cabe a e pesco o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CABEÇA E PESCOÇO PowerPoint Presentation
Download Presentation
CABEÇA E PESCOÇO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 42

CABEÇA E PESCOÇO - PowerPoint PPT Presentation


  • 277 Views
  • Uploaded on

CABEÇA E PESCOÇO. EXAME FÍSICO. CABEÇA. Tamanho: Macrocefalia : Crânio anormalmente grande. (p. ex : hidrocefalia) Microcefalia : anormalmente pequeno. ( p.ex : toxoplasmose congênita). CABEÇA. CABEÇA. Forma: derivadas da cranioestenose Acrocefalia : cabeça alongada, pontuda.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'CABEÇA E PESCOÇO' - nedaa


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
cabe a e pesco o

CABEÇA E PESCOÇO

EXAME FÍSICO

cabe a
CABEÇA

Tamanho:

Macrocefalia: Crânio anormalmente grande.

(p. ex: hidrocefalia)

Microcefalia: anormalmente pequeno.

(p.ex: toxoplasmose congênita)

cabe a2
CABEÇA

Forma: derivadas da cranioestenose

Acrocefalia: cabeça alongada, pontuda.

Escafocefalia: levantamento da parte mediana do crânio.

Dolicocefalia: aumento do diâmetro ântero-posterior.

Braquicefalia: aumento do diâmetro transverso.

cabe a3
CABEÇA

Posição:

- Torcicolo: Inclinação lateral da cabeça

Movimento:

- Mais frequentes são TIQUES

- TREMORES

- COREIA

cabe a4
CABEÇA

MOVIMENTOS:

Sinal de MUSSET: Movimento involuntário da cabeça com as pulsações encontrado na insuficiência aórtica severa.

cabe a5
CABEÇA

Superfície e couro cabeludo: inspeção e palpação.

Exame geral da face: simetria, expressão fisionômica ou mímica facial, pele e pelos.

cabe a6
CABEÇA

Olhos: olhos são de extraordinário valor semiológico.

PÁLPEBRAS: Edemas, retração, epicanto, ectrópio, entrópio, equimose, xantelasma.

- ptose palpebral uni- bilateral (lesão do III par, Sínd. Claude-Bernard-Horner e Miastenia Gravis)

- lagoftalmo – sinal de Bell – (Paralisia Facial periférica)

cabe a9
CABEÇA

Globos oculares:

EXOFTALMIA: Unilateral – tumor retroocular

Bilateral – Hipertireoidismo

ENOFTALMIA: Globo ocular afundado – Desidratação, S.C.B.H.

cabe a10
CABEÇA

Desvios: Estrabismos – Divergentes: paralisia do reto medial / III par).

- Convergente: paralisia do reto lateral / IV par).

Movimentos involuntários: Nistagmo

cabe a11
CABEÇA

Conjuntivas: Róseas, rede vascular levemente desenhada.

- Hipocorada: anemias

- Hiperemiadas: conjuntivites.

- Amareladas: icterícia.

cabe a12
CABEÇA

Hiperemia é uma condição muito comum, tendo diferentes causas: traumatismos, infecções, alergias e glaucoma.

cabe a13
CABEÇA

Esclerótica, córnea e cristalino

Procurar alterações da cor: icterícia, arco senil, anel de Kayser-Fleischer.

Não confundir icterícia com coloração amarelada na esclerótica das pessoas de cor negra.

As cataratas: opacificação do cristalino

Pterígio: espessamento triangular da conjuntiva bulbar que cresce na superfície externa da córnea.

cabe a15
CABEÇA

PUPILAS:

FORMA: arredondadas ou levemente ovaladas.

LOCALIZAÇÃO: Centrais

TAMANHO: MIDRÍASE – dilatação

MIOSE - contração

ANISOCORIA: tamanhos diferentes

ISOCORIA: tamanhos iguais

cabe a17
CABEÇA

PUPILAS:

REFLEXOS FOTOMOTOR: Direto

Consensual.

acomodação-convergência

cabe a18
CABEÇA

EXAME DO NARIZ:

Observar forma, deformidades e lesões (p. exRinofima)

- Hipertrofia: acromegalia e mixedema

- Nariz em sela: sífilis congênita.

- Lesões neoplásicas e inflamatórias: Blastomicose e hanseníase

cabe a20
CABEÇA

Exame dos lábios:

Labios leporino: anomalia congênita mais frequente.

Observar: edema, herpes labial, lesões ulceradas (blastomicose, leishmaniose)

Queilite: lesão inflamatória das comissuras labiais.

cabe a22
CABEÇA

Mucosa Oral: róseo-avermelhada.

Estomatite: estomatite aftosa ou afta.

Em crianças é comum achar a estomatite por monilíase

Existem outras formas de estomatites, tais como tuberculosa, sifilítica e herpética.

cabe a24
CABEÇA

Mucosa oral:

Manchas de Koplik: minúsculas manchas brancas circundadas por uma aréola vermelha – Sarampo.

Líquem plano: lesões brancas, indolores.

Leucoplasias: placas brancas, indolores e são lesões pré-cancerosas.

cabe a26
CABEÇA

Língua:

- Língua Saburrosa: acúmulo de substância branco-acinzentada. Higiene oral precária, desidratação, tabagistas ou mesmo em pessoas normais ao acordar.

- Língua Seca: ocorre em estado de desidratação, respiradores bucais, uso de medicamentos (Antidepressivos tricíclicos)

cabe a27
CABEÇA

Língua lisa: atrofia das papilas – anemias

Língua pilosa: papilas filiforme alongadas. Causas desconhecidas.

Línguas de framboesa: Vermelho-brilhante – escarlatina

Língua geográfica: desprovidas de significado clinico.

cabe a28
CABEÇA

Língua:

Macroglossia: aumento global da língua – hipotireoidismo, acromegalia e amiloidose.

Desvio da língua da linha mediana: lesão de hipoglosso ou hemiparesias.

Glossites: inflamação generalizada da língua.

cabe a29
CABEÇA

Dentes:

- Dentes de Hutchinson: incisivos laterais superiores com perda do Ângulo, ficando com forma de chaves de fenda e molares com as faces oclusais em forma de amoras – sífilis congênitas.

cabe a30
CABEÇA

Exame Otorrinolaringológico

- Orofaringoscopia

- Rinoscopia

- Otoscopia

cabe a31
CABEÇA

DOENÇAS MAIS COMUNS

Amigdalite Aguda: infecção das amigdalas, causada na maioria das vezes por estreptococos Beta-hemolítico, porém outros germes incluindo vírus podem ser responsáveis.

cabe a32
CABEÇA

Rinite catarral aguda: infecção que acomete as fossas nasais e se caracteriza por congestão das mucosas. É causada por vírus, pneumococos, hemófilos, estafilococos e estreptococos.

cabe a33
CABEÇA

Sinusite Aguda: Prolongamento da infecção nasal às cavidades anexas (seios da face).

Otite média aguda: infecção do ouvido médio, geralmente secundária a uma infecção das vias aéreas superiores.

cabe a34
CABEÇA

Laringite: processo inflamatório da laringe cujos sintomas mais frequentes são tosse com secreção e rouquidão.

pesco o
Pescoço

Pele

Forma e volume

- avaliar linfonodos ou gânglios linfáticos

- Tireoide

pesco o1
Pescoço

Turgência de Jugular

Grande importância prática no diagnóstico da hipertensão venosa , um dos sinais de insuficiência ventricular direita.

pesco a
PESCOÇA

EXAME DA TIREÓIDE

Pode-se usar três manobras:

1) Abordagem posterior

2) Abordagem Anterior I

3) Abordagem Anterior II

pesco o2
Pescoço

Avaliar:

A) volume

B) Consistência

C) Mobilidade

D) Superfície

E) Temperatura

F) Presença de frêmito ou sopro

G) Sensibilidade

pesco o3
Pescoço

As pessoas normais podem ter tireoide palpável ou impalpável. Quando palpável, é lisa, elástica, móvel, indolor, com temperatura normal e ausência de frêmito.