revolu o francesa n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
REVOLUÇÃO FRANCESA PowerPoint Presentation
Download Presentation
REVOLUÇÃO FRANCESA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 32

REVOLUÇÃO FRANCESA - PowerPoint PPT Presentation


  • 95 Views
  • Uploaded on

REVOLUÇÃO FRANCESA. ANTES. • Fins do XVIII ∟ 25.000.000 de hab. ∟ 2ª + populosa da Europa ∟ 3 estados. CONTRADIÇÕES. Antigo Regime • Burguesia forte ∟ rica ∟ fora do poder • Sans-cullotes ∟ trabalhadores urbanos • Mundo feudal ∟ servidão ∟ impostos

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'REVOLUÇÃO FRANCESA' - lyle


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
antes
ANTES

• Fins do XVIII

∟ 25.000.000 de hab.

∟ 2ª + populosa da Europa

∟ 3 estados

contradi es
CONTRADIÇÕES

AntigoRegime

• Burguesia forte

∟ rica

∟ fora do poder

• Sans-cullotes

∟ trabalhadores urbanos

• Mundo feudal

∟ servidão

∟ impostos

• Nobreza

∟ privilégios

∟ absolutismo → controla a economia

∟ parasitária

crise econ mica
CRISE ECONÔMICA

• Conflitos externos

∟ Guerra dos 7 anos

∟ Independência dos EUA

∟ Grandes dívidas

• Produção de alimentos

∟ safras ruins

∟ clima

∟ preço do pão dispara

∟ fome

• Impostos aumentam

crise econ mica1
CRISE ECONÔMICA

• Tratado de Eden-Rayneval

∟ Vinho-Têxteis

∟ Manufaturas francesas fecham

revoltas
REVOLTAS

• Povão

• Nobreza

∟ cobrança de impostos?

∟ revolução aristocrática

slide7

UNICAMP - 2013

Observe a distribuição de custos dos camponeses franceses, em percentual da colheita, às vésperas

da Revolução de 1789. Esses custos referem-se ao arrendamento da terra, ao custo das sementes e aos

impostos pagos ao rei, ao senhor da terra e ao clero.

(Adaptado de L. Bourquin (coord.), Histoire. Paris: Belin, 2003, p. 187.)

a) Relacione os dados apresentados com as condições vividas pelos camponeses na França do final do

Século XVIII.

b) Por quais motivos a questão econômica foi um elemento importante para o Terceiro Estado durante a

Revolução Francesa?

assembleia dos estados gerais
ASSEMBLEIA DOS ESTADOS GERAIS

• 05/1789

∟ Luís XVI

∟ Últimahá 170 anos

∟ Reforma fiscal

∟ Impostos

∟ Voto

∟ por estado?

ou

∟ individual?

∟ + impostospara o 3º Estado?

∟ revoltaburguesa

in cio da revolu o
INÍCIO DA REVOLUÇÃO

• Assembleia Nacional Constituinte

∟ Liderança burguesa

∟ Julho

∟ Guarda Nacional

∟ Povo em armas

∟ Fome grande em Paris

in cio da revolu o1
INÍCIO DA REVOLUÇÃO

∟ Queda da Bastilha

∟ Símbolo do absolutismo

∟ Tomada da prisão

∟ Revoltas

revoltas1
REVOLTAS

• Povo em armas

• Urbanas

• Campo

∟ camponeses

∟ tomada de terras

∟ morte à nobreza

• Fuga

∟ nobres

∟ clero

assembleia nacional
ASSEMBLEIA NACIONAL

• 1ª Constituição Francesa

• Fim do dízimo

• Fim das obrigações feudais

• Confisco dos bens da Igreja

• Monarquia Constitucional

∟ 3 poderes

assembleia nacional1
ASSEMBLEIA NACIONAL

• Escravidão nas colônias

• Livre-comércio

• Voto censitário

∟ Alta burguesia

∟ Povão de fora

∟ Justiça social?

assembleia nacional2
ASSEMBLEIA NACIONAL

• Proibido

∟ Greves

∟Associações de trabalhadores

• Liberdade, Igualdade e Fraternidade

∟ Alta Burguesia

∟ povão de fora

pol tica
POLÍTICA

• Brigas pela liderança

• Girondinos

∟ Alta burguesia

• Jacobinos

∟ Baixa burguesia

∟ Povão

pol tica1
POLÍTICA

• PeríodoGirondino

∟ Defendem o rei

∟ Revolta dos Sans-cullotes

∟ Problemas econômicos

∟ Fuga do rei (tentativa)

∟ 1791

∟ Absolutistas contra a revolução

∟ Áustria e outros

∟ Batalha de Valmy

∟ Vitória revolucionária

conven o nacional
CONVENÇÃO NACIONAL

• 1792-1795

∟Girondinos no poder

∟ “Direita”

∟ Perdão do rei

∟ Monarquia

∟ Fim do radicalismo

∟ Rei traidor

∟ guilhotinado

∟ Jacobinos assumem

jacobinos no poder
JACOBINOS NO PODER

• Absolutismo contra a França

∟ Áustria

∟ Prússia

∟ Espanha

∟ Holanda (liberal)

∟ Inglaterra (liberal)

• Jacobinos (radicalismo)

∟ Marat

∟ Hébert

∟ Danton

∟ Saint-Just

∟ Robespierre

jacobinos no poder1
JACOBINOS NO PODER

• Período Radical

∟ povão

• Novo calendário

∟ Feriados dos Sans-cullotes

• Preço máximo

∟ segurar os preços

jacobinos no poder2
JACOBINOS NO PODER

• Nova constituição

∟ Medidas radicais (Iluminismo)

∟ Governo republicano

∟ Divisão dos poderes

∟ Sufrágio Universal Masculino

∟ Fim do voto censitário

∟ Fim da escravidão nas colônias

∟ Terras confiscadas da nobreza

∟ entrega aos camponeses

∟ pobres

jacobinos no poder3
JACOBINOS NO PODER

• Marat é morto

∟por 1 girondino

• Danton é expulso do poder

∟ considerado moderado

• Sobe Robespierre

∟ Radical

∟ Período do terror

∟ 17.000 guilhotinados

jacobinos no poder4
JACOBINOS NO PODER

• Sobe Robespierre

∟ Radical

∟ Período do terror

∟ 17.000 guilhotinados

∟ Hébert

∟ Danton

∟ Perca de apoio dos Sans-cullotes

∟ Fortalecimento dos girondinos

rea o termidoriana
REAÇÃO TERMIDORIANA

• Girondinos voltam

∟ alta burguesia

∟ recuo na revolução

∟ fim do radicalismo

∟ percas populares

∟ terror branco

∟ jovens de direita matam Sans-cullotes

∟ atacam clubes republicanos

∟ voto censitário

∟volta da escravidão nas colônias

diret rio
DIRETÓRIO

• Girondinos no poder

• Enfrentamentos políticos

∟ jacobinos

∟ realistas

• Problemas econômicos

• Revoltas

∟ Graco Babeuf (1796)

∟ fim da propriedade privada

∟ ditadura dos humildes

“Para ele, a natureza conferida a cada homem o direito igual de desfrutar de tudo o que é bom, e o objetivo da sociedade era defender esse direito; a natureza impusera a cada homem o dever de trabalhar, e quem dele se esquivasse era criminoso; o objetivo da revolução fora acabar com todas as desigualdades e estabelecer o bem-estar de todos; a revolução, portanto, não estava terminada; todos aqueles que haviam abolido a Constituição de 1793 (ano I) eram culpados de lesa-majestade contra o povo”

WILSON, Edmund. Rumo à estação Finlândia. São Paulo: Companhia das lettras, 1986. p.73-74 (adaptado)

slide27

FUVEST 2013

Oh! Aquela alegria me deu náuseas. Sentia-me ao mesmo tempo satisfeito e descontente. E eu disse:

tanto melhor e tanto pior. Eu entendia que o povo comum estava tomando a justiça em suas mãos.

Aprovo essa justiça, mas poderia não ser cruel? Castigos de todos os tipos, arrastamentos e

esquartejamentos, tortura, a roda, o cavalete, a fogueira, verdugos proliferando por toda parte

trouxeram tanto prejuízo aos nossos costumes! Nossos senhores colherão o que semearam.

Graco Babeuf, citado por R. Darnton. O beijo de Lamourette. Mídia, cultura e revolução. São Paulo:

Companhia das Letras, 1990, p. 31. Adaptado.

O texto é parte de uma carta enviada por Graco Babeufà sua mulher, no início da Revolução Francesa de 1789. O autor

a) discorda dos propósitos revolucionários e defende a continuidade do Antigo Regime, seus métodos e

costumes políticos.

b) apoia incondicionalmente as ações dos revolucionários por acreditar que não havia outra maneira de transformar o país.

c) defende a criação de um poder judiciário, que atue junto ao rei.

d) caracteriza a violência revolucionária como uma reação aos castigos e à repressão antes existentes

na França.

e) aceita os meios de tortura empregados pelos revolucionários e os considera uma novidade na história francesa.

diret rio1
DIRETÓRIO

• Falta de estabilidade

• Guerra absolutista

∟ Espanha

∟ Holanda

∟ Prússia

∟ Reinos da Itália

∟ Napoleão Bonaparte

∟ Egito

∟ Aclamado pela população

∟ Figura de paz entre Jacobinos e Girondinos

18 brum rio
18 BRUMÁRIO

• Napoleão Bonaparte

∟ famoso

∟ popular

∟ nacionalismo burguês

∟ alta burguesia

∟ garantir as conquistas burguesas

• 18Brumário (19/11/1799)

∟ alta burguesia → avanço capitalista

∟ governo forte → evitar radicalismos

∟ consulado

∟ 3 membros

∟ Napoleão Bonaparte

consequ ncias
CONSEQUÊNCIAS

• “A França forneceu o vocabulário e os temas da política liberal e radical-democrática para a maior parte do mundo. A França deu o primeiro grande exemplo, o conceito e o vocabulário do nacionalismo. A França forneceu os códigos legais, o modelo de organização técnica e científica e o sistema métrico de medidas para a maioria dos países”

HOBSBAWM, Eric. A era das revoluções. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996. p. 71.

• Inauguração do período contemporâneo

∟ capitalismo triunfante

∟ vitória final da burguesia

slide31

REVOLUÇÃO!!

Na América do Norte agora

Estourou a Guerra dos 7 anos.

Os colonos então lutaram,

Mas não receberam as terras

Ganharam impostos

E as leis intoleráveis.

Se reuniram no Congresso.

Revolução e independência!

Declaração

De Independência.

Declaração.

Era o século XVIII

Tempo do Antigo Regime.

Camponeses e burgueses

Pagavam todos impostos

Surge então um movimento

Pensadores com a razão

Criticavam os privilégios

De toda a Igreja e a Nobreza.

Iluminismo

Liberalismo

Iluminismo

slide32

O Antigo Regime francês

Estava em crise então.

Assembleia dos Estados Gerais

Burgueses disseram: não!

O povo em armas se rebelou

E tomaram a Bastilha.

Jacobinos e Girondinos

Lutaram pelo poder na Convenção.

Revolução!

Burgueses mandam!

Revolução!