a era estalinista na urss n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A ERA ESTALINISTA NA URSS PowerPoint Presentation
Download Presentation
A ERA ESTALINISTA NA URSS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 14

A ERA ESTALINISTA NA URSS - PowerPoint PPT Presentation


  • 506 Views
  • Uploaded on

A ERA ESTALINISTA NA URSS. JARV 2007|2008. A era estalinista. Lenine morre em 1924; Estaline: põe fim à NEP; Colectivização e Nacionalização dos meios de produção; Planificação da Economia: definição de objectivos de produção = Planos Quinquenais . Os Planos Quinquenais.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'A ERA ESTALINISTA NA URSS' - ronli


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
a era estalinista
A era estalinista

Lenine morre em 1924;

Estaline:

  • põe fim à NEP;
  • Colectivização e Nacionalização dos meios de produção;
  • Planificação da Economia: definição de objectivos de produção = Planos Quinquenais.
os planos quinquenais
Os Planos Quinquenais

Duração: 5 anos, aproximadamente.

  • 1º plano: indústrias pesada, eléctrica e

nos transportes;

  • 2º plano: indústrias alimentar e têxtil;
  • 3º plano: indústrias químicas e

siderúrgicas (interrompida com a 2ª Guerra

Mundial)

na agricultura
Na agricultura

O domínio da agricultura foi organizada em:

  • Sovkhozes – Propriedades do Estado exploradas por camponeses assalariados;
  • Kolkhozes – Cooperativas de produção agrícola exploradas em comum pelos camponeses.

Os Kulaks (antigos proprietários das terras) vão destruir colheitas e a produção e vão ser enviados para campos de concentração (na Sibéria).

a viol ncia totalit ria
A violência totalitária
  • Controlo do partido Comunista e por Estaline;
  • Culto da Personalidade;
  • Uso indiscriminado de propaganda (jornais, rádio, literatura, cinema e cartazes) a enaltecer as obras do regime e da figura de Estado – Estaline;
  • Feroz perseguição, tortura, deportação e eliminação aos opositores políticos: artistas, kulakes, escritores, cientistas, militantes e funcionários do partido, etc – clima de terror;
  • Utilização de polícia política: a Tcheca e KGB
espanha a vit ria republicana
Espanha: a vitória republicana
  • Em 1923, o rei Afonso XIII convida o general Primo de Rivera a formar governo, impondo uma ditadura militar, até 1930;
  • A vitória republicana nas eleições ditou o fim da ditadura militar e o exílio do rei e do general Rivera para Marrocos;
  • Em 1936, a Frente popular, comandada por coligações de esquerda (socialistas, anarquistas e comunistas), vencem as eleições – iniciam-se o caos e a tragédia contra os conservadores e a igreja;
  • Assassinato de Calvo Sotelo, líder do partido monárquico.
a guerra civil 1936 39
A guerra civil (1936-39)

Em 1936, o general Franco, (combatente em Marrocos), chefiou uma sublevação militar contra o poder republicano, iniciando uma luta que irá provocar uma guerra civil, entre nacionalistas e republicanos

F. Franco – o “Caudilho”

as for as de apoio na guerra civil de espanha internas
As forças de apoio na guerra civil de Espanha - internas

Os Nacionalistas, de direita e fascistas, eram apoiados, pelos conservadores, pelos monárquicos, pelos falangistas*, pelas forças da igreja católica e pelo exército, incluíndo os destacamentos de Marrocos.

*Falangistas: movimento de direita, fundado por Primo de Rivera, em 1933

as for as de apoio na guerra civil de espanha internas1
As forças de apoio na guerra civil de Espanha - internas

Os republicanos eram apoiados pelas:

  • forças da frente popular: comunistas, anarquistas e socialistas;
  • da marinha espanhola;
  • dos operários;
  • das frentes nacionalistas bascas e catalãs (estas províncias, defensoras de independência e separação política)
as for as de apoio na guerra civil de espanha externas
As forças de apoio na guerra civil de Espanha - externas

A nível externo:

Os Nacionalistas eram apoiados pela Legião Azul(Itália fascista), pela Legião Condor(Alemanha nazi) e indirecta e discretamente por Portugal, no controlo de fugitivos junto às fronteiras e prisão de desertores.

Os republicanos, tinham ajuda das chamadas Brigadas Internacionais: França, Inglaterra e alguns pequenos contingentes dos EUA e, com armamento e dinheiro da força soviética (comunista).

a guerra civil espanhola
A Guerra Civil Espanhola
  • As forças franquistas tiveram um apoio significativo da Alemanha, esta que aproveitou o conflito interno espanhol para testar o seu armamento e material bélico, nomeadamente no que toca à aviação – Legião Condor.
  • A Guerra Civil durou 3 anos, onde se verificou um saldo desastroso de 400.000 mortos e dezenas de cidades destruídas. O caso mais célebre, a cidade basca de Guernica
  • Acerca desta cidade, Ernest Hemingway escreveu uma obra intitulada: “Por Quem os Sinos Dobram”
propaganda das for as
Propaganda das forças

Franquistas/ Nacionalistas Republicanos