slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Estudo de Viabilidade Logística Reversa de Eletroeletrônicos PowerPoint Presentation
Download Presentation
Estudo de Viabilidade Logística Reversa de Eletroeletrônicos

play fullscreen
1 / 26
Download Presentation

Estudo de Viabilidade Logística Reversa de Eletroeletrônicos - PowerPoint PPT Presentation

laurie
115 Views
Download Presentation

Estudo de Viabilidade Logística Reversa de Eletroeletrônicos

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Estudo de Viabilidade Logística Reversa de Eletroeletrônicos

  2. Perspectiva da Cadeia Produtiva Unidades de Matérias Primas Unidades de Produção Unidades de Consumo input produtos Perdas, emissões e resíduos (1) Unidades de Reciclagem Unidades de Coleta e Triagem Unidades deCo-produtos input co-produtos Perdas, emissões e resíduos (2) Fontes Primárias de Recursos Naturais Fonte: ABDI

  3. Modelagem proposta Principais Fundamentos • Alinhamento à PNRS • Preservação da Isonomiacompetitiva do SetorEletroeletrôniconacional • Incorporação de experiênciasnacionais e internacionaisexitosas • Tratamento diferenciado a equipamentos de pequeno porte e grande porte • Associação de fabricantes e importadores em uma ou mais organizações gestoras • Implantação do sistema em fases, priorizando inicialmente regiões com maior densidade de resíduos; • Articulação intensa com o setor privado para a obtenção de sugestões, dados e informações. • Simulações de números globais, sem distinção de marcas para fins logísticos. As marcas serão individualizadas para gestão, controle do sistema e rateio e custos. DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  4. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico GOVERNO GESTORA 1 GESTORA 2 ... GESTORA N REEE DESCARTE / RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA 1 2 3 4 5 6 Transporte até o ponto de descarte/recebimento Descarte/recebimento e devida armazenagem Transporte até o ponto de triagem Triagem do resíduo Transporte até o reciclador Reciclagem do resíduo

  5. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico MODELAGEM PARA A LOGÍSTICA REVERSA LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA REEE RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO 1 DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  6. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico MODELAGEM PARA A LOGÍSTICA REVERSA LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA REEE RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO 1 2 DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  7. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico MODELAGEM PARA A LOGÍSTICA REVERSA LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA Remuneração pelo serviço de logística REEE RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO $ 1 2 3 DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  8. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico MODELAGEM PARA A LOGÍSTICA REVERSA LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA Remuneração pelo serviço de logística REEE RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO $ 1 2 3 4 DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  9. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico MODELAGEM PARA A LOGÍSTICA REVERSA LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA Remuneração pelo serviço de logística Remuneração pelo material entregue REEE RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO $ $$ 1 2 3 4 5 DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  10. Modelagem proposta Modelagem sugerida: fluxo físico MODELAGEM PARA A LOGÍSTICA REVERSA LOGÍSTICA PRIMÁRIA LOGÍSTICA SECUNDÁRIA Remuneração pelo serviço de logística Remuneração pelo material entregue REEE RECEBIMENTO TRIAGEM RECICLAGEM DESTINAÇÃO $ $$ 1 2 3 4 5 6 DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  11. Modelagem proposta Responsabilidades DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  12. Modelagem proposta Responsabilidades DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  13. Modelagem proposta Responsabilidades DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  14. Modelagem proposta Responsabilidades DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  15. Modelagem proposta Responsabilidades DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  16. Cenários de implantação Premissas de evolução • PREMISSAS • Em 2013, apenas os municípios com população acima de 200 mil comporão o sistema. • Esse número vai evoluindo até atingir um mínimo de 30 mil habitantes em 2017 Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  17. Cenários de implantação Premissas de evolução • PREMISSAS • Até 2017, cobertura do sistema com pontos de coleta fixos • A partir de 2018, campanhas de recolhimento nos municípios de menor porte Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  18. Cenários de implantação Premissas de evolução • PREMISSAS • Proporção de população coberta por ponto de recebimento evoluindo de 80k hab/ponto em 2013 para 25k hab/ponto em 2017. • Capacidade típica do ponto de coleta de armazenar 2 toneladas de REEE (entre 8 e 12 m2) Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  19. Cenários de implantação Premissas de evolução • PREMISSAS • Estabelecimento de 271 centros de triagem de distintos portes • Capex na ordem de R$20 milhões, em função de muitos potenciais investimentos sendo considerados como OPEX Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  20. Cenários de implantação Premissas de evolução • PREMISSAS • Estabelecimento de 271 centros de triagem de distintos portes • Capex na ordem de R$20 milhões, em função de muitos potenciais investimentos sendo considerados como OPEX Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  21. Cenários de implantação Volume aderido Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  22. Cenários de implantação Custo total Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  23. Cenários de implantação Divisão entre os atores x Fonte:Análise Inventta DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  24. Resultados Esperados • Redução de impactos ambientais • Geração de empregos e maior formalização do setor de reciclagem • Geração de Renda com a reinserção de matérias primas e remuneração de atividades na cadeia produtiva • Integração dos SLR com os setores industriais • Elevação da imagem do setor eletroeletrônico junto à sociedade e rejeição a práticas danosas DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  25. Estimativas de Ganhos com o SLR DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO

  26. OBRIGADO WWW.ABDI.COM.BR DOCUMENTO PARA DISCUSSÃO