CÁLCULOS DE SHUNT CARDÍACO - PowerPoint PPT Presentation

kolina
c lculos de shunt card aco n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CÁLCULOS DE SHUNT CARDÍACO PowerPoint Presentation
Download Presentation
CÁLCULOS DE SHUNT CARDÍACO

play fullscreen
1 / 28
Download Presentation
CÁLCULOS DE SHUNT CARDÍACO
379 Views
Download Presentation

CÁLCULOS DE SHUNT CARDÍACO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. CÁLCULOS DE SHUNT CARDÍACO Márcio A. Urzêda, MD, MSc

  2. Estudo hemodinâmico • Detecção, localização e quantificação. • Suspeitas: • Dessaturação inexplicada: • Pensar inicialmente em hipoventilação; • shunt D→E. • Saturação na A. pulmonar >80%: • Shunt E→D. • Não confirmação de lesões suspeitas: • Sopro sistólico na ausência de insuf. Mitral: • Pensar em DSV.

  3. Estudo hemodinâmico • Métodos: • Oximétrico; • Dilucional; • Angiográfico.

  4. Shunt esquerda-direita(método oximétrico) • Medida de saturação e conteúdo de O2 no coração direito: • Aferição: coleta de sangue ou por catéter de fibra óptica (aferição contínua). • A. pulmonar; • Ventrículo direito; • Átrio direito; • Veias cavas superior e inferior.

  5. Shunt esquerda-direita • Diagnóstico: • Salto oximétrico em qualquer câmara direita. • Salto oximétrico significante (Step up): • Aumento no conteúdo ou saturação que supera os valores normais na câmara em questão.

  6. Valores oximétricos normais

  7. Cálculo dos fluxos sanguíneos pulmonar e sistêmico Cálculo do shunt E-D: Qp-Qs Svc=(3xSvcs) + (1xSvci)/4

  8. Cálculo dos fluxos sanguíneos pulmonar e sistêmico • Exemplo: paciente com: Hb:14, VO2:240 • Svcs;67,5% • Svci: 73%. Svc=(3xSvcs) + (1xSvci)/4 =(3x67,5)+(1x73)/4 = 69% Sad-média: 74+84+79/3 = 79% • Sad-Svc = 10% (>7% da tabela).

  9. CvpO2: 0,96 x 14 x 1,36 = 183ml/l • CapO2: 0,8 x 14 x1,36 = 152ml/l • Qp: VO2/ Cvp – Cap = 240/183-152 = 7,74l/min • Qs:VO2/CaoO2– CvmO2 = 4,7l/min • Shunt = Qp-Qs: 7,74-4,7 = 3l/min • Razão de fluxo: Qp/Qs=1,65(DSA pequena a moderada)

  10. Cálculo de shunt • Salto oximétrico (step up) Em VD DSV severo

  11. Razão de fluxo (Qp/Qs) • Fornece a magnitude do shunt • Até 1,5: leve; • 1,5-2,0: moderado; • >2,0: severo. • Cálculo simplificado: • Qp = (SO2ao –SO2vm) = (96-69) --------------------------------------------- = 1,69 Qs = (SO2vp – SO2ap) = (96-80)

  12. Shunt esquerda-direita(técnica da diluição) Recirculação rápida -Injeção na A. pulmonar e Mensuração na A. braquial; -Há detecção do shunt mas não sua localização

  13. Shunt esquerda-direita Injeção no VE e mensuração na A. pulmonar Diag. dif: DSV e PCA DSV

  14. Shunt esquerda-direita(Angiografia) • OAE cranial ou OAD+OAE. • Visualizações: septo interventricular, seios de valsalva, aorta torácica ascendente e descendente; • Visualiza lesões complicadas: defeito de coxim endocárdico, fístulas de coronárias, aneurismas rotos nos seios de valsalva. • Não deixar de fazer cálculos de shunts, fluxos e resistências (avaliação terapêutica e prognóstica)

  15. Shunt direita-esquerda • Indícios: • Cianose; • Hipoxemia (mais comum). • Shunt ou distúrbio ventilação-perfusão? • Se shunt, qual sua localização e magnitude?

  16. Shunt direita-esquerda • Angiografia: localiza mas não quantifica • Método oximétrico: • Colher sangue em veia pulmonar, átrio esquerdo,ventrículo esquerdo e aorta. • Cateterizar veia pulmonar e átrio esquerdo (via forame oval) • Salto oximétrico (dessaturação – step down)

  17. Shunt direita-esquerda

  18. Shunt direita-esquerda

  19. Shunt direita-esquerda • Ecocardiografia contrastada com microbolhas; • Não invasivo e fácil; • Detecta pequenos shunts; • Localiza o defeito anatômico; • Determina direção do fluxo (doppler)

  20. Eco contrastado • Injeção em veia superficial do braço esquerdo DSA

  21. Shunt bidirecional • Calculado pelo fluxo sanguineo efetivo (fluxo que existiria se não houvesse shunt E-D ou D-E) • Qfse: VO2/Cvp-Cvm

  22. Cálculo de gradientes

  23. Pressões pós valvoplastia mitral

  24. PRESSÕES EM VENTRÍCULO ESQUERDO Normal Restrição Relaxamento ↓ Complacência ↓

  25. Cálculos de shunts Curto-circuito (CC): definição Vol% de O2: 1 vol% = 5% de HbO2 Valores de Dexter Cálculo dos CC E D Relação FP/FS Sensibilidade da oximetria CC E D, D E e D E