Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O curso PowerPoint Presentation

O curso

121 Views Download Presentation
Download Presentation

O curso

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. O curso Os obstáculos estão carregados de oportunidades

  2. O curso • A proposta do Criação Audiovisual consiste em oferecer capacitação profissional intensiva em todos os módulos inerentes aos processos cinematográficos: • Roteiro • Produção • Direção • Fotografia / Iluminação / Som • Edição • Empreendedorismo • Sustentabilidade

  3. O curso Foi elaborado um plano pedagógico conjunto entre coordenação e professores selecionados para garantir um aprendizado efetivo e um índice de aproveitamento satisfatório. Houve uma preocupação constante em mesclar teoria e prática para despertar e manter o interesse dos participantes. Os alunos contaram com total suporte teórico /técnico para desenvolvimento das atividades, como apostilas e equipamentos tecnológicos última geração. Para fixação de aprendizado foi definida carga de 168 horas. As aulas aconteceram de segunda a sexta-feira das 08h30 às 12h30.

  4. O curso O curso foi aplicado na comunidade do Campo Limpo, Zona Sul de São Paulo, retratada na mídia como área de grande vulnerabilidade social. Foi firmado convênio com o projeto Arrastão, ONG que atua na região há mais de 40 anos, e que tem grande tradição no ensino de jovens em situação de risco. Dada a parceria, foi possível organizar duas turmas: Turma 1 – 19/10 a 16/12 de 2009 Turma 2 – 22/03 a 03/07 de 2010

  5. Os Escolhidos • Em parceria com a área social / pedagógica do projeto Arrastão, foram selecionados 20 jovens da comunidade do Campo Limpo e entorno para cada turma. • Turma 1 - 19/10 a 16/12 de 2009 • A classe foi formada, predominantemente, pelo gênero masculino • e a faixa etária variou entre 13 e 24 anos. • De toda a turma, apenas um aluno já tinha contato acadêmico • com o audiovisual. Outros dois somavam experiências • de oficinas paralelas. • Para escolha dos participantes foram considerados os seguintes • quesitos: • Residência no bairro ou entorno • Afinidade com a área audiovisual • Desejo de aprender e criar

  6. Os Escolhidos • Turma 2 - 22/03 a 03/07 de 2010 • A classe foi formada de maneira mista, e, novamente a faixa etária variou entre 13 e 24 anos. • Para escolha dos participantes foram considerados os seguintes • quesitos: • Residência no bairro ou entorno • Afinidade com a área audiovisual • Desejo de aprender e criar

  7. Site Com o intuito de gerar conteúdo de consulta e reforço de aulas, bem como uma rede de informações entre os próprios alunos, foi criado o site Criação Audiovisual. A página contempla textos, fotos e vídeos, uma vez que todas as aulas foram documentadas por cinegrafista exclusivo. Mais referências em: www.criacaoaudiovisual.com.br

  8. site 1˚versão

  9. site 1˚versão

  10. Novo site

  11. Novo site

  12. Oficinas Roteiro: 30 horas As turmas foram divididas em grupos para desenvolvimento de 01 (um) roteiro cada sobre os temas “Qualidade de vida no Campo Limpo” (Turma 01) e Sustentabilidade (Turma 02). Nas aulas que seguiram foram passadas as especificações técnicas, tipos de roteiro, nomenclaturas e técnicas de escrita.

  13. Oficinas Produção: 36 horas Nesta etapa os jovens colocaram em prática o roteiro que prepararam no módulo anterior. O conteúdo programado continha noções avançadas de organização, orçamento, planilhas e cartas de produção, autorizações de imagem, agendamento de entrevistas e locações.

  14. Oficinas

  15. Oficinas

  16. Oficinas

  17. Oficinas Direção: 30 horas Com o roteiro e a produção em andamento, os alunos aprenderam a manter o controle do projeto cinematográfico, do ponto de vista técnico e artístico. No conteúdo, como organizar um set, a alma do projeto, direção de atores e direção de cena.

  18. Oficinas

  19. Oficinas

  20. Ação Para execução dos trabalhos, foramutilizadososseguintesequipamentos: 3 câmerasprofissionais Panasonic AG70, HD e memóriaemcartão 3 Tripésparacâmera 3 Kits de Iluminaçãoprofissionalcompletos 3 microfones de mãoparaentrevistasexternas 3 microfonesdirecionaisparaentrevistas e gravação de somambiente 3 computadores Macintosh equipados com software Final Cut paraedição e finalização 4 Notebooks Sony Vaioequipados com software Adobe Premiere Fones de ouvido Fitas Mini DV DVD’s, CD’s e outrasmídias Material escolar: canetas, lápis, borrachas e cadernos

  21. Oficinas Fotografia / IluminaCão / Som: 36 horas Noções de composição visual da cena, luz frontal, de preenchimento e recorte, captação de áudio em microfones de mão, lapela e direcional. Sendo 90% prático, os filmes planejados nos módulos anteriores começam a sair do papel.

  22. Oficinas EDIÇÃO: 30 horas Os alunos tiveram contato com a mais alta tecnologia ao utilizar computadores Macintosh e Notebooks Sony Vaio para finalização dos trabalhos nos programas Final Cut e Adobe Premiere.

  23. Oficinas EMPREENDEDORISMO Conteúdo teórico-prático ministrado por Jorge Martins Muzy, idealizador do projeto, abrangendo os conceitos do empreendedorismo, a importância da iniciativa no cenário mercadológico atual e as oportunidades oferecidas pelas Leis de Incentivo.

  24. Oficinas SUSTENTABILIDADE Esclarecimentos sobre este tema atual e de grande importância, oferecendo aos participantes ferramentas para desmitificação do termo como algo puramente ligado a preservação do meio ambiente.

  25. Edição

  26. Edição

  27. Edição

  28. Edição

  29. Resultados • Para os participantes do projeto Criação Audiovisual foi possível: • * Receber capacitação para o setor audiovisual, em franco crescimento com as leis de incentivo a cultura e editais públicos. • * Aprender as ferramentas necessárias para iniciar produção • própria, uma vez que a internet já garante um canal de exibição • gratuito e democrático (Youtube e sites de compartilhamento). • * Entrar em contato com emissoras, empresas e • profissionais de notório reconhecimento do mercado • formal, expondo idéias e ampliando a rede de contatos. • * Levar para fora da comunidade uma visão positiva • da região do Campo Limpo, derrubando, através da • arte, o estigma de violência e negatividade explorado • pela mídia de uma forma geral.

  30. Resultados • Turma 1 • Ao longo do curso os alunos foram divididos em grupos e planejaram, produziram, executaram e finalizaram 05 (cinco) vídeos de curta metragem com a temática “Qualidade de vida no Campo Limpo” • Da proposta surgiram as obras: • “Apenas um Lugar” – sobre as perspectivas de quem • trabalha na periferia. • “Contraste” – sobre as diferenças sociais contidas num • mesmo espaço. • “Família” – sobre a questão da qualidade de vida • abordada do ponto de vista de uma família de classe média. • “Jovens Em Foco” – sobre o que os jovens de projetos • sociais planejam para o futuro. • que é? Não sei! Gente, quem sabe?! – sobre as • ONG’s que fazem a diferença na comunidade e no entorno.

  31. Resultados Turma 2 “Arrasta Lata” – É um documentário sobre um grupo de percussão homônimo que transforma embalagens de alumínio, garrafas pet e tampas de panela em instrumentos musicais, levando ao público mensagem sobre atitudes sustentáveis. “Ecobanners” – O uso indiscriminado e o descarte incorreto das sacolas plásticas é um problema atual e está em todos os fóruns de discussão. Atentos, os alunos resolveram não só documentar esta questão, mas dar visibilidade a uma alternativa rentável: a produção e comercialização de bolsas, puffs e acessórios feitos com banners descartados por empresas. “ “Paraíso Perdido” - É uma ficção que trata do descarte de lixo. O curta conta a história de três amigos que se reúnem para brincar em uma praça do bairro e se deparam com um cenário de destruição e sujeira.

  32. Absenteísmo • Turma 1 • Índice de aproveitamento de 85% • Média de 04 (quatro) faltas por aluno. • Turma 2 • Índice de aproveitamento de 90% • Média de 02 (duas) faltas por aluno.

  33. Destaques Como em todo curso, alguns alunos se destacaram nas atividades, mostrando que o talento para o audiovisual vai além da afinidade. Chamamos a atenção para os alunos André Queiróz Eduardo Maciel Eduardo Afonso Kenny Rogers Manoel Pereira Marilete Nogueira Maurício dos Santos Rafael Ambrósio Hugo Kawan Caso decidam investir na carreira, observamos que os alunos acima citados reúnem as características necessárias em bons produtores, roteiristas, diretores, cinegrafistas e editores.

  34. A Turma Em Acão Manoel Pereira Hugo Kawan

  35. A TurmaemAcão Eduardo Afonso Maurício dos Santos

  36. A Turma em Acão Kenny Rogers Marilete Torres