Processo de interiorização do território brasileiro - PowerPoint PPT Presentation

noleta
processo de interioriza o do territ rio brasileiro n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Processo de interiorização do território brasileiro PowerPoint Presentation
Download Presentation
Processo de interiorização do território brasileiro

play fullscreen
1 / 11
Download Presentation
Processo de interiorização do território brasileiro
248 Views
Download Presentation

Processo de interiorização do território brasileiro

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Processo de interiorização do território brasileiro Historiativanet.wordpress.com

  2. Processo de ocupação do território Processo de colonização, inicialmente, concentrado no litoral, principalmente no Nordeste onde a economia açucareira aos poucos se desenvolveu.

  3. Mapa da economia colonial século XVII Diversificação da economia colonial com o desenvolvimento de atividades como a pecuária e a extração das drogas do sertão, que acabaram se tornando fundamentais para o processo de interiorização

  4. Atividades econômicas Drogas do Sertão Pecuária • As drogas do sertão, eram especiarias exploradas no Vale Amazônico, com importante participação jesuítica e utilização de mão de obra compulsória indígena • A pecuária foi uma produção complementar muito importante no Brasil. Inicialmente o gado era utilizado como transporte e tração, mas com o passar do tempo o couro passou a ser um importante produto oriundo da pecuária, além do charque produzido a partir do século XVII. • Destaca-se o predomínio de mão de obra livre

  5. Bandeirantismo • No fim do século XVII e inicio do XVIII é iniciado no Brasil um processo de alargamento de suas fronteiras com o objetivo de dominar e exterminar os indígenas e as missões dos jesuítas espanhóis, mapeamento do território brasileiro, mineração de ouro e esmeraldas além de outros metais e pedras preciosas, e obtenção de mão-de-obra escrava Imagem de Borba Gato, um dos bandeirantes mais famosos do período colonial

  6. Bandeirantismo A importância dos bandeirantes no processo de interiorização do território

  7. Bandeirantismo Entradas Bandeiras de Preação • Eram financiadas por particulares interessados na captura e escravização indígena. Atacavam reduções jesuíticas, que acabaram adentrando o território para escapar das perseguições bandeirantes. • Destaca-se a atuação de Domingos Jorge Velho, responsável pela destruição do quilombo de Palmares • Grande parte do território brasileiro era ainda desconhecido: neste período, portanto, as terras ignotas possuíam, para o colonizador, uma aura de mistério que os levava a crer nas grandes riquezas em fontes perenes de metais preciosos ainda não exploradas. Assim nascem as entradas, tendo por objetivos a busca do ouro e o combate e a captura aos "selvagens hostis".

  8. Bandeiras • São Paulo foi o grande centro irradiador das Bandeiras. • Enquanto as primeiras Entradas possuíam por característica o recrutamento de uma gente aventureira, sem compromissos oficiais, as primeiras Bandeiras foram oficialmente organizadas pelo Governador-geral D. Francisco de Sousa

  9. Principais bandeirantes • Raposo Tavares: Somado todo o território explorado por esse homem, chegamos ao espantoso resultado de 10 mil quilômetros. Sendo um pioneiro na consolidação da exploração do espaço amazônico. • Fernão Dias, Garcia Pais e Borba Gato: Foram responsáveis pela descoberta das minas gerais. Fernão Dias iniciou a empreitada mas morreu sem concretizá-la. Seu filho Garcia Pais e seu genro Borba Gato conseguiram, enfim, chegar até às minas.

  10. Características dos bandeirantes • Eram, normalmente, mestiços que aventuravam-se no interior do território. Alguns fizeram grandes fortunas, outros morreram esquecidos pela história. • Os bandeirantes podem ser vistos como heróis, por terem conquistado terras, ouro e aprofundando os limites territoriais. No entanto, correntes historiográficas mais recentes criticam esses homens pelo excesso de violência utilizada em suas missões, além da dizimação de milhares de indígenas

  11. Tratado de Madri (1750) Por este tratado Portugal foi obrigado a ceder a Colônia do Sacramento ao estuário da Prata, mas em compensação recebeu os atuais estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o atual Mato Grosso do Sul, a gigantesca área que ficava no alto Paraguai e mais algumas extensões de terras abandonadas, também adquiridas através de negociações.