slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
IDENTIFICAÇÃO, MODELAGEM E ANÁLISE DE PROCESSOS PowerPoint Presentation
Download Presentation
IDENTIFICAÇÃO, MODELAGEM E ANÁLISE DE PROCESSOS

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 23
Download Presentation

IDENTIFICAÇÃO, MODELAGEM E ANÁLISE DE PROCESSOS - PowerPoint PPT Presentation

kacy
122 Views
Download Presentation

IDENTIFICAÇÃO, MODELAGEM E ANÁLISE DE PROCESSOS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. IDENTIFICAÇÃO, MODELAGEM E ANÁLISE DE PROCESSOS LUÍS GONZAGA TRABASSO Professor Associado Divisão de Engenharia Mecânica

  2. INTRODUÇÃO Modelagem de processos: É uma ferramenta que permite identificar e registrar um fluxo de trabalho que transforma entradas em resultados para o cliente = VALOR; É uma abordagem que auxilia a análise dos processos, facilitando a identificação de oportunidades de melhoria para a execução das atividades de forma mais eficiente; É uma linguagem escrita de comunicação, que permite o registro de parte do knowhow da empresa.

  3. SUMÁRIO • Introdução do curso  • Bibliografia  • Estratégia e processos • Definições e características dos processos • Hierarquia dos processos e as suas definições • Cadeias de Valor

  4. FATORES QUE GERAM MUDANÇAS Aumento da competitividade Globalização Consumidores mais sofisticados Tecnologia de Informação Quem tem as maiores chances de se sair melhor na luta pelos clientes ? R1. Empresas que mais rapidamente e de melhor forma se ajustam às mudanças de ambiente. R2. Estratégia, processos e competência.

  5. FATORES QUE GERAM MUDANÇAS “Não é a mais forte das espécies que sobrevive, nem a mais inteligente e sim aquela mais capaz de reagir a mudanças” Charles Darwin

  6. Missão ESTRATÉGIA E PROCESSOS Por que existimos ? Em que acreditamos ? Valores essenciais O que queremos ser ? (longo/médio prazo) Visão Onde queremos chegar ? (médio/curto prazo) Estratégia Processos Como vamos fazer?

  7. ENTRADA SAÍDA Processos Produtos, Serviços VISÃO DE PROCESSOS Necessidades e desejos dos clientes

  8. DEFINIÇÃO DE PROCESSO É um grupo de atividades que são realizadas numa sequência lógica com o objetivo de produzir um bem ou serviço que tem valor para um grupo específico de clientes. Hammer e Champy, 1994 É a maneira de realizar um determinado conjunto de tarefas. Cameron, 1995

  9. Fluxo de Material Entradas e saídas claras, fluxo lógico de atividades, previsibilidade, processo de fácil percepção. Fluxo de Trabalho (escritórios) Entradas e saídas definidas, fluxo lógico de atividades, processo não tão fácil de ser percebido. TIPOS DE PROCESSOS

  10. TIPOS DE PROCESSOS Série de etapas Caminhos alternativos para se chegar ao resultado. Não existe um fluxo único. representar o todo Atividades Administrativas/gerenciais (gestor) Entradas e saídas nem sempre são definidos e não existe uma sequência clara de atividades. Mudança de estado É percebido por meio de indícios, fraca conexão entre atividades, geralmente apresentam ciclos longos.

  11. Processo 1 Processo 2 Processo 3 Processo 4 GESTÃO POR PROCESSOS Muitas vezes, a Visão de Processos é confundida com as Áreas Funcionais (século XX) Processos/ Áreas Funcionais Serviços ao Cliente Engenharia Fabricação Vendas Contabilidade Crédito

  12. Processos Administrar Pedidos Processo 1 Faturar Produtos Processo 2 Adm. Contas a Receber Processo 3 Gerenciar Contabilidade Processo 4 GESTÃO POR PROCESSOS Visão Horizontal de Processos Áreas Funcionais Serviços ao Cliente Vendas Engenharia Fabricação Crédito Contabilidade São conhecidos como processos interdepartamentais, interfuncionais ou horizontais.

  13. GESTÃO POR PROCESSOS Organização Horizontal Organização Vertical Visão por Processos

  14. CARACTERÍSTICAS DOS PROCESSO • Podem ser internos ou externos; • Podem ser inter ou intra-organizacional; • Possuem interfaces; • Os processos têm clientes! ( Cadeias de Valor); • Estabilidade e Repetibilidade (Gestão de Processos); • Os processos são dinâmicos (Estratégico e Operacional); • Processo não é ciência exata.

  15. DESDOBRAMENTO HIERÁRQUICO PROCESSO SUB-PROCESSO Nonono estets nononon Descrição da Atividade Área Executante AAC 2,25 -econom.SR.- Tempo médio consumido (em horas) para executar 1 vez ATIVIDADES Cargo do Executante(s)

  16. PROCESSO Processos empresariais SUB-PROCESSO Nonono estets nononon Descrição da Atividade Área Executante 2,25 AAC -econom.SR.- Tempo médio consumido (em horas) para executar 1 vez ATIVIDADE Cargo do Executante(s) HIERARQUIA: NOMENCLATURA Convenção das Empresas Processos Sub-processos Atividades Tarefas

  17. DEFINIÇÕES PROCESSO EMPRESARIAL Representa uma Cadeia de Processos; É executado pelo esforço de diversas áreas da empresa;  Geralmente apresenta resultados para o cliente externo; • É conhecido também como Processo de Negócio. Ex. Desenvolver Recursos Humanos (treinamento, contratação, benefícios, desligamento etc)

  18. DEFINIÇÕES  PROCESSO Conjunto de sub-processos de mesma natureza, que gera valor para o cliente (interno ou externo); Geralmente é realizado pelo esforço de diversas áreas da empresa; Apresenta resultados objetivos para clientes externos ou internos. Ex. Gerenciar Recursos Humanos

  19. DEFINIÇÕES SUB-PROCESSO Conjunto de atividades com afinidades semelhantes; Geralmente é executado por uma área funcional da Organização; Gera resultados parciais, porém com necessidade de serem complementados por outros sub-processos para ter efetiva adição de valor para o cliente . Ex. Gerenciar Treinamento e Desenvolvimento de pessoas.

  20. DEFINIÇÕES ATIVIDADE • Conjunto de tarefas executadas por cada área da empresa;. • Geralmente é realizada por uma célula de trabalho (1 ou mais pessoas), com trabalhos complementares para a produção de determinado resultado. • Ex. Identificar necessidades de treinamento.

  21. DEFINIÇÕES TAREFAS • São passos necessários para completar uma atividade; • Geralmente é o nível mais baixo da estrutura hierárquica de processos; • São realizadas por uma pessoa; • Gera resultados de difícil percepção para o cliente. • Ex. Preencher formulário.

  22. Nos processos modelados pela equipe DR, identificar e modelar: Dois sub-processos; Três atividades de um dos sub-processos; Quatros tarefas de uma das atividades. Usar o modelo SIPOC para representar as tarefas, atividades e sub-processos. Í O E E X R C C I

  23. SI PO C INPUT OUTPUT CONSUMER SUPPLY PROCESS Í O E E X R C C I