revitaliza o ambiental educa o ambiental e uso e re so da gua n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PROJETO DE REVITALIZAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DOS CÓRREGOS CEDRO E CEDRINHO. PowerPoint Presentation
Download Presentation
PROJETO DE REVITALIZAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DOS CÓRREGOS CEDRO E CEDRINHO.

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 14

PROJETO DE REVITALIZAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DOS CÓRREGOS CEDRO E CEDRINHO. - PowerPoint PPT Presentation


  • 116 Views
  • Uploaded on

REVITALIZAÇÃO AMBIENTAL, EDUCAÇÃO AMBIENTAL E USO E REÚSO DA ÁGUA. PROJETO DE REVITALIZAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DOS CÓRREGOS CEDRO E CEDRINHO. Conceito de Educação Ambiental.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'PROJETO DE REVITALIZAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DOS CÓRREGOS CEDRO E CEDRINHO.' - penny


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
conceito de educa o ambiental
Conceito de Educação Ambiental
  • A ciência ambiental, tanto no nível da reflexão quanto da prática empírica, é elevada à condição de referência para uma revisão das relações dos humanos consigo mesmos, das relações com os outros, e do meio ambiente físico propriamente dito. (Guattari, 1990)
  • Ecologias: Mental / Social / Física.
por que da escolha
POR QUE DA ESCOLHA?

A eleição da Bacia Hidrográfica do CÓRREGO CEDRO, como projeto piloto para educação ambiental se deve à sua importância e condição de manancial para abastecimento público, logo protegido pela Lei Estadual nº. 9.866, de 28 de Novembro de 1997, atinge um território a ser alvo de recuperação ambiental de Área de Preservação Pernamente com 3.190,51 hectares. Destaca-se ainda, por sua importância sócio-econômica para a região, uma vez que por décadas foi responsável pelo abastecimento público de Presidente Prudente, e faz parte integrante da área prevista para recuperação pelo PLANO DE BACIAS DO CBH-PP.

justificativa
JUSTIFICATIVA

As áreas do Alto Curso do Rio Santo Anastácio bem como seu curso até a foz com o rio Paraná, está praticamente desprovida de vegetação natural e o uso do solo da bacia tem como finalidade a pastagem, no entanto observa-se a expansão da malha urbana na região e este manancial recebe uma grande carga de popuentes provenientes das áreas urbanas e rurais.

munic pios de a o do projeto de 2009 a 2010
Municípios de ação do Projeto de 2009 a 2010

Presidente Prudente;

Regente Feijó;

Presidente Bernardes;

Santo Anastácio

Presidente Venceslau;

Caiuá;

Presidente Epitácio

proposta de atua o com educa o ambiental na bacia hidrogr fica do rio santo anast cio
PROPOSTA DE ATUAÇÃO COM EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO SANTO ANASTÁCIO

Adequar a exploração da terra à capacidade de seu uso do solo,

Prevenir e controlar processos erosivos através de prática e vegetativas,

Preservar matas remanescentes e estimular o processo de recuperação,

Estimular práticas sustentáveis do uso dos recursos naturais,

Implantar matas ciliares a as de interesse ambiental para a proteção de mananciais com auxílio da comunidade,

Formação de gestores ambientais;

Demais atividades estão contempladas na proposta de ações.

proposta de atua o para a recupera o da bacia
PROPOSTA DE ATUAÇÃO PARA A RECUPERAÇÃO DA BACIA

Para a realização desta proposta, será necessário executar os trabalhos na área de influência da Bacia Hidrográfica do rio Santo Anastácio, ou seja, para uma área total de 3.190,51 hectares com início do programa de educação ambiental seguido de recuperação das APP, terraceamentos e adequação de estradas rurais, finalização dos planos de macrodrenagem, até tornar estas áreas em APRM.

objetivos t cnicos espec ficos
Objetivos Técnicos Específicos

Implementação de programas de recuperação e conservação do solo e da água, por meio de práticas conservacionistas com as populações urbanas e rural;

Criação de uma campanha com revistas e figurinhas / colantes para ação com a comunidade estudantil até a sexta série do ensino fundamental;

Plantio das mudas florestais nas margens dos córregos;

Acompanhamento do desenvolvimento das mudas até atingirem três anos de idade, bem como o seu monitoramento;

Fornecer aos alunos Universitários e Técnicos a oportunidade de realização de estágios;

Monitoramento ambiental e conservacionistas dos trabalhos de campo a serem realizados.

metodologia empregada
Metodologia Empregada

Organizar calendário de eventos das principais datas comemorativas: dia mundial da água, meio ambiente, semana do agricultor, dia Interamericano da água etc...;

Reproduzir e distribuir, Cartilha: Meio Ambiente Direito e Cidadania; Cartilha: Água nossa de cada dia; confecção e reprodução de Cartilhas;

Preparar cursos aos alunos de direito, agronomia, engenharia ambiental, meio ambiente, turismo, geografia e graduações afins, para formação de monitores na divulgação da Cartilha: Meio Ambiente Direito e Cidadania; Organizar e confeccionar Cartilha,.

Desenvolver programas de educação ambiental aos moradores, sobre legislação, uso dos produtos poluentes, área de preservação permanente, queimada, uso adequado do solo, informações sobre disposição do lixo tóxico e doméstico; incentivo e orientação e capacitação de agricultores localizados nas áreas de intervenção do projeto, para a prática do cooperativismo e associativismo, produção orgânica; desenvolvimento econômico sustentado;

a es de agosto a dezembro de 2010
AÇÕES DE AGOSTO A DEZEMBRO DE 2010
  • Plantios TAC E TCRA:
  • Empresas Reflorestamento 36.000 MUDAS
  • D.E.R. 10.000 MUDAS
  • SEMEA 3.000 MUDAS
  • MATERIAL SABESP
  • RECURSOS MINISTÉRIO PÚBLICO
  • CERCAMENTO ÁREA 3
  • Campanha Educação Ambiental R$ 184.000,00 reais.
slide13
PARCERIAS NAS ATIVIDADES DO PROJETO DE RECUPERAÇÃO DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS CÓRREGOS DO CEDRO E CEDRINHO

PROPONENTES:

ROTARY CLUBS DE PRUDENTE

Parceiros:

SABESP;

UNIESP;

Município de Presidente Prudente – Secretaria de Meio Ambiente e Turismo e Secretaria de Educação;

Fehidro: Fundo Estadual de Recursos Hídricos, através do Comitê da Bacia Hidrográfica do Pontal do Paranapanema;

Comitê de Bacias Hidrográficas do Pontal do Paranapanema;

Sociedade Civil;

Promotoria de Meio Ambiente do Pontal do Paranapanema

contato com a equipe t cnica do projeto
Contato com a Equipe Técnica do Projeto

Professor: Pedro Sérgio Mora Filho

E-mail: pedro.mora@uniesp.edu.br

Site:http://prudente.uniesp.edu.br/projetoambiental

Telefones – (18) 39184700 ramal 163