CÉLULA - PowerPoint PPT Presentation

c lula n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CÉLULA PowerPoint Presentation
play fullscreen
1 / 29
CÉLULA
878 Views
Download Presentation
miach
Download Presentation

CÉLULA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. CÉLULA Ciências 8º ano Profe. Cris Rangel

  2. A célula • Por que é importante saber como funciona o corpo humano? • O que há no interior da célula? PETER M. FISHER / CORBIS / LATINSTOCK

  3. Corpo de um ser humano adulto aproximadamente 65 trilhões de células. Células são unidades vivas, as menores partes do corpo e não podem ser vistas a olho nu. ROB MARMION / SHUTTERSTOCK / GLOW IMAGES Os primeiros estudos da célula ocorreram de fato no século XVII, com a invenção do microscópio, um instrumento capaz de gerar imagens muito ampliadas. Existem dois tipos de microscópio: o óptico e o eletrônico.

  4. Microscópio óptico observador A luz emitida por uma lâmpada ou refletida por um espelho atravessa o material observado e passa pelo conjunto de lentes, que amplia a imagem do objeto em até 1,5 mil vezes. lente ocular objetiva lente condensadora • BIOPHOTO ASSOCIATES / ARQUIVO DA EDITORA feixe de luz fonte luminosa Células da parte interna da bochecha vista ao microscópio óptico (aumento de cerca de 400 vezes). • MASPI / ARQUIVO DA EDITORA

  5. Microscópio eletrônico As lentes e o condensador são eletroímãs que desviam o feixe de elétrons que atravessa o objeto e forma a imagem. filamento emissor de elétrons feixe de elétrons No microscópio eletrônico a ampliação é superior a 400 mil vezes! condensador objeto lente objetiva lente protetora observador LUÍS MOURA / ARQUIVO DA EDITORA ALFRED PASIEKA / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK Célula humana vista ao microscópio eletrônico (aumento de cerca de 10 mil vezes). tela fluorescente

  6. A célula Cada célula tem uma função específica. Mas trabalham de maneira integrada com as demais células do corpo. membrana plasmática É como se o nosso organismo fosse uma imensa sociedade de células que cooperam umas com as outras. núcleo citoplasma Esquema simplificado de uma célula.

  7. Organização da célula núcleo lisossomos nucléolo ribossomos membrana plasmática mitocôndria retículo endoplasmático granuloso complexo golgiense retículo endoplasmático não granuloso centro celular vacúolo digestivo Ilustração de uma célula humana. INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA

  8. Membrana plasmática Película que envolve a célula e controla a entrada e a saída de substâncias. Citoplasma Parte da célula que fica entre a membrana e o núcleo. É formado por um material gelatinoso, o citosol, em que várias organelas estão mergulhadas.

  9. Retículo endoplasmático Sistema de transporte de várias substâncias dentro da célula. Pode ser liso ou rugoso.

  10. Ribossomos Pequenos grãos que fabricam proteínas espalhados pelo citoplasma ou aderidos à membrana do retículo endoplasmático. ribossomos retículo endoplasmático granuloso complexo golgiense ribossomos retículo endoplasmático não granuloso INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA

  11. Complexo golgiense Conjunto de bolsas que armazenam as proteínas que serão transferidas para fora da célula.

  12. Mitocôndria Organela responsável por extrair energia dos nutrientes utilizando o gás oxigênio. Esse processo é chamado respiração celular aeróbica. mitocôndria INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA

  13. Lisossomos Pequenos “pacotes de enzimas” que atuam na digestão de substâncias obtidas pela célula e organelas. lisossomos

  14. Núcleo É o centro de controle da célula, onde encontram-se os cromossomos, que contêm os genes. O nucléolo é uma estrutura que armazena o material químico que vai formar os ribossomos. O centro celular é formado por estruturas que ajudam nos movimentos dos cromossomos durante a divisão da célula. núcleo nucléolo INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA

  15. Todos nós já fomos uma única célula! A célula-ovo ou zigoto é a primeira célula a se formar após a união do espermatozoide com o óvulo. Essa união é chamada fecundação. espermatozoide com genes do pai óvulo com genes da mãe célula-ovo ou zigoto EYE OF SCIENCE / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK Óvulo e espermatozoide vistos ao microscópio eletrônico.

  16. Após sua formação, a célula-ovo passa por vários processos de divisão até formar todas as células do corpo e originar um novo indivíduo. espermatozoide fecundação óvulo HIROE SASAKI / ARQUIVO DA EDITORA a célula-ovo se divide um novo ser vivo é formado as células resultantes da célula-ovo se dividem embrião Além da divisão das células, há o processo de diferenciação celular: são formados grupos de células especializados em certas funções.

  17. Os tecidos • Quais tecidos do corpo você conhece? DAVID MCCARTH / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK • Em que eles são diferentes uns dos outros?

  18. Tecidos são grupos de células especializadas na realização de certas funções. São formados por células e por uma substância intercelular. • Os tecidos são classificados de acordo com o tipo de célula e substância intercelular pelas quais são formados: • epitelial; • conjuntivo; • muscular; • nervoso. INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA Há mais de duzentos tipos de células que formam os tecidos do corpo humano.

  19. Tecido epitelial Epi = sobre; theleo = tecido que cresce • Formado por células bem unidas e pouca substância intercelular. queratina pelo • Presente na pele e na cavidade de alguns órgãos, como o estômago e o coração. • Na pele, o tecido epitelial forma a epiderme, as glândulas sudoríferas e as glândulas sebáceas. INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA glândula sudorífera glândula sebácea

  20. Funções da epiderme: • Proteger o corpo contra organismos invasores, contra a ação de certos produtos químicos, contra o atrito e o sol. • Evitar a perda de volume excessivo de água. Funções das glândulas: glândulas sudoríferas produção de suor glândulas sebáceas produção de uma substância lubrificante INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA Esquema simplificado de uma glândula.

  21. Tecido conjuntivo Há vários tipos de tecido conjuntivo e, em cada um deles, a substância intercelular e as células assumem funções diferentes. Tecido conjuntivo Derme, tendões substância intercelular gelatinosa e fibras (resistência e elasticidade) Tecido adiposo Rico em adipócitos reserva de alimento, isolamento térmico e proteção contra choques INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA Derme

  22. Tecido conjuntivo ósseo Substância intercelular rica em cálcio e fibras. osteócitos sustentação do corpo, proteção de alguns órgãos, apoio para os músculos osteócito canalículo matriz óssea INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA vasos sanguíneos e linfáticos

  23. Tecido conjuntivo cartilaginoso Substância intercelular resistente e flexível sustentação, flexibilidade e amortecimento (diminuição do atrito entre as vértebras e ossos) cartilagem da laringe cartilagem ossos (vértebras) MEDICAL RF. COM / JUPITER IMAGES / GETTY IMAGES cartilagem da traqueia HIROE SASAKI / INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA vista frontal osso Locais onde encontramos cartilagem. cartilagem

  24. Sangue Substância intercelular líquida (plasma), glóbulos vermelhos (hemácias), glóbulos brancos e plaquetas transporte de alimentos e gases e defesa do organismo ERIC GRAVE / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK Sangue visto ao microscópio óptico (aumento de cerca de 200 vezes).

  25. Tecido muscular Suas células, chamadas fibras musculares ou miócitos, são capazes de se contrair e gerar os movimentos do corpo. núcleo da célula núcleo da célula tecido muscular estriado esquelético tecido muscular estriado cardíaco RODVAL MATHIAS / ARQUIVO DA EDITORA núcleo da célula tecido muscular não estriado esquelético (ou liso)

  26. Tecido muscular esquelético estriado: • Encontrado em todo o corpo e associado aos ossos. • movimentos voluntários. Tecido muscular não estriado (liso): • Encontrado no tubo digestório, na bexiga, nas artérias e veias e em vários outros órgãos. • movimentos involuntários. RODVAL MATIAS / HIROE SASAKI / INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA Tecido muscular estriado cardíaco: • Encontrado no coração. • movimentos involuntários.

  27. Tecido nervoso As mensagens recebidas e analisadas pelo sistema nervoso são conduzidas por células chamadas neurônios. mensagens de outros neurônios cérebro núcleo dendritos corpo celular axônio mensagens para outros neurônios HIROE SASAKI / ARQUIVO DA EDITORA Os neurônios recebem mensagens de diversas partes do corpo e as transmitem a outros neurônios, glândulas e músculos.

  28. Cada órgão do corpo humano é formado por tecidos. Os órgãos, por sua vez, estão reunidos formando sistemas, como o sistema digestório. Tecido epitelial estômago Tecido conjuntivo HIROE SASAKI / ARQUIVO DA EDITORA Tecido muscular

  29. Câncer Tumores são massas de células formadas a partir de células que multiplicam-se sem controle. Podem ser malignos ou benignos. vaso sanguíneo tumor célula cancerosa ILUSTRAÇÕES: INGEBORG ASBACH / ARQUIVO DA EDITORA ... que se divide sem parar, originando outras células. Entre as células normais surge uma célula cancerosa... Se as células cancerosas caírem nos vasos sanguíneos, podem se espalhar pelo corpo. Câncer é o nome genérico de doenças em que tumores malignos invadem tecidos, podendo se espalhar pelo corpo através da circulação.