O OUTONO DA VIDA
Download
1 / 17

O OUTONO DA VIDA - PowerPoint PPT Presentation


  • 60 Views
  • Uploaded on

O OUTONO DA VIDA. Louvor à Maturidade. Um convite para aproveitar os melhores anos de nossa existência. (Não recomendado para menores de 50 anos). Textos y fotografías de Francisco Arámburo Salas. Música de Charles Chaplin. Adeus à Juventude.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' O OUTONO DA VIDA' - mason-carney


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
O outono da vida

O OUTONO DA VIDA

Louvor à Maturidade

Um convite para aproveitar os melhores anos de nossa existência

(Não recomendado para menores de 50 anos)

Textos y fotografías de

Francisco Arámburo Salas

Música de Charles Chaplin


O outono da vida

Adeus à Juventude

Sem dúvida a juventude é uma idade de ouro e sempre lembrada com nostalgia. É um breve momento inesquecível, romântico, vibrante, emocionante e feliz.

É uma fase feliz, vigorosa e criativaonde tudo é novo e fresco, como umadensa nuvem no céu comnuances de rosa

MAS....


O outono da vida

... devemos reconhecer que essa mesmajuventude tão louvada, cantada e tocante,É também um momento repleto de lutas,de preocupações,de nuvens escuras, muitas vezes de privaçõese nunca livre de INCERTEZAS, ciúmes, turbulências,competições, medos, ansiedades e rivalidades.

É como uma corrida na qual é

Preciso ter concorrentes

o tempo todo e vencê-los para se conseguir

um troféu cobiçado.


O outono da vida

= A GRANDE MUDANÇA=

“Felizmente, tanto na natureza como

nos seres humanos”, depois da tempestade

vem a bonança. “E talvez o melhor da

Juventude”... é que ela já passou.


O outono da vida

É como uma folha que se deixa

levar pela correnteza

A verdade é que sem saber quando, ou mesmo sem poder definir uma idade específica (para alguns antes, outros depois), em algum ponto impreciso da vida chega-se esse lapso de tempo em que tudo fica mais lento e começa a diminuir a sua marcha, pousando suavemente

sem pressa, dentro de nós mesmos.

Foto: Cumbres de Palmira


O outono da vida

O rio caudaloso se transforma em um fluxo

de paz e move-se lentamente, quase

sem sentir transforma-se em uma grandeza infinita

profunda e imensurável, que é o

final de todas as viagens e para onde vão parar todos os rios: o mar

Esta etapa, queridos amigos,

É a MATURIDADE

Que seja BEM VINDA!


O outono da vida

Vejamos: a maturidade não é exatamente o meio do dia, nem a tarde, nem a noite. Antes, eu diria que é o tempo impreciso que chega misterioso nas primeiras horas do dia, após momentos de nevoeiros voláteis que se dissolvem lentamente quando tocados pela luz do sol surgindo, assim chega...

A MADRUGADA


O outono da vida

É algo extraordinario: a tarde, nem a noite. Antes, eu diria que é o tempo impreciso que chega misterioso nas primeiras horas do dia, após momentos de nevoeiros voláteis que se dissolvem lentamente quando tocados pela luz do sol surgindo,

Agora, não estamos mais preocupados com as tendências ou mudanças que experimentam as novas gerações.

Eles estão dobrando noites se debatendo para fazerem inovações naquilo que inovamos para eles.

Essas novas tendências e costumes não mais nos afetam , porque nós não somos obrigados a usar, a mudar nem dar início a novos costumes.

A nossa época já é uma justificativa suficiente para nos manter como estamos, já fizemos nossas mudanças, mas não estamos alheios ao básico e ao essencial.

Nós, bem ou mal, não importa como,

estamos na direção da reta final.

Então temos tudo para comemorar.

Nós chegamos !


O outono da vida

Ao chegar à maturidade cessam as dúvidas e as incertezas constantes. Se você não quiser, não precisa mais trabalhar ou ficar até tarde estudando, não precisa mais ficar correndo atrás do ônibus na parte da manhã, apresentar trabalhos sufocantes de última hora, passar no vestibular, imaginar com quem se casar, onde levar a noiva ou se preocupar em como conseguir um emprego.

Definitivamente, o que tínhamos de ser, já o somos.

E o que não havíamos de ser, não o fomos... e nem mais seremos... Não a esta altura. Disso não temos nenhuma dúvida.

Então para que nos preocuparmos?


O outono da vida

Para nós que “cruzamos a fronteira” e estamos, do outro lado, colocado neste terraço amplo, silencioso e arejado, não existem correrias, nervosismo, competições,

pressas, lutas ou duelos até a morte. Nosso lugar está no palco, não no ringue. Ou pelo menos, atrás das barreiras.

A idade dos impulsos arrebatadores, então, já terminou.

Acabaram-se as preocupações, ansiedades e dúvidas. Isto é muito bom!. Se esta é a MATURIDADE… que seja bem vinda!


O outono da vida

HOJE é aquele futuro do qual estávamos tão temerosos ONTEM.

E veja você, Tudo correu bem.

Afinal de contas ... Aqui estamos nós!


O outono da vida

A conclusão é que, como já estamos na maturidade já não fazemos planos a longo prazo (nem devemos).

É necessário que, agora, comecemos JÁ, a ver os resultados de tudo aquilo para o qual antes

costumávamos trabalhar, planejar, economizar

e preparar ao longo de toda uma vida.

Já não temos que continuar adiando mais as coisas

ou fazer planos inalcançáveis "para o futuro...",

porque para nós, está bem claro...

O Futuro já está Aqui


O outono da vida

O Tempo não fazemos planos a longo prazo (nem devemos).não espera!

De maneira que nós, também, não esperemos mais. Se ainda dispomos de uma razoável saúde e ainda conseguimos andar normalmente ; se ainda podemos comer de “quase tudo” e ainda podemos desfrutar de alguns atrativos da vida, aproveitemos. Abram seus armários com porcelanas, pratarias e cristais que se tornaram lembranças e use-os até se quebrarem (quebram-se facilmente e rapidamente) , não espere os vinhos envelhecerem por mais um século

Para quando estão guardados?

Se um ladrão não os levar , seus netos os acharão os quebrarão!

Que não tenhamos que dizer depois:

“Tarde demais para recomeçar!”


O outono da vida

Não fique esperando uma manhã brilhante e gloriosa, singular e perfeita.

Se pensou em algum dia ter um barco, uma moto, um moto-home, uma câmera digital, um notebook ou um tablet (se você gosta destas coisas e tem dinheiro para adquirí-las) pode comprar agora!

A hora é agora,

Não perca mais tempo!


O outono da vida

E se estiver fazendo planos para um dia fazer uma viajem a Europa, ou as Cataratas do Iguaçu, ao Hawaii, para o Alasca, para a China, ou mesmo para Patagônia, Muito bem: antes que outra coisa aconteça, como uma superdesvalo- rização da moeda, uma cirurgia repentina , um AVC ou um infarto...

VÁ LOGO!

Tá esperando o que?


O outono da vida

Eu pessoalmente, pelo que sinto, descobrir a chegada da maturidade tem me fascinado e me enche de alegria. Estou muito impressionado. Eu nunca imaginei que fosse assim!!

Com inusitado espanto eu descubro dia a dia

novas surpresas e satisfações

as quais nunca sonhei que existissem.


O outono da vida

“Vida: nada me deves. descobrir a chegada da maturidade tem me fascinado e me enche de alegria. Estou muito impressionado. Eu nunca imaginei que fosse assim!!

Vida: nada lhe devo.

Vida: estamos em paz.”

F I M

Versão Adaptada do Texto de

Francisco Arámburo Salas

faramburo@aramburosuites.com