perspectivas para a siderurgia brasileira n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Perspectivas para a Siderurgia Brasileira PowerPoint Presentation
Download Presentation
Perspectivas para a Siderurgia Brasileira

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira - PowerPoint PPT Presentation


  • 87 Views
  • Uploaded on

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira. Companhia Siderúrgica Nacional. Marcio Frazão G. Lins. MAIO - 2009. Siderurgia Brasileira Síntese. Fonte: IBS. Produção Mundial de Aço Evolução da Produção em 2008 e 2009. Início da crise mundial. 10³ t. Histórico. Fonte: WSA.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
perspectivas para a siderurgia brasileira

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira

CompanhiaSiderúrgicaNacional

Marcio Frazão G. Lins

MAIO - 2009

slide2

Siderurgia Brasileira

Síntese

Fonte: IBS

slide3

Produção Mundial de Aço

Evolução da Produção em 2008 e 2009

Início da crise mundial

10³ t

Histórico

Fonte: WSA

slide4

Produção Mundial de Aço

Participação na Produção

A produçãoasiáticarepresentouquase 60% do total mundial.

Fonte: WSA

Em 2008 o BrasilfoiresponsávelpormetadedaproduçãodaAmérica Latina.

slide5

Consumo Aparente Mundial de Aço

Evolução do Consumo

2008

Histórico

Fonte: WSA

slide6

Produção de Aço – Planos e Longos

Brasil

Em 2008 e 1T09

Planos

Longos

Produção Aço Bruto

Fonte: IBS e WSA

slide7

Consumo Aparente de Aço – Planos e Longos

Brasil

Em 2008

Em 2008 e 1T09

Fonte: IBS

MM t

Observações:

1- Exclui as vendas para dentro do parque.

2- Consumo aparente = vendas internas + importações, excluindo as vendas para dentro do parque e importações das empresas siderúrgicas para transformação.

slide8

Consumo Aparente de Aço - Brasil

Evolução do Consumo Aparente por Setores Consumidores Finais

Evolução do Consumo Aparente por Grandes Setores nos últimos 10 anos

A construção civil se consagra principal consumidora de aço do Brasil.

Fonte: IBS

slide9

Consumo Aparente Mundial de Aço

PIB per capita x Consumo aparente per capita – cenário em 2007

Kg/hab/ano

US$/hab/ano

Fontes: FMI e WSA

slide10

Consumo Aparente Mundial de Aço

Variação anual PIB x Consumo aparente per capita

Fontes: FMI e WSA

slide11

Consumo Aparente Mundial de Aço

BRASIL x AMÉRICA LATINA

Fontes: FMI e WSA

slide12

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira

Previsão para o Consumo Aparente

Fonte: IBGE, IBS e FMI

slide13

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira

Previsão para o Consumo Aparente – base PIB, previsão FMI

Unid: MM t

CAGR - PIB (últimos 5 anos)

Planos

CAGR - PIB (últimos 10 anos)

Longos

CAGR - PIB (últimos 10 anos)

Fonte: IBGE, IBS e FMI

slide14

Perspectiva de Crescimento – Antes da Crise

Siderurgia Brasileira

Desembolsos (US$ bilhões)

Expansões

ParqueInstalado(até 2012) 27,1

Novosentrantes(até 2010) 5,8

Total 32,9

Projetos em estudos(após 2012) 12,8

Total 45,7

Capacidade – 10 MM t

Instalada(início 2008) 41,0

ExpansõesDefinidas

Parqueinstalado(até 2012) 15,3

Novosentrantes(até 2010) 6,8

CapacidadePrevista (2013) 63,1

Projetos em Estudos(após 2012) 17,5

CapacidadePrevista(2015/2016) 80,6

Fonte: IBS

Quaisefeitosdacrise ??

slide15

Principais Projetos da Siderurgia Brasileira

R$ 82,2 bilhões em investimentos

?

X

slide16

Perspectivas para a Siderurgia Brasileira

Capacidade Produtiva

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

?

Milhões toneladas

Capacidade produtiva na siderurgia dobrará até 2014

slide17

Aumento dos Preços de Commodities

2003 a 2008

Para contratos em 2008

MinérioFino: 65%

Pelotas: 86%

Carvão Mineral: 190%

Fontes: Bloomberg LME, Clarkson, MBR, Platts, AMM e CRU.

slide18

Curva do custo de produção global

Bobina Laminada a Quente – US$/t

2009 verá o retorno ao patamar de custos de 2007 ???

Fonte: CRU Analysis

slide19

Evolução recente do preço de laminados a quente

BQ - US$/t

2009 verá o retorno ao patamar de preços de 2007 ???

Fonte: CRU

slide20

Perspectivas para a Economia

  • O Banco Mundial prevê que a economia mundial crescerá apenas 0,9% em 2009.
  • 2009 será marcado pelos impactos de desvalorizações competitivas ( preços ), e ajustes nas
  • taxas de juros e políticas fiscais nas principais economias, e também no Brasil.
  • O aumento da taxa de câmbio real no Brasil tende a deprimir a compra de bens e serviços
  • estrangeiros, aumentando a competitividade da indústria nacional no mercado interno e externo.
  • A entrada de investimento estrangeiro, que duplicou entre 2005 e 2008, também está sendo
  • afetada pela crise externa.
  • De acordo com o boletim Focus publicado pelo BC, a estimativa para o crescimento do PIB caiu
  • de 3,60% para 3,50% em 2010. Para 2009 a projeção de crescimento é de 1,5%.
  • Os analistas também diminuíram a projeção para o crescimento da atividade industrial de 1,30%
  • para 1,24% neste ano, mas mantiveram a estimativa de 4% para 2010.
  • A estimativa para a taxa de câmbio ao final de 2009 foi mantida em R$ 2,30 e para 2010 foi
  • ajustada de R$ 2,27 para R$ 2,28.
  • Neste contexto, a capacidade de reação das siderurgia brasileira é bem avaliada pelo mercado
  • de capitais, refletindo em uma posição de market cap relativamente boa dentro dos padrões
  • internacionais.
slide21

Valor e Competitividade das Empresas Siderúrgicas

Market Cap x Capacidade Instalada

Fonte: Bloomberg – Valores referentes à data 05.05.2009

slide22

40º Seminário de Aciaria

OBRIGADO

Marcio Lins

CompanhiaSiderúrgicaNacional

E-mail: mlins@csn.com.br