slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR: SEUS SENTIDOS E PRÁTICAS, SEUS DESAFIOS, SEUS SONHOS. Maria Aparecida Felix do A PowerPoint Presentation
Download Presentation
O COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR: SEUS SENTIDOS E PRÁTICAS, SEUS DESAFIOS, SEUS SONHOS. Maria Aparecida Felix do A

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 24

O COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR: SEUS SENTIDOS E PRÁTICAS, SEUS DESAFIOS, SEUS SONHOS. Maria Aparecida Felix do A - PowerPoint PPT Presentation


  • 120 Views
  • Uploaded on

O COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR: SEUS SENTIDOS E PRÁTICAS, SEUS DESAFIOS, SEUS SONHOS. Maria Aparecida Felix do Amaral e Silva. GESTÃO EDUCACIONAL UNISAL – LORENA 2007. INSTITUIÇÃO ESCOLAR. O que representa? Que força possui? Ontem e hoje?. Os olhares se voltam para a escola.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'O COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR: SEUS SENTIDOS E PRÁTICAS, SEUS DESAFIOS, SEUS SONHOS. Maria Aparecida Felix do A' - merton


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

O COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR:

SEUS SENTIDOS E PRÁTICAS, SEUS DESAFIOS, SEUS SONHOS.

Maria Aparecida Felix do Amaral e Silva

GESTÃO EDUCACIONAL

UNISAL – LORENA

2007

slide2

INSTITUIÇÃO ESCOLAR

O que representa?

Que força possui? Ontem e hoje?

Os olhares se voltam para a escola.

dos legisladores.

dos educadores.

dos economistas

Escola: esperança de mudanças e de formação de homens e mulheres para o século XXI.

DEMANDAS DO MUNDO GLOBALIZADO

NOVAS EXIGÊNCIAS TECNOLÓGICAS

ATENDIMENTO DO MERCADO

slide3

COTIDIANO DA ESCOLA

UM LOCUS

UM ESPAÇO

UM TERRITÓRIO

CAIXA PRETA

LUGAR CONCRETO ONDE SE REALIZA O OBJETIVO MÁXIMO DO SISTEMA ESCOLAR

É NELA QUE SE CONCRETIZAM OU NÃO, AS POLÍTICAS EDUCACIONAIS

  • O funcionamento cotidiano da unidade escolar é que efetiva ou não as propostas declaradas para o ensino.

Que peso tem o cotidiano escolar sobre o que se faz e se pensa na Instituição escolar?

Afinal, as escolas são todas iguais?

Escola lugar onde se faz história de vidas:alunos, professores, funcionários, especialistas.

slide4

Cotidiano Escolar

LUGAR ONDE SE EFETIVAM AS PRÁTICAS.

QUE SENTIDO ATRIBUÍMOS ÀS PRATICAS ESCOLARES?

LUGAR DE DESAFIOS.

COMO OS ENFRENTAMOS? O QUE ELES PRODUZEM EM NÓS?

LUGAR DE SONHOS.

NA ESCOLA HÁ ESPAÇO PARA SONHOS?

COMO ENFRENTAR ESSE COTIDIANO

E CONTINUAR FAZENDO EDUCAÇÃO?

slide5

A CONJUNTURA SOCIAL EM QUE VIVEMOS

GLOBALIZAÇÃO

AVANÇO TECNOLÓGICO

GLOBALIZAÇÃO DA CRISE SOCIAL

BRASIL: -MODELO NEOLIBERAL

-ESTABILIDADE

-FREIO NO DESENVOLVIMENTO

-DESEMPREGO

-EXCLUSÃO

-FINAL DE SÉCULO

-CRISE DE SENTIDOS

slide6

A CRISE DA ESCOLA

Modernidade X Pós - Modernidade

REFLEXOS NA INSTITUIÇÃO ESCOLAR.

COMO A ESCOLA TEM RESPONDIDO A ESTAS MUDANÇAS?

A ESCOLA TEM ACOMPANAHADO ESTAS TRANSFORMAÇÕES?

TENSÃO ENTRE O VELHO E O NOVO

O QUE SE ESPERA DA EDUCAÇÃO E DA ESCOLA?

A INSTITUIÇÃO ESCOLAR É O FOCO DAS REFLEXÕES EDUCACIONAIS

NESTE INÍCIO DE SÉCULO:

PRIVILEGIA-SE UMA ABORDAGEM INTERME-

DIÁRIA DAS QUESTÕES EDUCACIONAIS- MESO-ABORDAGEM.

slide7

O que revela o cotidiano da instituição escolar?

COTIDIANO: REPETIÇÃO, ROTINA.

O homem da vida cotidiana é aquele que comemora o aniversário e que tantas vezes vive a festa tornada instituição e MENOS FESTA.

Vida cotidiana: imitação, acomodação, segurança, mesmice, alienação, mecanização, automatização,conservação.

Rememoremos o nosso o cotidiano escolar?

Será só esta a possibilidade do cotidiano escolar?

slide8

O COTIDIANO É PARADOXAL.

SE O COTIDIANO É O LUGAR DAS INSTITUIÇÕES, OU SEJA , DAQUELAS ESTRUTURAS QUE CONSERVAM NOSSO MODO DE SER NO MUNDO, ENTÃO, O COTIDIANO TAMBÉM É O LUGAR ONDE BROTA A AUTENTICIDADE, POIS, DE REPENTE, NA TRANQÜILA CORRENTE DO RIO, SURGE A EROSÃO E O DESVIO, PROVOCADOS PELA CONTINUIDADE DA PASSAGEM DAS CORRENTES DESTE MESMO RIO, QUE SE MANTENDO CONSTANTE NO MESMO LEITO, SEM PERCEBER, PROVOCA O INUSITADO: A EROSÃO, O DESVIO OU SE PREFERIRMOS DIZER DE OUTRO MODO: O CHOQUE QUE REPÕE A PERGUNTA. (ALMEIDA, 2000, P.10)

A CAPACIDADE DE PERGUNTAR POSSIBILITA A MUDANÇA.

O MESMO COTIDIANO QUE ALIENA, TAMBÉM ESTÁ PRENHE DE REVOLUÇÕES.

O COTIDIANO QUE CONSERVA , TAMBÉM PODE PROVOCAR IRUPÇÕES.

slide9

A VIDA AUTÊNTICA NÃO ACONTECE FORA DO COTIDIANO.

Estejamos atentos:

APESAR DO PRÓPRIO COTIDIANO NOS FORNECER OS ELEMENTOS PARA CONSERVAR E REVOLUCIONAR, NEM SEMPRE ELE PODE NOS ACORDAR DE NOSSOS SONOS PROFUNDOS.

É PRECISO QUEBRAR A SURDEZ E A CEGUEIRA E FAZER VIR A PERGUNTA QUE FAZ DESPERTAR E ENXERGAR, ISTO É, É PRECISO MORAR NA EDUCAÇÃO PARA NÃO NOS DEIXARMOS GUIAR PELA ILUSÃO DE QUE NÃO HÁ MAIS O NOVO PARA APRENDER E SER, NEM HÁ MAIS O QUE PERGUNTAR.

slide10

ENCAREMOS A REALIDADE:

O COTIDIANO NOS PROTEGE.

O COTIDIANO É QUASE SEM SENTIDO.

NÃO PENSAMOS E NÃO NOS PERGUNTAMOS PELO SENTIDO DO QUE DIZEMOS E FAZEMOS .

A LINGUAGEM DIZ E AO MESMO TEMPO ESCONDE: NELA HÁ O DITO E O NÃO DITO.

NA VIDA COTIDIANA POUCO NOS IMPORTA O NÃO DITO.

O JOGO DO COTIDIANO É PARADOXAL: ABANDONO E CUIDADO SÃO EXIGÊNCIAS DESSE JOGO.

PROTEGEMO-NOS CONTRA O RISCO DO NOVO E DO DIFERENTE.

slide11

COMO INSTITUIÇÃO A EDUCAÇÃO, A ESCOLA, MUITAS VEZES, TORNAM-SE SIMPLESMENTE, COTIDIANO.

NÃO HÁ ESPAÇO PARA PERGUNTAR SOBRE O DIFERENTE.

REPRODUÇÃO E IMITAÇÃO

NÃO SE PROMOVE O ESPANTO E ADMIRAÇÃO.

E AINDA ESTAMOS NA EDUCAÇÃO?

A EDUCAÇÃO É A CONTRACORRENTE DO COTIDIANO, QUANDO ENTENDIDA COMO PROCESSO DE FORMAÇÃO HUMANA.

EDUCAÇÃO: DESCOBERTA, AUTO-DESCOBERTA.

COTIDIANO :

CONSERVAÇÃO

slide12

PERMANECER SIMPLESMENTE NO COTIDIANO NOS TORNA MEDÍOCRES, MENORES.

COMO HUMANOS, SOMOS SERES INACABADOS. PRECISAMOS ESTAR BUSCANDO SEMPRE. SEMPRE NOS FALTA ALGUMA COISA.

.

NÃO PODEMOS CAIR FORA DO COTIDIANO E FAZER UMA EDUCAÇÃO PARALELA.

TODA EDUCAÇÃO SÓ PODE ACONTECER NO COTIDIANO.

EIS O DESAFIO:

COMO PROMOVER EDUCAÇÃO COTIDIANA SEM MATAR A EDUCAÇÃO COM A SURDEZ E A MEDIOCRIDADE?

slide13

PENSE E REFLITA:

É NECESSÁRIO SABER QUE A EDUCAÇÃO É O ANTÍDOTO CONTRA A BANALIZAÇÃO E A MEDIOCRIDADE; PORÉM, É TAMBÉM NECESSÁRIO CUIDAR PARA QUE O COTIDIANO NÃO NOS ENGANE, DISFARÇANDO-SE DE EDUCAÇÃO.

PERGUNTEMOS SEMPRE: O QUE É EDUCAÇÃO, PARA NÃO NOS DEIXARMOS ENGANAR PELOS DISFARCES.

.

EDUCAÇÃO DO COTIDIANO

-FORÇA TRANSFORMADORA

-DESPERTA O ESPANTO E ADMIRAÇÃO

-PROVOCA A PERGUNTA

-MOBILIZA PARA A AÇÃO

-CULTIVA O SONHO

COTIDIANO DA EDUCAÇÃO

-INSTRUTIVISTA

-CONTEUDISTA

-ACOMODADO

-MEDROSO

-REPETITIVO

-CONSERVADOR

slide14

COMO EDUCADORES, COMO PEDAGOGOS,

QUAL A NOSSA RESPOSTA A ESSAS PROVOCAÇÕES?

É PRECISO TER A CORAGEM DE FAZER A PERGUNTA, SEMPRE:

QUEM SOU EU, EDUCADOR?

A QUE VIM? COM QUEM É O MEU COMPROMISSO?

CONHEÇO O MEU OFÍCIO?

ORGULHO-ME DELE?

DESENVOLVO COMPETÊNCIAS?

ACREDITO NA FORÇA DA EDUCAÇÃO?

ESTOU CONSCIENTE DE SUA FRAQUEZA?

slide15

NOSSA ESCOLA PREPARAR HOMENS E MULHERES

SOCIEDADE ATUAL

NÃO

SOCIEDADE DO PASSADO

O QUE TEMOS DIANTE DE NÓS É:

HOMEM PRESENTE

REALIDADE PRESENTE

SOCIEDADE PRESENTE

NUM MUNDO DE FUNÇÕES DIFERENCIADAS, A ESCOLA É A INSTITUIÇÃO QUE DEVE CUMPRIR ESTE PAPEL, DE MANEIRA

UNIVERSAL

GRATUITA

DEMOCRÁTICA

slide16

A ESCOLA POR SI

NÃO FORMA O CIDADÃO

O PREPARA

O INSTRUMENTALIZA

DÁ CONDIÇÕES PARA ELE SE FORMAR E SE CONSTRUIR

A ESCOLA PODE SE INSTITUIR DE FORMA

RETRÓGRADA

REACIONÁRIA

PROGRESSISTA

A DECISÃO É DE NATUREZA POLÍTICA = DEPENDE DA VONTADE

INDIVIDUAL

COLETIVA

PODER POLÍTICO

slide17

ESCOLA INOVADORA

TEM A FORÇA DE SE PENSAR A PARTIR DE SI PRÓPRIA

É REFLEXIVA (Alarcão, 2.001)

APRENDENTE (Fullan-Hargreaves, 2.000)

LIDERANÇA, RACIONALIDADE DIALÓGICA E PENSAMENTO SISTÊMICO

A CENTRALIDADE DAS PESSOAS NA ESCOLA E O PODER DA PALAVRA

A ESCOLA E SEU PROJETO PRÓPRIO

ARTICULAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVO-CURRICULAR-PEDAGÓGICO

A ESCOLA ENTRE O LOCAL E O UNIVERSAL

A EDUCAÇÃO PARA O EXERCÍCIO DA CIDADANIA

O PROTAGONISMO DO PROFESSOR E O DESENVOLVIMENTO DA PROFISSIONALIDADE DOCENTE

O DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL NA AÇÃO REFLETIDA

DESENVOLVIMENTO ECOLÓGICO DE UMA ESCOLA EM APRENDIZAGEM

UM ALERTA SE FAZ NECESSÁRIO:

HÁ UMA CORRIDA PELA QUALIDADE DO ENSINO, ENTRETANTO, É PRECISO ESTARMOS ATENTOS:

QUALIDADE NÃO É APARÊNCIA, É FUNDAMENTALIDADE.

slide18

A TAREFA NÃO É FÁCIL!

“QUEM SABE FAZ A HORA, NÃO ESPERA ACONTECER.”

O EDUCADOR PRECISA ESTAR MOLHADO NAS ÁGUAS DA REALIDADE, DO SEU TEMPO.

É PRECISO CONHECER E SE COMPROMETER COM A REALIDADE ONDE ATUA.

“O PROFESSOR É A PESSOA, E PARTE IMPORTANTE DA PESSOA É O PROFESSOR”. Antonio Nóvoa

PROFESSOR É SER COMPLXO.

ALUNO, TAMBÉM.

O TRABALHO NO MUNDO DA EDUCAÇÃO SIGNIFICA OPÇÃO DE VIDA, UMA RESISTÊNCIA MORAL, ATIVA E EFETIVA.

SER EDUCADOR É PARA POUCOS.

SER EDUCADOR DÓI.

MAS, ALIMENTA, NUTRE, SUSTENTA, ALEGRA, DÁ PRAZER, EMOCIONA, GRATIFICA, REALIZA, REENCANTA, APAIXONA.

O QUE É SER PROFESSOR?

O PROFESSOR TERÁ LUGAR NO SÉCULO XXI, XXII, ....

slide19

“ENSINAR É UMA ESPECIFICIDADE HUMANA”.Paulo Freire

CORAGEM PARA:

-AVALIAR E COMPREENDER A PRÓPRIA PRÁTICA

-DEIXAR-SE AVALIAR PELO OUTRO

-CONSTRUIR UMA SOCIEDAE MAIS JUSTA

-COMPREENDER QUE A EDUCAÇÃO É UMA FORMA DE INTERVENÇÃO NO MUNDO

NÃO É NEUTRA

É POLÍTICA, HISTÓRICA.

EXIGE: SEGURANÇA, COMPETÊNCIA PROFISSIONAL, GENEROSIDADE.

COMPETÊNCIA-DIALOGANTE

TÉCNICA-VIDA

MÉTODOS-PRISÕES

AUTORIDADE-COLOCAR-SE A SERVIÇO

ENSINA-APRENDE

COMPETÊNCIA- SENSIBILIDADE

COMPROMISSO: TRANSPARÊNCIA, VERDADE, CORAGEM.

slide20

PARA MUDAR A “CARA” DA ESCOLA

NÃO BASTA

ATO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO OU SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO

UM ATO LEGAL

É PRECISO ENVOLVER AS DECISÕES:

POLÍTICO-ADMINISTRATIVO-PEDAGÓGICAS

ALUNOS E PROFESSORES

AUXILIARES E FUNCIONÁRIOS

PAIS

MEMBROS DA COMUNIDADE

ELEMENTO HUMANO

PESSOAS

MUDAR A CULTURA QUE SE VIVE NA ESCOLA E QUE ELA PRÓPRIA INCULCA

slide21

PRECISAMOS DESEJAR E BUSCAR A QUALIDADE SOCIAL DA ESCOLA.

ESSA QUALIDADE É REALIZÁVEL?

“ELA ESTÁ NO HORIZONTE(...)ME APROXIMO DOIS PASSOS, ELA SE AFASTA DOIS PASSOS, CAMINHO DEZ PASSOS E O HORIZONTE CORRE DEZ PASSOS. POR MAIS QUE EU CAMINHE, JAMAIS A ALCANÇAREI. PARAQUE SERVE A UTOPIA?

SERVER PARA ISSO: PARA CAMINHAR.”

Eduardo Galeano

A MELHOR QUALIDADE QUE SE PRETENDE NA PRÁTICA DO EDUCADOR É UMA “QUALIDADE AUSENTE”, NA MEDIDA EM QUE SE COLOCA SEMPRE À FRENTE, ESTIMULA PROJETOS, TEM UM CARÁTER UTÓPICO.

slide22

ENSINAR A GOSTAR DA VIDA : EIS O COMPROMISSO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR.

  • Sou um guardador de rebanhos
  • O rebanho é os meus pensamentos
  • E os meus pensamentos são todos sensações.
  • Penso com os olhos e com os ouvidos
  • E com as mãos e os pés
  • E com o nariz e a boca.
  • Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la
  • E comer um fruto é saber-lhe o sentido.
  • Por isso quando num dia de calor
  • Me sinto triste de gozá-lo tanto.
  • E me deito ao comprido na erva,
  • E fecho os olhos quentes,
  • Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
  • Sei a verdade e sou feliz. Fernando Pessoa