libido n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
LIBIDO PowerPoint Presentation
Download Presentation
LIBIDO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 8

LIBIDO - PowerPoint PPT Presentation


  • 157 Views
  • Uploaded on

LIBIDO. O termo libido designa uma energia postulada por Freud, como um substrato da pulsão sexual; A libido é de natureza sexual, sendo irredutível as outras formas de energia mental; A libido é invariável e independe do objeto e do gênero;. TEORIA DAS PULSÕES.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'LIBIDO' - mizell


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2
O termo libido designa uma energia postulada por Freud, como um substrato da pulsão sexual;
  • A libido é de natureza sexual, sendo irredutível as outras formas de energia mental;
  • A libido é invariável e independe do objeto e do gênero;
teoria das puls es
TEORIA DAS PULSÕES
  • Freud elabora uma concepção dualista que opõe a pulsão sexual e a pulsão de ego;
  • A energia pulsão sexual é a libido e o seu objetivo é a satisfação;
  • As pulsões do ego colocariam sua energia (“interesse),serviço do ego visando a auto conservação do indivíduo e opondo-se dessa forma, as pulsões sexuais.
pervers o
PERVERSÃO
  • Diferença entre psicanálise e instinto;
  • A caracterização do instinto foi feita, sobretudo, pela biologia, para qual a função de reprodução é predominante.Em decorrência disso, é perversa toda conduta sexual que não conduza a reprodução,já que ela colocaria em risco a preservação da espécie.
pervers o1
PERVERSÃO
  • E dentro do ponto de vista psicanalítico, o fundamental é o prazer.
defini o de pervers o
DEFINIÇÃO DE PERVERSÃO
  • São definidas como atividades sexuais que se estendem,num sentido anatômico, além das regiões do corpo que se destinam à união, ou demoram nas carícias prévias, as quais passam a ser mais importantes que o objetivo sexual final.
auto erotismo
AUTO-EROTISMO
  • Freud “o estado sexual primitivo, agindo com independência, de qualquer fim psicossexual “e exigindo somente sensações locais de satisfação.
  • Ex: dedo
zona erogenas e puls es parciais
ZONA EROGENAS E PULSÕES PARCIAIS
  • Zona erógena: segundo este referencial,certas regiões do corpo são consideradas predestinadas para fins sexuais;
  • Pulsões parciais: estas é que são os elementos primeiros a partir dos quais se vão constituir as organização da libido.