Invadem Ambientes Familiares - PowerPoint PPT Presentation

vincent-ford
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Invadem Ambientes Familiares PowerPoint Presentation
Download Presentation
Invadem Ambientes Familiares

play fullscreen
1 / 18
Download Presentation
Invadem Ambientes Familiares
69 Views
Download Presentation

Invadem Ambientes Familiares

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Invadem Ambientes Familiares

  2. “A única esperança para um mundo melhor são os nossos filhos”

  3. O gato no berço Meu filho nasceu há poucos dias veio ao mundo naturalmente. Mas eu tinha que viajar e trabalhar, para pagar as contas; aprendeu a andar na minha ausência. E começou a falar sem que eu me apercebesse e enquanto crescia, dizia: “Eu vou ser como você, papai; Sabia? Serei como você”. E o gato fica no berço com a colherzinha de prata, a criança azul, e o homem lunar.

  4. “Quando voltas, meu pai?” “Ainda não sei...” “A que horas volta, meu pai?” “Depende do trabalho...” mas quando voltar estaremos juntos, juntos e felizes nesse belo dia”. Fez dez anos há poucos dias; Disse-me: “Obrigado pela bola, papai; vamos jogar: Você me ensinará?” Respondi-lhe: “Um outro dia, filho; eu tenho milhares de coisas para fazer”. “Está bem”, respondeu-me o menino e se foi distanciando com um sorriso que claramente dizia: “Eu vou ser como você papai; sabes? Serei igual a você”.

  5. E o gato fica no berço com a colherzinha de prata, a criança azul e o homem lunar. Voltou da faculdade há poucos dias já um homem. Eu disse-lhe então: “Filho, estou orgulhoso de ti: senta-te a meu lado”. Balançou a cabeça e respondeu-me a sorrir: “Prefiro que me emprestes a chave do carro: mais tarde nos veremos; adeus!”

  6. E o gato continua no berço com a colherzinha de prata, a criança azul e o homem lunar. “Quando voltas, filho?” “Ainda não sei... mas quando voltar estaremos juntos juntos e felizes nesse belo dia”. Já me tinha alegrado, meu filho partiu, telefonei-lhe há poucos dias: “Gostaria de ver-te, podes vir...” “Se tivesse tempo, sim eu gostaria, mas neste emprego estou sempre ocupado:

  7. Estou contente de ter falado contigo, papai”. Quando desliguei o telefone pensei: ele cresceu e ficou como eu; Sim, meu filho é exatamente o que eu fui. E o gato continua no berço com a colherzinha de prata, a criança azul e o homem lunar. “Quando voltas, filho?” “Ainda não sei... Mas quando voltar, pai, estaremos juntos, juntos e felizes nesse belo dia”.

  8. VOCÊ CONHECE SEU FILHO? • Quem é o melhor amigo do seu filho? • Qual o seu maior talento? • De que matéria ele mais gosta? • Qual o seu programa de TV predileto? • Qual o seu estilo de música favorito? • Qual o professor que ele mais elogia? • Quais são os apelidos que os colegas lhe dão? • O que ele gosta de fazer nas férias? • Do que ele mais se queixa na família? • Qual o seu maior sonho?

  9. Se você conseguiu encontrar respostas para, no mínimo, cincoquestões, realmente você anda acompanhando o que acontece com o seu filho. Caso contrário, trate de se aproximar mais dele; entrar no seu mundo; dedicar-lhe mais tempo e atenção.

  10. “A melhor maneira de criar filhos para serem felizes é começar por pais de visão otimista e atitude positiva”

  11. Identifique as características da pessoa de maior sucesso que cada um conhece? Agora, peço para categorizar essas características identificando como: A ....... Atitude H ....... Habilidade

  12. Todas estas qualidades se podem ensinar e aprender. De quem é a responsabilidade de ensinar atitudes positivas às crianças? • Pais b)Escola c)Governo d) Igreja e) Amigos

  13. Agora, pergunto a vocês: Quantas horas diárias e quantos dias no ano, seus filhos estão na escola? Resposta: 200 dias x 6 horas Igual a 1200 horas

  14. Quantas horas tem um ano? Resposta: 365 dias x 24 horas Igual a 8760 horas Quantas horas as crianças passam em casa? Resposta:7560 horas

  15. Conclusão “Se o futuro dos filhos é a felicidade, não delegue a educação dos seus filhos ``a ninguém” Ferramentas a praticar: • Amor • Diálogo • Exemplo

  16. “O pai que dá à criança boa instrução mas mau exemplo ao mesmo tempo, pode considerar-se como se lhe desse com uma mão alimento e com a outra veneno”

  17. As crianças vivem o que aprendem: • Se uma criança vive com críticas, aprende a censurar. • Se vive com estímulos, aprende a ter confiança. • Se vive com aceitação e amizade, aprende a amar o mundo. • Se vive com hostilidade, aprende a violência. • Se vive com vergonha, aprende a sentir-se culpado

  18. Educar bem, os filhos é simples .... mas não é fácil