tempos bicudos n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Tempos Bicudos PowerPoint Presentation
Download Presentation
Tempos Bicudos

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 15

Tempos Bicudos - PowerPoint PPT Presentation


  • 58 Views
  • Uploaded on

Tempos Bicudos. Por Silvio Bergamini. Em 17 de outubro de 2013. Faculdades Anhanguera, Guarulhos-SP. his · tó ·ri·a (latim historia, - ae , do grego historía , -as , exame, informação, pesquisa, estudo, ciência) substantivo feminino

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Tempos Bicudos' - jena


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
tempos bicudos

Tempos Bicudos

Por Silvio Bergamini. Em 17 de outubro de 2013. Faculdades Anhanguera, Guarulhos-SP.

his·tó·ri·a

(latim historia, -ae, do grego historía, -as, exame, informação, pesquisa, estudo, ciência)substantivo feminino

1. Narração escrita dos .fatos notáveis ocorridos numa sociedade em particular ou em várias.

2. [História]  Período do desenvolvimento da humanidade após o aparecimento da escrita.

3. Ciência ou disciplina que estuda .fatos passados.

4. .Sequência de .fatos ou .ações.

5. Relato desses acontecimentos. = ESTÓRIA, NARRAÇÃO, NARRATIVA

6. Descrição dos seres da Natureza.

7. Estudo das origens e progressos de uma arte ou ciência.

8. Biografia de uma personalidade ou personagem célebre.

9. Livro de história.

10. [Informal]  Relato destinado a enganar (ex.: não me venhas com histórias). = CONTO, MENTIRA, PETA

"história", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/hist%C3%B3ria [consultado em 17-10-2013].

A hora é agora !!!

slide2

"As coisas estão mudando. E é nessa transformação que estão as maiores oportunidades e ameaças para o nosso negócio.“ Marcelo Coutinho, diretor de Inteligência de Mercado e Pesquisa do Terra.

slide3

"Cadastramos e avaliamos cerca de 770 mil jovens e ainda assim não conseguimos encontrar candidatos suficientes com perfis adequados para preencher todas as nossas 5 mil vagas", diz Maíra Habimorad, vice-presidente do DMRH, grupo do qual faz parte a Companhia de Talentos, uma empresa de recrutamento. "Surpreendentemente, terminamos com vagas em aberto."

Nunca tantos brasileiros chegaram às salas de aula das universidades, fizeram pós-graduação ou MBAs. Mas, ao mesmo tempo, não só as empresas reclamam da oferta e qualidade da mão-de-obra no país como os índices de produtividade do trabalhador custam a aumentar. Ruth Costas – Economia/Terra

slide4

A empresa jornalística

Competência, profundidade, adequação

  • Microambiente de marketing:
  • Redação
  • Impressão e veiculação
  • Administração
  • Gerenciamento

Conhecimento do veículo e capacidade industrial ( recursos )

Existe controle

Eficácia administrativa, inclusive de pessoal. Controle de gastos, etc.

Do produto. Da redação. Do fluxo interno de informações. Da gestão das equipes.

Por Silvio Bergamini. Em 17 de outubro de 2013. Faculdades Anhanguera, Guarulhos-SP. Diagrama pode ser reproduzido desde que citada a fonte.

slide5

A empresa jornalística

Pessoas e massa financeira

O Estado ( exigências políticas e técnicas ) e as leis do momento

  • Macroambiente de marketing:
  • Aspectos sociais e econômicos
  • Aspectos políticos e legais
  • Concorrência
  • Variáveis de Mercado
  • Variáveis geográficas e tecnológicas
  • Sazonalidades
  • Ciclos de vida dos produtos

Meios e “share”. Novas tecnologias e novos protagonistas

Quem são os consumidores do meio, de notícias e grau de fidelização

Sem controle

Atingimento e cobertura geográfica. Tecnologias para atingir público-alvo.

Variáveis de demanda e aceitação. Produtos “de época”.

Quando perceber que é hora de mudar, de refazer ou reinventar pois tudo ficou velho demais?

Por Silvio Bergamini. Em 17 de outubro de 2013. Faculdades Anhanguera, Guarulhos-SP. Diagrama pode ser reproduzido desde que citada a fonte.

slide6

*Estimativa da ANJ para o mercado brasileiro, baseada em dados do IVC - Insituto Verificador de Circulação

slide7

Número de Jornais Brasileiros em Circulação

  • Fonte: ANJ, ABRE, ADJORI/SC, ADJORI/RS, ADI/Brasil e Mídia Dados
slide8

Número de Jornais Brasileiros em Circulação

  • Fonte: ANJ, ABRE, ADJORI/SC, ADJORI/RS, ADI/Brasil e Mídia Dados
slide10

Perfil de vendas dos jornais diários por ano (%)

Fonte: IVC - Instituto Verificador de Circulação

Penetração diária dos jornais diários em porcentagem.

  •  A pesquisa é feita com pessoas acima de 18 anos, perguntando se houve  leitura de jornal nos últimos sete dias.
  •  Fonte: Ipsos Estudos Marplan - Estudos EGM-9 cidades pesquisadas.
slide11

Leitura online dos Jornais

  • * Os números correspondem a visitas únicas por mês em milhares (000)
  • Fonte: IBOPE Nielsen OnLine

Assinaturas para celular

Fonte: ANATEL/ABTDA/TELECO

slide15

Para fazer download desta apresentação vá até

http://silviobergamini.com

E-mail: professor@silviobergamini.com