slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Rede de Atenção à Urgência e Emergência: Oficina 1: Alinhamento Conceitual PowerPoint Presentation
Download Presentation
Rede de Atenção à Urgência e Emergência: Oficina 1: Alinhamento Conceitual

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 11

Rede de Atenção à Urgência e Emergência: Oficina 1: Alinhamento Conceitual - PowerPoint PPT Presentation


  • 134 Views
  • Uploaded on

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO ESPÍRITO SANTO. Rede de Atenção à Urgência e Emergência: Oficina 1: Alinhamento Conceitual. MACRORREGIÃO CENTRO JUNHO - 2008. Oficina de Modelagem Redes de Atenção à Urgência e Emergência. PERÍODO DE DISPERSÃO. Municípios/Instituições.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Rede de Atenção à Urgência e Emergência: Oficina 1: Alinhamento Conceitual' - reed


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE

DO ESPÍRITO SANTO

Rede de Atenção à Urgência e Emergência:

Oficina 1: Alinhamento Conceitual

MACRORREGIÃO CENTRO

JUNHO - 2008

oficina de modelagem redes de aten o urg ncia e emerg ncia

Oficina de Modelagem Redes de Atenção à Urgência e Emergência

PERÍODO DE DISPERSÃO

SESA/GERA/Normalização

munic pios institui es
Municípios/Instituições
  • Executar as tarefas;
  • Obedecer os prazos dos cronograma;
  • Consolidar os dados municipais;
  • Encaminhar os dados para a Câmara Técnica da CIB micro.
  • As instituições deverão consolidar os dados junto aos municípios mas, multiplicar dentro de suas instituições.

SESA/GERA/Normalização

cib micro
CIB-micro
  • Monitorar o a execução dos trabalhos junto aos municípios e instituições;
  • Monitorar os prazos previstos no cronograma;
  • Detectar dificuldade;
  • Solicitar ajuda à superintendência quando necessário;
  • Consolidar os dados microrregionais.

SESA/GERA/Normalização

superintend ncia regional
Superintendência Regional
  • Monitorar o andamento do processo junto às CIBs micro;
  • Detectar dificuldades e encaminhar ao nível central quando não puder resolver;
  • Consolidar os dados macrorregionais com o nível central e as câmaras técnicas das CIBs micro.

SESA/GERA/Normalização

n vel central
Nível central
  • Monitorar junto às Superintendências a execução das tarefas;
  • Preparar, junto à superintendência as próximas oficinas;
  • Divulgar os relatórios das oficinas e demais evento dentro da SESA;
  • Colocar on-line todo o processo,apresentações e material técnico das oficinas;
  • Dar suporte técnico à superintendência e às CIBs micro.

SESA/GERA/Normalização

m dulo ii
Módulo II
  • Oficina Módulo II: 31 de julho e 01 agosto;
  • Local: a ser definido

SESA/GERA/Normalização

cronograma proposto m dulo i
Cronograma Proposto Módulo I

SESA/GERA/Normalização

proposta de programa o da sesa es
Proposta de Programação da SESA/ES

SESA/GERA/Normalização

equipe da sesa respons vel
Equipe da SESA responsável
  • Superintendência;
  • Equipe da Normalização;
  • Equipe da urgência e emergência