condutora de energia, fabricada em todas as células vivas
  • Encontrado universalmente nos sistemas vivos
  • ATP é utilizado e regenerado constantemente
  • Armazena e libera energia para a célula: Contração e Trabalho.
sistemas bioenerg ticos2
Sistemas Bioenergéticos
  • FUNÇÃO: armazenar energia para as atividades vitais básicas das células
  • ESTRUTURA: 3 grupos fosfatos
  • 1 unidade de adenosina composta de adenina e do açúcar
  • RESSINTETIZADO: 3 mecanismos
sistemas bioenerg ticos3
Sistemas Bioenergéticos

1)Sistema ATP – CP:

·A concentração do ATP é suficiente para exercícios de poucos segundos

·A concentração do ATP diminui pouco, a regeneração dos estoques é realizado precocemente pela liberação de energia da hidrolise da creatina fosfato (CP)

·Em exercícios de cargas crescentes a concentração dos estoques diminui sendo outros sistemas para manutenção do ATP

slide5
SISTEMA ATP-CPPromove a ressíntese do ATP através da utilização da energia da ligação fosfato-energia da creatina fosfato (CF)

ADP + P + ENERGIA ATP

CP C + P + ENERGIA

CREATINA-QUINASE

metabolismo anaer bio
METABOLISMO ANAERÓBIO

  2) Metabolismo Anaeróbio

A produção de ATP é suprida primariamente pelo desdobramento da Glicose em um processo chamado de “RESPIRAÇÃO CELULAR”.

a) Glicolise anaeróbia

b) Glicolise aeróbia

slide7
METABOLISMO ANAERÓBIORessíntese de ATP a partir da transformação anaeróbia da glicose em ácido láctico

GLICOLISE 1 GLICOSE 2 ATP

2 NADH + H+

2 ÁCIDO PIRUVICO

ÁCIDO LÁCTICO

O2

ÁCIDO LÁCTICO

SEM O2

metabolismo aer bio
METABOLISMO AERÓBIO

3) Metabolismo aeróbio

O catabolismo da glicose envolve tais processos:

a)Ciclo de Krebs: É uma série de reações de oxirredução que ocorre nas mitocôndrias.

b)A cadeia de transporte de elétrons: É uma série de oxirredução que ocorre nas mitocôndrias e que transfere a energia que foi armazenada nas coenzimas reduzidas (NADH + H+ e FADH 2).

metabolismo aer bio1
METABOLISMO AERÓBIO

GLICOLISE GLICOSE ÁCIDO PIRUVICO ÁCIDO LACTO

CO2

NADH + 2H+

2 ATP

2 NADH + 2H+

ACETIL

CoenzimaA

ATP

CO 2

NADH + 6H+

FADH2

Ciclo de Krebs

metabolismo aer bio2
METABOLISMO AERÓBIO

CADEIA DE TRANSPORTE DE ELÉTRONS

36 a 38 ATP

CO2 H2O

utiliza o dos substratos energ ticos no exerc cios
UTILIZAÇÃO DOS SUBSTRATOS ENERGÉTICOS NO EXERCÍCIOS
  • METABOLISMO AERÓBIO
  • CARBOIDRATOS
  • GORDURAS
  • PROTEÍNAS
  • ÁCIDO LACTICO

SUBSTRATOS ENERGÉTICOS

utiliza o dos substratos energ ticos no exerc cios1
UTILIZAÇÃO DOS SUBSTRATOS ENERGÉTICOS NO EXERCÍCIOS
  • SÃO PROCESSOS CONTÍNUOS QUE INTERAGEM EM REPOUSO E NO EXRCÍCIO CONTRIBUINDO DE ACORDO COM A INTENSIDADE E A DURAÇÃO DO EXERCÍCIO
  • NOS EXERCÍCIOS DE ALTA INTENSIDADE E CURTA DURAÇÃO A FONTE QUE PREDOMINA É A CREATINA-FOSFATO
  • A CONCENTRAÇÃO INTRAMUSCULAR DE ATP EM REPOUSO É EM TORNO DE 6Mm POR Kg, SUFICIENTE PARA UM EXERCÍCIO DE POUCOS SEGUNDOS
utiliza o dos substratos energ ticos no exerc cios2
UTILIZAÇÃO DOS SUBSTRATOS ENERGÉTICOS NO EXERCÍCIOS
  • NOS EXERCÍCOS PROLONGADOS O METABOLISMO COMEÇA ANAEROBIO, PASSA POR UMA FASE MISTA E TORNA-SE AERÓBIO
  • NO INÍCIO DE UM TRABALHO MUSCULAR EXPLOSIVO, EXCLUSIVAMENTE ANAERÓBIO.
  • 2 MINUTOS DE EXERCÍCIO: 50% ANAEROBIO E 50% AEROBIO
  • 20 MIN DE EXERCÍCIO: É QUASE EXCLUSIVAMENTE AERÓBIO
utiliza o dos substratos energ ticos no exerc cios3
UTILIZAÇÃO DOS SUBSTRATOS ENERGÉTICOS NO EXERCÍCIOS
  • NOS EXERCÍCIOS DE INTENSIDADE MODERADA E DE LONGA DURAÇÃO O METABOLISMO AERÓBIO
  • O CONSUMO DE OXIGENIO AUMENTA GRADUALMENTE ATÉ ATINGIR A NECESSIDADE ENERGÉTICA E SE ESTABILIZAR NA CHAMADA FASE ESTÁVEL