Silêncio - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Silêncio PowerPoint Presentation
play fullscreen
1 / 106
Silêncio
116 Views
Download Presentation
porter
Download Presentation

Silêncio

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Corpos Cristi Silêncio

  2. Doutrina Cristã Quais são os principais mandamentos da Igreja? Os principais Mandamentos da Igreja são cinco: 1.º - Ouvir Missa inteira e abster-se de trabalhos servis aos Domingos e Festas de Guarda. 2.º - Confessar ao menos uma vez cada ano. 3.º - Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição. 4.º - Guardar abstinência e jejuar, nos dias determinados pela Igreja. 5.º - Contribuir para as despesas do culto e para a sustentação do clero, segundo os legítimos usos e costumes e as determinações da Igreja.

  3. Corpos Cristi Silêncio

  4. Entrada

  5. O Povo de Deus no deserto andava, Mas, à sua frente, alguém caminhava. O Povo de Deus era rico de nada, Só tinha a esperança e o pó da estrada. Também sou teu povo, Senhor, e estou nesta estrada Somente a tua graça me basta e mais nada. 2. O Povo de Deus também vacilava, Às vezes custava a crer no amor. O Povo de Deus chorando rezava, Pedia perdão e recomeçava.

  6. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.R.Amen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão do espírito santo estejam convosco. R:Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os santos mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

  7. Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões,(batendo no peito)por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.Ámen!

  8. Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

  9. Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Gloria a Deus, na terra e nos céus, Gloria, Gloria, Paz na Terra. Senhor Deus, Rei dos Céus, Deus Pai Todo-Poderoso, nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças, por Vossa imensa glória.

  10. Gloria a Deus, na terra e nos céus, Gloria, Gloria, Paz na Terra. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.

  11. Gloria a Deus, na terra e nos céus, Gloria, Gloria, Paz na Terra Só Vós sois o Santo; só Vós, sois o Senhor; só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Ámen! Aâ–Aâ –Aâ -Ámen!

  12. ORAÇÃO COLECTA Senhor Jesus Cristo, que neste admirável sacramento nos deixastes o memorial da vossa paixão, concedei-nos a graça de venerar de tal modo os mistérios do vosso Corpo e Sangue que sintamos continuamente os frutos da vossa redenção. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. Amém.

  13. 1ª Leitura Deut 8, 2-3.14b-16a

  14. LEITURA I Deut 8, 2-3.14b-16a Leitura do Livro do Deuteronómio Moisés falou ao povo, dizendo: «Recorda-te de todo o caminho que o Senhor teu Deus te fez percorrer durante quarenta anos no deserto, para te atribular e pôr à prova, a fim de conhecer o íntimo do teu coração e verificar se guardarias ou não os seus mandamentos. Atribulou-te e fez-te passar fome, mas deu-te a comer o maná que não conhecias nem teus pais haviam conhecido, para te fazer compreender que o homem não vive só de pão, mas de toda a palavra que sai da boca do Senhor. Não te esqueças do Senhor teu Deus, que te fez sair da terra do Egipto, da casa de escravidão, e te conduziu através do imenso e temível deserto, entre serpentes venenosas e escorpiões, terreno árido e sem águas. Foi Ele quem, da rocha dura, fez nascer água para ti e, no deserto, te deu a comer o maná, que teus pais não tinham conhecido». Palavra do Senhor. Graças a Deus

  15. LEITURA I Deut 8, 2-3.14b-16a Atribulou-te e fez-te passar fome, mas deu-te a comer o maná que não conhecias nem teus pais haviam conhecido, para te fazer compreender que o homem não vive só de pão, mas de toda a palavra que sai da boca do Senhor. Não te esqueças do Senhor teu Deus, que te fez sair da terra do Egipto, da casa de escravidão, e te conduziu através do imenso e temível deserto, entre serpentes venenosas e escorpiões, terreno árido e sem águas. Foi Ele quem, da rocha dura, fez nascer água para ti e, no deserto, te deu a comer o maná, que teus pais não tinham conhecido». Palavra do Senhor. Graças a Deus

  16. LEITURA I Deut 8, 2-3.14b-16a entre serpentes venenosas e escorpiões, terreno árido e sem águas. Foi Ele quem, da rocha dura, fez nascer água para ti e, no deserto, te deu a comer o maná, que teus pais não tinham conhecido». Palavra do Senhor. Graças a Deus

  17. Salmo

  18. Salmo 147, 12-13.14-15.19-20 Refrão: JERUSALEM LOUVA O TEU SENHOR

  19. 2ª Leitura 1 Cor 10, 16-17

  20. LEITURA II 1 Cor 10, 16-17 Leitura da Primeira Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios Irmãos: Não é o cálice de bênção que abençoamos a comunhão com o Sangue de Cristo? Não é o pão que partimos a comunhão com o Corpo de Cristo? Visto que há um só pão, nós, embora sejamos muitos, formamos um só corpo, porque participamos do mesmo pão. Palavra do Senhor. Graças a Deus

  21. Sequência Louva o teu pastor e guia

  22. SEQUÊNCIA Terra, exulta de alegria,Louva o teu pastor e guia,Com teus hinos, tua voz.Quanto possas tanto ouses,Em louvá-l’O não repouses:Sempre excede o teu louvor.

  23. SEQUÊNCIA Hoje a Igreja te convida:O pão vivo que dá vidaVem com ela celebrar.Este pão – que o mundo creia –Por Jesus na santa CeiaFoi entregue aos que escolheu.

  24. SEQUÊNCIA Eis o pão que os Anjos comemTransformado em pão do homem;Só os filhos o consomem:Não será lançado aos cães.Em sinais prefigurado,Por Abraão imolado,No cordeiro aos pais foi dado,No deserto foi maná.

  25. Bom pastor, pão da verdade,Tende de nós piedade,Conservai-nos na unidade,Extingui nossa orfandadeE conduzi-nos ao Pai.Aos mortais dando comida,Dais também o pão da vida:Que a família assim nutridaSeja um dia reunidaAos convivas lá do Céu.

  26. Aclamação A-ALE-LU-UIA, A-ALE-LU-UIA ( BIS ) Eu sou o pão vivo descido do Céu, Quem come este pão viverá eternamente. Refrão

  27. Evangelho

  28. EVANGELHO Jo 6, 51-58 O Senhor esteja convosco, Ele está no meio de Nós. Evangelho se nosso Senhor Jesus Cristo Segundo S. João Gloria a Vós, Senhor

  29. EVANGELHO Jo 6, 51-58 Naquele tempo, disse Jesus à multidão: «Eu sou o pão vivo descido do Céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que Eu hei-de dar é a minha Carne, que Eu darei pela vida do mundo». Os judeus discutiam entre si: «Como pode Ele dar-nos a sua Carne a comer?». Jesus disse-lhes: «Em verdade, em verdade vos digo: Se não comerdes a Carne do Filho do homem e não beberdes o seu Sangue, não tereis a vida em vós. Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue tem a vida eterna; e Eu o ressuscitarei no último dia. A minha Carne é verdadeira comida e o meu Sangue é verdadeira bebida. Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue permanece em mim e Eu nele. Assim como o Pai, que vive, Me enviou, e Eu vivo pelo Pai, também aquele que Me come viverá por Mim. Este é o pão que desceu do Céu; não é como aquele que os vossos pais comeram, e morreram; quem comer deste pão viverá eternamente». Palavra da salvação.

  30. EVANGELHO Jo 6, 51-58 não tereis a vida em vós. Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue tem a vida eterna; e Eu o ressuscitarei no último dia. A minha Carne é verdadeira comida e o meu Sangue é verdadeira bebida. Quem come a minha Carne e bebe o meu Sangue permanece em mim e Eu nele. Assim como o Pai, que vive, Me enviou, e Eu vivo pelo Pai, também aquele que Me come viverá por Mim. Este é o pão que desceu do Céu; não é como aquele que os vossos pais comeram, e morreram; quem comer deste pão viverá eternamente». Palavra da salvação.

  31. EVANGELHO Jo 6, 51-58 Este é o pão que desceu do Céu; não é como aquele que os vossos pais comeram, e morreram; quem comer deste pão viverá eternamente». Palavra da salvação. Gloria a Vós, Senhor.

  32. Homilia

  33. Melquisedec, rei de Salem abençoou Abrão e "ofereceu pão e vinho" (Gn.14,18). Ninguém sabe de onde ele vem, a onde foi. O Salmo 109 atribui ao Rei-Messias um singular carácter sacerdotal: "Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedec". Tomando o pão e o vinho nas adoráveis mãos Jesus pronunciou: "Este é o meu corpo, este é o meu sangue". Este ministério sacramental foi confiado aos Apóstolos e aos seus sucessores. Ainda passando dois mil anos eles, fiéis à recomendação do divino Mestre, não cessam de partir e de distribuir o Pão Eucarístico de geração em geração e “multiplicam” como os cinco pães e dois peixes que Jesus abençoou e entregou aos Apóstolos para distribuir. Em todo o tempo, em qualquer uma parte de mundo, há uma missa celebrada e elevada ao céu a lembrança dos vivos e dos mortos e por todas as necessidades do povo. A Igreja vive da Eucaristia. “Eu estarei sempre convosco, até o fim dos tempos” (Mt.28,20) disse Jesus. Para permanecer connosco, Ele escolheu duas formas: “Palavra da Escritura” e “Sagrada Eucaristia”. Na Ultima Ceia Jesus agarrou o pão, partiu-o e deu-o aos Seus discípulos. Segundo a Cristologia, estas três ações, “agarrar, partir e dar”, prefiguram o “agarrar” de Jesus no jardim de Getsémani, o “partir” do Seu Corpo durante a Paixão, e o “dar-Se” a Si próprio em sacrifício pelos pecados da humanidade. São João Maria Vianei gostava de dizer aos seus paroquianos: "Venham para a comunhão... É verdade que não somos dignos, mas precisamos". Acreditando nas palavras que Jesus pronunciou em Cafarnaum: "Eu sou o pão vivo, descido do céu; se alguém comer deste pão, viverá eternamente" (Jo.6, 51), inúmeros santos e mártires ganharam a força para resistir duras e prolongadas tribulações. “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado porque não acreditou no nome de Filho único de Deus” (Jo. 3, 18) Quem crê vem ao altar, deixa toda a sua angústia, volta a casa com alegria e conforto. Ele convida-nos “vinde a Mim todos os que andais cansados e oprimidos, Eu vos aliviarei”.O Senhor está no Sacrário à espera de nós.Dominic Tang YeeMing, o corajoso arcebispo Chinês, foi preso por 21 anos devido a sua lealdade a Cristo e a Sua Igreja, após longo confinamento solitário, um dia foi libertado por algumas horas com permissão de fazer o que quer. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  34. Este ministério sacramental foi confiado aos Apóstolos e aos seus sucessores. Ainda passando dois mil anos eles, fiéis à recomendação do divino Mestre, não cessam de partir e de distribuir o Pão Eucarístico de geração em geração e “multiplicam” como os cinco pães e dois peixes que Jesus abençoou e entregou aos Apóstolos para distribuir. Em todo o tempo, em qualquer uma parte de mundo, há uma missa celebrada e elevada ao céu a lembrança dos vivos e dos mortos e por todas as necessidades do povo. A Igreja vive da Eucaristia. “Eu estarei sempre convosco, até o fim dos tempos” (Mt.28,20) disse Jesus. Para permanecer connosco, Ele escolheu duas formas: “Palavra da Escritura” e “Sagrada Eucaristia”. Na Ultima Ceia Jesus agarrou o pão, partiu-o e deu-o aos Seus discípulos. Segundo a Cristologia, estas três ações, “agarrar, partir e dar”, prefiguram o “agarrar” de Jesus no jardim de Getsémani, o “partir” do Seu Corpo durante a Paixão, e o “dar-Se” a Si próprio em sacrifício pelos pecados da humanidade. São João Maria Vianei gostava de dizer aos seus paroquianos: "Venham para a comunhão... É verdade que não somos dignos, mas precisamos". Acreditando nas palavras que Jesus pronunciou em Cafarnaum: "Eu sou o pão vivo, descido do céu; se alguém comer deste pão, viverá eternamente" (Jo.6, 51), inúmeros santos e mártires ganharam a força para resistir duras e prolongadas tribulações. “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado porque não acreditou no nome de Filho único de Deus” (Jo. 3, 18) Quem crê vem ao altar, deixa toda a sua angústia, volta a casa com alegria e conforto. Ele convida-nos “vinde a Mim todos os que andais cansados e oprimidos, Eu vos aliviarei”.O Senhor está no Sacrário à espera de nós.Dominic Tang YeeMing, o corajoso arcebispo Chinês, foi preso por 21 anos devido a sua lealdade a Cristo e a Sua Igreja, após longo confinamento solitário, um dia foi libertado por algumas horas com permissão de fazer o que quer. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  35. há uma missa celebrada e elevada ao céu a lembrança dos vivos e dos mortos e por todas as necessidades do povo. A Igreja vive da Eucaristia. “Eu estarei sempre convosco, até o fim dos tempos” (Mt.28,20) disse Jesus. Para permanecer connosco, Ele escolheu duas formas: “Palavra da Escritura” e “Sagrada Eucaristia”. Na Ultima Ceia Jesus agarrou o pão, partiu-o e deu-o aos Seus discípulos. Segundo a Cristologia, estas três ações, “agarrar, partir e dar”, prefiguram o “agarrar” de Jesus no jardim de Getsémani, o “partir” do Seu Corpo durante a Paixão, e o “dar-Se” a Si próprio em sacrifício pelos pecados da humanidade. São João Maria Vianei gostava de dizer aos seus paroquianos: "Venham para a comunhão... É verdade que não somos dignos, mas precisamos". Acreditando nas palavras que Jesus pronunciou em Cafarnaum: "Eu sou o pão vivo, descido do céu; se alguém comer deste pão, viverá eternamente" (Jo.6, 51), inúmeros santos e mártires ganharam a força para resistir duras e prolongadas tribulações. “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado porque não acreditou no nome de Filho único de Deus” (Jo. 3, 18) Quem crê vem ao altar, deixa toda a sua angústia, volta a casa com alegria e conforto. Ele convida-nos “vinde a Mim todos os que andais cansados e oprimidos, Eu vos aliviarei”.O Senhor está no Sacrário à espera de nós.Dominic Tang YeeMing, o corajoso arcebispo Chinês, foi preso por 21 anos devido a sua lealdade a Cristo e a Sua Igreja, após longo confinamento solitário, um dia foi libertado por algumas horas com permissão de fazer o que quer. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  36. Segundo a Cristologia, estas três ações, “agarrar, partir e dar”, prefiguram o “agarrar” de Jesus no jardim de Getsémani, o “partir” do Seu Corpo durante a Paixão, e o “dar-Se” a Si próprio em sacrifício pelos pecados da humanidade. São João Maria Vianei gostava de dizer aos seus paroquianos: "Venham para a comunhão... É verdade que não somos dignos, mas precisamos". Acreditando nas palavras que Jesus pronunciou em Cafarnaum: "Eu sou o pão vivo, descido do céu; se alguém comer deste pão, viverá eternamente" (Jo.6, 51), inúmeros santos e mártires ganharam a força para resistir duras e prolongadas tribulações. “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado porque não acreditou no nome de Filho único de Deus” (Jo. 3, 18) Quem crê vem ao altar, deixa toda a sua angústia, volta a casa com alegria e conforto. Ele convida-nos “vinde a Mim todos os que andais cansados e oprimidos, Eu vos aliviarei”.O Senhor está no Sacrário à espera de nós.Dominic Tang YeeMing, o corajoso arcebispo Chinês, foi preso por 21 anos devido a sua lealdade a Cristo e a Sua Igreja, após longo confinamento solitário, um dia foi libertado por algumas horas com permissão de fazer o que quer. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  37. Acreditando nas palavras que Jesus pronunciou em Cafarnaum: "Eu sou o pão vivo, descido do céu; se alguém comer deste pão, viverá eternamente" (Jo.6, 51), inúmeros santos e mártires ganharam a força para resistir duras e prolongadas tribulações. “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado porque não acreditou no nome de Filho único de Deus” (Jo. 3, 18) Quem crê vem ao altar, deixa toda a sua angústia, volta a casa com alegria e conforto. Ele convida-nos “vinde a Mim todos os que andais cansados e oprimidos, Eu vos aliviarei”.O Senhor está no Sacrário à espera de nós.Dominic Tang YeeMing, o corajoso arcebispo Chinês, foi preso por 21 anos devido a sua lealdade a Cristo e a Sua Igreja, após longo confinamento solitário, um dia foi libertado por algumas horas com permissão de fazer o que quer. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  38. deixa toda a sua angústia, volta a casa com alegria e conforto. Ele convida-nos “vinde a Mim todos os que andais cansados e oprimidos, Eu vos aliviarei”. O Senhor está no Sacrário à espera de nós. DominicTang YeeMing, o corajoso arcebispo Chinês, foi preso por 21 anos devido a sua lealdade a Cristo e a Sua Igreja, após longo confinamento solitário, um dia foi libertado por algumas horas com permissão de fazer o que quer. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  39. A única coisa ele pediu foi a permissão de celebrar a Santa Missa. Qual é a nossa atitude á santa missa? Temos igrejas, sacerdotes e missas mas escolhemos não ir. Nalgumas partes de mundo não há liberdade religiosa, nem igrejas mas os sacerdotes celebram missa escondidos e os fiéis, apesar do medo da pena de morte, participam corajosamente na santa missa. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  40. Recebendo a Sagrada Comunhão nós tornamo-nos, como Santa Maria, portadores de Cristo. Temos de ser merecedores para O receber. Para isso temos de nos preparar devidamente. São Paulo corrige os Coríntios quando viu conduta indigna na Eucaristia. “Todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria.

  41. Aquele que come e bebe, sem distinguir o corpo do Senhor, come e bebe a sua própria condenação (1 Cor. 11: 27-28). Temos a maior dádiva do céu, a Santa Eucaristia. Vamos participar com alegria. Assim Seja!

  42. Meditação

  43. Credo

  44. Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra De todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação

  45. desceu dos céus (Faz-se inclinação) E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai.

  46. De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas.

  47. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo Para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Amém.

  48. Oração Universal

  49. Irmãs e irmãos: Elevemos a nossa oração comum a Deus Pai, para que o Corpo e o Sangue de Cristo sejam o penhor da salvação do mundo inteiro, dizendo cheios de fé: Ouvi-nos, Senhor. Pelas Igrejas de todo o mundo, que celebram o mistério da Eucaristia em memória de Jesus, como Ele mandou fazer, oremos, irmãos. Ouvi-nos, Senhor.

  50. Pelos bispos, presbíteros e diáconos da Igreja, que distribuem aos fiéis o pão do Céu, e pelos cristãos que o recebem e dele vivem, oremos, irmãos. Ouvi-nos, Senhor. Pelos povos que não têm os bens de que precisam, pelas organizações que socorrem os mais pobres e pelos responsáveis pela economia mundial, oremos, irmãos. Ouvi-nos, Senhor.