TEOLOGIA DO SACRAMENTO DO BATISMO - PowerPoint PPT Presentation

nasim-wong
teologia do sacramento do batismo n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
TEOLOGIA DO SACRAMENTO DO BATISMO PowerPoint Presentation
Download Presentation
TEOLOGIA DO SACRAMENTO DO BATISMO

play fullscreen
1 / 18
Download Presentation
TEOLOGIA DO SACRAMENTO DO BATISMO
1263 Views
Download Presentation

TEOLOGIA DO SACRAMENTO DO BATISMO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. TEOLOGIA DO SACRAMENTO DO BATISMO FARROUPILHA, 8 de Março de 2014 Diocese de Montenegro

  2. Esquema geral da palestra: 1. Recapitular: o que é sacramento? 2. A Iniciação à Vida Cristã 3. Os nomes do Sacramento 4. Quem pode ser batizado? 5. A necessidade do Batismo a. Batismo das crianças b. Pecado Original 6. A Graça (efeitos) do Batismo

  3. 1. O que é sacramento? • Sacramentos universais: • Cristo, sacramento do Pai. • Igreja, sacramento de Cristo. • Sete sacramentos, sacramentos da Igreja.

  4. Quatro elementos: • algo sensível; • sinal de outra realidade; • ter sido instituído por Jesus Cristo; • ter eficácia para produzir a graça.

  5. Os Sacramentos são a continuação, até o fim dos tempos, das mesmas ações salvíficas realizadas pelo Senhor durante a sua vida terrena.

  6. 2. A iniciação à vida cristã • Processo através do qual uma pessoa se torna cristã. • Com o Batismo, a Crisma e a Eucaristia participamos intensamente do Mistério Pascal de Cristo, vivido na Comunidade Igreja.

  7. 3. Os nomes do sacramento • Batismo: baptizein– mergulhar. Mergulho: sepultamento na morte de Cristo, da qual ele ressuscita como nova criatura (2Cor 5,17; Gl 6,15). • Banho da regeneração. • Iluminação: somos iluminados com a luz verdadeira, nos tornamos filhos da luz e passamos a ser luz. • Dom: recebemos sem merecê-lo. • Graça: culpados o recebem.

  8. São Gregório nazianzeno • “O Batismo é o mais belo e mais magnífico dom de Deus. (...) Dom, porque é conferido àqueles que nada trazem; graça, porque é dado até a culpados; Batismo, porque o pecado é sepultado na água; unção, porque é sagrado e régio (tais são os que são ungidos); iluminação, porque é luz resplandecente; veste, porque cobre a nossa vergonha; banho, porque lava; selo, porque nos guarda e é o sinal do senhorio de Deus”.

  9. 4. Quem pode ser batizado? • Toda pessoa ainda não batizada. • No início da Igreja, apenas adultos eram batizados. • Catecumenato.

  10. 5. A NECESSIDADE DO BATISMO • Jo 3, 5 • Mt 28, 19-20 • É necessário para a salvação daqueles aos quais o Evangelho foi anunciado e que tiveram a possibilidade de pedir esse sacramento.

  11. A Igreja não conhece outro meio para salvar-se. • Deus ligou a salvação ao sacramento do batismo, mas ele mesmo não está ligado (preso) aos seus sacramentos. • Toda pessoa que, desconhecendo o Evangelho de Cristo e a Igreja, procura a verdade e pratica a vontade de Deus segundo o seu conhecimento, pode ser salva por Deus. • Crianças mortas sem o batismo: confiadas à misericórdia de Deus.

  12. POR QUE BATIZAR CRIANÇAS? • PECADO ORIGINAL • Como uma criança pode tê-lo, sem o ter cometido? • É uma situação de privação da graça, herdada dos pais. • O pecado original é a tendência natural de afastar-nos do mal. • Exemplo: pinhão

  13. PECADO ORIGINAL • Estado Original: ser humano em intimidade e comunhão com Deus. • Adão e Eva: não aceitaram ter uma liberdade condicional. Diante do outro (planta, animal, pessoa, Deus) temos limites. • Após o Batismo, permanece a concupiscência, que não é pecado, mas tendência, inclinação da liberdade, espaço da luta entre o bem e o mal.

  14. O BATISMO DE CRIANÇAS • O batismo é o sacramento da fé. Não precisa ser uma fé madura, mas um começo de fé, que vamos ajudar a desenvolver: • Pais; • Padrinhos; • Comunidade cristã.

  15. 6. A GRAÇA (efeitos) DO BATISMO • REMISSÃO DOS PECADOS • Todos os pecados são perdoados: original e pessoais. • Permanece a concupiscência: tendência ao pecado, vontade enfraquecida. • UMA CRIATUARA NOVA • 2Cor 5, 17 – nova criatura • 2Pd 1,4 – participantes da natureza divina • Rm 8, 17 – membros de Cristo e co-herdeiros • 1Cor 6,19 – templos do Espírito Santo

  16. Incorporados à Igreja, Corpo de Cristo • O Batismo nos faz membros do Corpo de Cristo. • Incorpora à Igreja. • Somos batizados na fé da Igreja, não na nossa. • Deixa uma marca indelével, imprime caráter.

  17. Cristo assumiu a natureza humana. • Venceu a morte e ressuscitou. • Pelo Espírito Santo une a si as pessoas humanas. • Formam elas com Ele um corpo, do qual Ele é a cabeça. • Os sacramentos nos introduzem e nos mantêm unidos a este corpo.

  18. Banhados em Cristo, somos u’a nova criatura, as coisas antigas já se passaram, somos nascidos de novo!