infec o hospitalar por staphylococcus aureus com resistent ncia meticilina mrsa n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Infecção hospitalar por Staphylococcus aureus com resistentência à meticilina (MRSA) PowerPoint Presentation
Download Presentation
Infecção hospitalar por Staphylococcus aureus com resistentência à meticilina (MRSA)

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 12
Download Presentation

Infecção hospitalar por Staphylococcus aureus com resistentência à meticilina (MRSA) - PowerPoint PPT Presentation

shea-buckley
190 Views
Download Presentation

Infecção hospitalar por Staphylococcus aureus com resistentência à meticilina (MRSA)

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Infecção hospitalar por Staphylococcusaureus com resistentência à meticilina (MRSA) Beatriz VillasBôas Gabriela CarnevaleGiovanaGiacomini Milena do Valle

  2. Problema: • A resistência bacteriana a antibióticos é um grave problema de saúde pública. Você foi convidado para fazer parte da comissão de infecção hospitalar de um hospital da rede pública para investigar a origem clonal de cepas de Staphylococcus aureus resistentes à meticilina (MRSA) em pacientes internados. Proponha uma estratégia baseada em tecnologia de DNA, indicando as etapas e métodos a serem utilizados para fazer essa investigação.

  3. Brainstorm

  4. Escolhas • Quais são os polimorfismos relacionados à resistência de Staphylococcus aureus a meticilina? • Hospital público --- Relação custo X benefício

  5. Staphylococcusaureus • OStaphylococcusaureus é encontrado colonizando a microbiota normal, podendo tornar-se patogênico em condições como a quebra da barreira cutânea ou diminuição da imunidade. É umas das causas mais comuns de infecções nosocomiais (infecção hospitalar).

  6. Resistência à meticinina _ O que É? • Resistência à penincilina.---- • Beta-lactamases são enzimas produzidas por algumas bactérias e são responsáveis por sua resistência a antibióticos beta-lactâmicos. • Foi criado o beta-lactâmico sintético meticilina, que era resistente à ação das beta-lactamases que o S. aureus produzia. • MRSA (Staphylococcusaureus resistente à meticilina) -penicillin-bindingprotein, PBP2 e são resistentes a todos os antimicrobianos beta-lactâmicos.

  7. Resistência à meticinina _ como se dá? ISS- 3’ orfx  "cassete cromossômico estafilocócicomec" fonte: http://www.staphylococcus.net/

  8. Tipos de SCC • Existem 7 tipos de SCC (I - VII), sendo que o SCCI -III estão relacionados à infecções hospitalares (HA-MRSA) • Todos possuem a estrutura geral: (mecelement) (40 to 60 kb) mec element

  9. mecA 2.1-kb mecA

  10. Escolha justificada - implementação Swab das feridas dos pacientes Cultura de S. aureus em meio met+ Extração de DNA PCR do gene mecA Sequenciamento do gene mecA

  11. Questões • Onde estão os polimorfismos? • Quantos são conhecidos? • Qual seria o tamanho ideal do fragmento para sequenciamento ou digestão? • Quantas etapas seriam necessárias no processo? • Relação custo X benefício no uso de enzimas de restrição (eletroforese de campo pulsado). • Polimorfismos existentes no complexo mec. • Análise genética de diversidade e os segmentos de DNA amplificados são aleatórios. • Resolução ideal X urgência.