evolu o dos sistemas de informa o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Evolução dos Sistemas de Informação PowerPoint Presentation
Download Presentation
Evolução dos Sistemas de Informação

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 78

Evolução dos Sistemas de Informação - PowerPoint PPT Presentation


  • 165 Views
  • Uploaded on

Evolução dos Sistemas de Informação. José Roberto Blaschek blaschek@attglobal.net. Sumário. Conceito Missão Expansão do Uso Tendências Arquitetura de Informação. Conceito.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Evolução dos Sistemas de Informação' - janna


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
evolu o dos sistemas de informa o

Evolução dos Sistemas de Informação

José Roberto Blaschek

blaschek@attglobal.net

sum rio
Sumário
  • Conceito
  • Missão
  • Expansão do Uso
  • Tendências
  • Arquitetura de Informação
conceito
Conceito
  • Procedimentos para registrar e tornar disponível informação, sobre parte da organização, para apoiar atividades da própria organização.
  • Componentes inter-relacionados utilizados para coletar, processar, armazenar e disseminar informação para apoiar processos operacionais e de tomada de decisão, coordenação, controle, de análise e visualização, em uma organização
  • Sistema de informação é parte da organização e, em alguns casos, é a própria organização.
sistemas de informa o e a organiza o
Sistemas de Informação e a Organização

Problemas

  • Qualidade, produtividade, manutenção, confiabilidade, segurança, privacidade ....

Causa

  • A maioria dos problemas ocorrem por falta de entendimento do relacionamento entre sistemas de informação e a organização
miss o
Missão
  • Melhorar o desempenho das pessoas, em uma organização, através do uso da tecnologia da informação
  • Dotar pessoas e organizações de novas capacidades
interdepend ncia entre organiza o e si

Hardware e Software Básico

Negócio

Estratégia

Regras

Procedimentos

Banco de dados

Telecomu-nicações

Interdependência entre Organização e SI

Aplicações

Organização

Tecnologia da Informação

impactos empresariais e sociais da ti

Estrutura da Empresa e a Cultura Corporativa

Gestão e Processos Empresariais

Tecnologia da Informação

Estratégia da Organização

Indivíduos e Funções

Impactos Empresariais e Sociais da TI
perspectiva s cio t cnica
Perspectiva Sócio Técnica
  • O desempenho dos sistemas é otimizado quando a tecnologia e a organização ajustam-se entre si
  • Há uma crescente dependência entre estratégias, regras e procedimentos de negócios e os sistemas de informação
  • Mudanças no negócio (estratégias, regras e procedimentos) implicam em mudanças nos sistemas de informação, que por sua vez podem trazer restrições para a organização
evolu o dos si
Evolução dos SI

1960s

1970s

1980s

1990s

Processamento de Transações

Informações Gerenciais

Novas TI

Informações Estratégicas

Oportunidades

de negócio

aumento do escopo dos si
Aumento do Escopo dos SI

1950

1960

1970

1980

1990

2000

Sistema

de Informação

Sistema

de Informação

Sistema

de Informação

  • Atividades de apoio operacional
  • Impactado por mudanças técnicas
  • Atividades de controle gerencial
  • Impactado por mudanças gerencias
  • Todas as atividades
  • Impactado por mudanças institucionais
eixos de evolu o dos si

Níveis Hierárquicos

Estratégias de Uso

Setores da Organização

Eixos de Evolução dos SI
cadeia de valores da organiza o
Cadeia de Valores da Organização

Bens padronizados

Infra-Estrutura da Organização

Atividades de Apoio

Gerência de Recursos Humanos

MARGEM

Desenvolvimento de Tecnologia

Aquisição

Assistência técnica

Logística de Abaste-cimento

Fabricação

Logística de Distribuição

Marketing

e Vendas

Atividades Primárias

MARGEM

vis o tradicional
Visão Tradicional

Cadeia de Valores da Organização

Logística

de Abaste-

cimento

Fabricação

Logística

de Distri-

buição

Vendas e

Marketing

Suporte

Clientes

Vendedores

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Fronteiras da Organização

Fronteiras da Organização

Clientes

Logística

de Abaste-

cimento

Fabricação

Logística

de Distri-

buição

Vendas e

Marketing

Suporte

Vendedores

Clientes

Sistemas de Informação

vis o atual

Vendedores

Vendedores

Visão Atual

Cadeia de Valores da Organização

Logística

de Abaste-

cimento

Fabricação

Logística

de Distri-

buição

Vendas e

Marketing

Suporte

Clientes

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Clientes

Processos

de Negócio

Processos

de Negócio

Logística

de Distri-

buição

Vendas e

Marketing

Logística de Abastecimento

Suporte

Fabricação

Sistemas de Negócio

enterprise resource planning erp
Enterprise Resource Planning (ERP)

Sistemas de gerência que integram todos os aspectos do negócio, incluindo planejamento, manufatura, vendas e finanças, melhorando a coordenação através do compartilhamento de informações entre eles.

Exemplos: SAP, Baan, Oracle, Peoplesoft....)

evolu o dos sistemas integrados

Estoque

Cronograma de Produção

Gestão de Produção

1960

+

MRP

Compras

Evolução dos Sistemas Integrados
  • Planejamento das necessidades de material (MRP) - Integra produção, compras e gestão de estoques
  • Deficiência: dependência de recursos financeiros e de mão de obra
evolu o dos sistemas integrados1

Estoque

Cronograma de Produção

Gestão de Produção

1960

+

MRP

Compras

Principais Recursos de Produção

Finanças

Mão-de-obra

+

1970

MRP

MRP II

Evolução dos Sistemas Integrados
  • MRP II – Planejamento de recursos da produção – integra ao MRP gestão de recursos financeiros e RH
evolu o dos sistemas integrados2
Evolução dos Sistemas Integrados
  • ERP – Enterprise Resource Planning – Objetivo – integrar todos os departamentos e funções da empresa - incorpora atividades de processamento de transações de todas as áreas funcionais da empresa.
  • Não se concentra no planejamento e nem em recursos.
evolu o dos sistemas integrados3

Estoque

Cronograma de Produção

Gestão de Produção

1960

+

MRP

Compras

Principais Recursos de Produção

Finanças

Mão-de-obra

+

1970

MRP

MRP II

Transações Coordenadas de Produção e de Serviços

Recursos Totalmente Internos

1980

+

ERP

MRP II

Evolução dos Sistemas Integrados
evolu o dos sistemas integrados4
Evolução dos Sistemas Integrados
  • A partir do final da década de 90 os ERP começaram a ser estendidos ao longo da cadeia de suprimentos até fornecedores e clientes.
  • Problema – empresas precisam mudar processos de negócio já existentes
evolu o dos sistemas integrados5
Evolução dos Sistemas Integrados

Estoque

Cronograma de Produção

Gestão de Produção

1960

+

MRP

Compras

Principais Recursos de Produção

Finanças

Mão-de-obra

+

1970

MRP

MRP II

Transações Coordenadas de Produção e de Serviços

Recursos Totalmente Internos

1980

+

ERP

MRP II

Clientes e Fornecedores Internos

ERP/SCM Interna

1990

SCM Interna

+

ERP

ERP/SCM Interna

SCM Ampliada

Fornecedores e Clientes Externos

2000

ERP/SCM Ampliada

+

fracassos e dificuldades do erp
Fracassos e Dificuldades do ERP
  • Elevada complexidade técnica e organizacional dificulta a implementação.
  • Aplicações customizadas são desenvolvidas no ambiente e linguagem do ERP.
  • Projetos normalmente superiores a 24 meses.
  • Estima-se que o custo de implantação é de 3 a 7 vezes o custo do software.
fracassos e dificuldades do erp1
Fracassos e Dificuldades do ERP
  • Iniciativas nas organizações são motivadas pelos CEO e não pelos CIO.
  • Executivos sênior não percebem visão estratégica e capacidade nosdepartamentos de SI e nos CIO para implementar ERP. Como conseqüência, essas iniciativas utilizam conhecimento externo à organização. CIO e o Departamento de SI ficam relegados à suporte e manutenção dos ERP.
cadeia de suprimentos
Cadeia de Suprimentos
  • Fluxo de materiais, informações, pagamentos e serviços, partindo dos fornecedores de matérias-primas, passando pelos setores de produção e de armazenamento das empresas e chegando aos consumidores finais.
gest o da cadeia de suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
  • Planejar, organizar e coordenar todas as atividades da cadeia de suprimentos
benef cios esperados
Benefícios Esperados
  • Redução das incertezas e riscos (níveis de estoque, tempo de ciclo, processos de negócio e serviços ao consumidor)
  • Aumento da lucratividade
  • Aumento da competitividade
cadeia de suprimentos e de valores
Cadeia de Suprimentos e de Valores
  • Cadeia de Suprimentos - fluxo de atividades.
  • Cadeia de Valor - valor agregado ao produto pelas atividades da cadeia de suprimentos (contribuições de diversos segmentos de atividades).
problemas
Problemas
  • Incertezas e coordenação das diversas atividades, unidades internas e parceiros de negócio.
  • Exemplos: previsão de demanda, fatores que afetam o prazo de entrega, qualidade dos componentes utilizados no produto.
exemplo de problema
Exemplo de Problema

Natal de 1999 – nos últimos meses daquele ano, as maiores lojas virtuais de brinquedos, entre elas a eToys, a Amazon.com e a ToysRUs, desencadearam gigantescas campanhas de publicidade para vender brinquedos via Internet. A reação dos compradores foi esmagadora, a ponto de deixar os vendedores carentes dos estoques necessários para atender à demanda e sem tempo para novas encomendas aos produtores. Resultado: milhares de clientes insatisfeitos com as lojas virtuais, que não entregaram os brinquedos pedidos antes do natal. A ToysRUs ofereceu a cada cliente insatisfeito um cupom de 100 dólares para compras em suas lojas reais como compensação. Mesmo assim, mais de 40% dos compradores que não receberam os brinquedos encomendados no prazo estabelecido disseram que não voltariam a comprar nas lojas virtuais.

sintomas de problemas
Sintomas de Problemas
  • Entrega fora do prazo e local
  • Entrega de produtos de má qualidade
  • Altos custos de estoques
  • Perda de receita
  • Custos adicionais para garantir entrega
efeito chicote
Efeito Chicote
  • Estocagens desnecessárias ao longo da cadeia de suprimentos.
  • Motivo: oscilação nos pedidos dos distribuidores em função de variação de preço, previsão inexata da demanda, racionamento na cadeia de suprimentos
  • Efeito – distorção das informações
efeito chicote1
Efeito Chicote
  • Solução – compartilhamento de informações de estoque
  • Exemplo: Wal-Mart e Procter & Gamble têm informações de estoque de todas as suas lojas e comandam automaticamente a reposição a partir de níveis de estoque previamente definidos.
solu es adotadas
Soluções Adotadas
  • Integração Vertical – Ford comprou seringais na América do Sul para assegurar a produção de pneus.
  • Formar Estoques – dificuldades: níveis altos implicam em custos elevados e baixos não garante a demanda
  • Coordenação adequada
solu es adotadas1
Soluções Adotadas
  • Confiança nos parceiros de negócio.
  • Existência de um sistema de comunicação adequado entre os parceiros.
  • Em picos de demanda terceirizar a produção.
integra o da cadeia de valores e de suprimentos
Integração da Cadeia de Valores e de Suprimentos

Suprimentos e Fornecedores

Manufatura, Montagem

Vendas, Serviços ao Consumidor

Canais de Distribuição e Comercialização

Clientes

Comércio Eletrônico

Produção, Contratação de RH, Finanças, Contabilidade, Engenharia

eixos de evolu o dos si1

Níveis Hierárquicos

Estratégias de Uso

Setores da Organização

Eixos de Evolução dos SI
caracter sticas da informa o
Características da Informação

-

-

Planejamento Estratégico

Exterior

I

Futuro

N

F

Detalhamento

Controle Gerencial

O

Freqüência de

utilização

R

M

A

Gerência do Conhecimento

Ç

Ã

Histórico

O

Interior

Controle Operacional

+

+

tipos de sistemas de informa o
Tipos de Sistemas de Informação

Sistema de Informação para Executivos (SIE)

  • Apoio ao processo de planejamento estratégico; agrega dados internos e externos

Planejamento Estratégico

SIE

Sistema de Apoio a Decisão (SAD)

  • Necessidades específicas de decisão; simulação; análise; mudanças ambientais e de abordagem de decisão

SAD

Sistema de Informações Gerenciais (SIG)

  • Informações agregadas, integração de atividades; relatórios e consultas ao BD; análises simples

Controle Gerencial

SIG

Sistema de Gerência do Conhecimento (SGC)

  • Conhecimento utilizado em modelagens e simulações; especificação de projetos (CAD); base de conhecimento; apoio à fabricação (CAM)

Gerência do Conhecimento

SGC

SAE

Sistema para Automação de Escritório (SAE)

  • Gerência de documentos, agendamento e comunicação

SPT

Sistema de Processamento de Transações (SPT)

  • Automatização, registro e disponibilização de informações sobre eventos operacionais

Controle Operacional

tipos de sistemas de informa o1

SIG

SAE

SAD

SIE

SGC

Tipos de Sistemas de Informação

Gerencial

Conhecimento

Estratégico

Operacional

Estruturado

Controle de custo da produção

SPT

Contabilidade

Contas a pagar

Vendas

Preparação de orçamento

Agenda eletrônica

Semi-estruturado

Programação da produção

Projeto de produto

Não estruturado

Novos produtos

Novos mercados

caracter sticas dos sistemas de informa o
Características dos Sistemas de Informação

-

-

Planejamento Estratégico

SIE

SAD

Interação

Humana

Estrutura

Controle Gerencial

SIG

SGC

SAE

+

+

SPT

Controle Operacional

sistemas de apoio decis o
Sistemas de Apoio à Decisão
  • Combina modelos e dados para tentar solucionar problemas semi estruturados, com grande envolvimento do usuário.
componentes do sad

Gestão de Modelos

Gestão de Dados

Gerente de Conhecimento

Gerente de Diálogo

Gerente (usuário) e Tarefas

Componentes do SAD

Outros Sistemas Baseados em Computador

Dados Internos e Externos

data warehouse
Data Warehouse

Processo de integração dos dados corporativos de uma empresa em um único repositório, a partir do qual os usuários finais podem facilmente executar consultas, gerar relatórios e fazer análises. Um data warehouse é um ambiente de suporte à decisão que agrega dados armazenados em diferentes fontes e os organiza e entrega aos tomadores de decisão da empresa, independente da plataforma que utilizam ou de seu nível de qualificação técnica.

componentes do data warehouse
Componentes do Data Warehouse

Meta: criação de uma visualização lógica única de dados que residem em diversos bancos de dados físicos

Dados

Operacionais

Data mart

Data mart

Dados

Históricos

Data

Warehouse

Extração e

Transformação

Acesso e

Análise de

Dados

Fontes Internas

  • Consultas e Relatórios
  • Processamento analítico on-line OLAP
  • Datamining

Dado Externo

Diretório de

Dados

Dado Externo

Armazenamento de dados antigos

Fontes Externas

eixos de evolu o dos si2

Níveis Hierárquicos

Estratégias de Uso

Setores da Organização

Eixos de Evolução dos SI
papel dos si ondas de benef cios
Papel dos SI - Ondas de Benefícios

Foco Gerencial

Uso Funcional

Eficácia e Competitividade Organizacional

5. Reestruturação da indústria

4. Reestruturação da organização

3. Aumento da participação no mercado

Permanência no Negócio

5. Sistemas pessoais (home computers)

5. Atingir o cliente

Make Money

4. Megadecisões

3. Comércio, distribuição e serviços a clientes

4. Melhoria do processo de tomada de decisão

3. Melhoria de produtos e serviços

Save Money

2. Finanças, manufatura e serviços

1. Administração

Controle Operacional

2. Gerência de recursos

1. Gerência de processos

2. Alavancagem de Investimentos

1. Redução de custos

impacto da elimina o de intermedi rios
Impacto da Eliminação de Intermediários

Custo de uma camisa

Consumidor

Fabricante

Distribuidor

Varejista

$48.50

Consumidor

Fabricante

Varejista

$40.34

Consumidor

Fabricante

$20.45

exemplo ag ncia de viagens
Exemplo Agência de Viagens
  • Estratégia tradicional – comissão das cias aéreas e hotéis
  • Nova estratégia – cobrar assessoria dos clientes com uso de SI
    • Identificar contratos mais vantajosos em uma mesma cia
    • Reservas por e-mail
    • Rastreamento de e-ticket não utilizados que podem ser reembolsados
    • Busca de menores tarifas
    • Centro de operações em rede para monitorar e informar fatores que interferem em viagens
estrat gias competitivas

Compradores

Fornecedores

Estratégias Competitivas

Modelo de cinco forças

  • Ameaça de novos entrantes
  • Novas capacidades
  • Recurso substancias
  • Preços reduzidos

Entrantes

Potenciais

  • Poder de negociação
  • dos fornecedores
  • Aumento de preços
  • Redução da qualidade e serviços

Concorrentes na

Indústria

Rivalidade entre as

empresas existentes

  • Poder de negociação
  • dos compradores
  • Baixa de preço
  • Alta qualidade
  • Mais serviços
  • Encoraja competição
  • Ameaça de produtos ou serviços substitutos
  • Limita o potencial de retorno
  • Tetos de preço

Substitutos

estrat gias de rea o
Estratégias de Reação
  • Liderança em custo: WalMart em gestão de estoque
  • Diferenciação: personalização em massa via internet da DELL
  • Foco: milhagem das cias aéreas
  • Crescimento: vendas via internet
  • Parcerias: Amazon.com e ToysRus.com para venda de brinquedos
  • Inovação: leilões on-line
  • Melhoria da eficiência interna: sistemas de apoio administrativo
  • Abordagens orientadas para o cliente: CRM
categorias de relev ncia estrat gica e impacto da ti
Categorias de Relevância Estratégica e Impacto da TI

alto

Estratégico

Operacional

Operacional

Estratégico

(cia. aérea)

(banco)

Compras eletrônicas, emissão virtual de passagens

Programação de vôo on-line, Pedido de peças on-line; manutenção on-line

Impacto dos SI

existentes

Suporte

Reviravolta

(supermercado)

(indústria química)

baixo

Impacto dos SI futuros

baixo

alto

Suporte

Reviravolta

Data mining; e-mail, marketing direto

Monitoramento das contas de passageiros habituais, treinamento on-line; informação por celular (SMS)

Exemplo de Classificação de uma Cia Aérea

tipos de uso estrat gico da ti
Tipos de Uso Estratégico da TI
  • Ligação da organização a clientes/fornecedores
  • Integração mais efetiva do uso da informação
  • Desenvolvimento, produção, comercialização e distribuição de novos e melhores produtos
  • Fornecimento de informações para apoiar o desenvolvimento e implementação de estratégias
crm customer relationship management
CRM - Customer Relationship Management

Abordagem organizacional para entender e influenciar o comportamento dos clientes, através de uma comunicação expressiva voltada para aprimorar a busca, reconquista, fidelidade e lucratividade dos clientes.

classifica o dos crm
Classificação dos CRM

CRM Operacional

Automação da Força de Vendas

Centro de Atendimento

Modelagem de Comportamento

Análise de Campanha

Personalização

Análise de Comportamento de Chamadas

Análise de Serviços de Qualidade

Visão Integrada do Consumidor

Análise de Vendas

Avaliação do consumidor

Análise de Lucratividade

Análise de Necessidades

Segmentação e Perfis

WEB Comércio Eletrônico

CRM Analítico

Serviço ao Consumidor

Gestão de Campanha

crm processo iterativo e n o projeto
CRM - Processo Iterativo e não Projeto

Análise e

Refinamento

Descoberta de

Conhecimento

Aprendizado

Interação com

Cliente

Planejamento de

Marketing

Ação

principais atividades de si
Principais Atividades de SI

Agregação de Valor

Identificação de Requisitos de Negócio

Usuários assumindo responsabilidades

Arquitetura de Sistemas e de Informação

Impacto

Terceirização

Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas

Operação de Computadores

Redução de Custo

Conhecimento Exigido

TI

Negócio

evolu o das principais atividades de si
Evolução das Principais Atividades de SI

Agregação de Valor

Arquitetura de Informações e de Sistemas

Impacto

Contrato de Gestão

Redução de Custo

Conhecimento Exigido

TI

Negócio

ger ncia e a r pida evolu o da ti
Gerência e a Rápida Evolução da TI
  • Gerência sênior formada antes da introdução, em larga escala, da tecnologia de computadores;
  • Primeiras experiências com tecnologia muito diferente da atual;
  • Muito esforço para resolver os problemas operacionais do dia a dia, assimilar novas tecnologias e novas abordagens gerenciais.
organiza o hier rquica
Organização Hierárquica

A

Alto

B

Acesso a informações relevantes

B

C

A

Baixo

Gerência

operacional

Gerência

intermediária

Gerência

senior

A Empregados operacionais possuem um melhor entendimento das operações e dinâmica dos negócios locais

B Gerência senior possuem um melhor entendimento dos objetivos estratégicos e das perspectivas corporativas

C Responsabilidade pelas decisões operacionais é delegada a gerência intermediária, mas informações relevantes são perdidas e a resposta da organização é lenta

organiza o da era da informa o
Organização da Era da Informação

A

Alto

B

Acesso a informações relevantes

B

A

Baixo

Gerência

operacional

Gerência

intermediária

Gerência

senior

O desafio é unir as duas perspectivas, achatando a organização e aumentando o acesso à informação (mudanças de estrutura, autoridade, incentivos e papéis - estruturas colaborativas)

arquitetura de informa o1
Arquitetura de Informação
  • Modelo de alto nível dos requisitos de informação de uma organização
  • Independência da estrutura organizacional, de tecnologia e de pessoas
  • Orienta decisões sobre as aplicações que devem ser desenvolvidas
vis o da arquitetura de informa o
Visão da Arquitetura de Informação

Visão da empresa

Dado

Processo

Tecnologia

Visão das áreas de negócio

Dado

Processo

Tecnologia

Visão de projeto

Dado

Processo

Tecnologia

Visão de Implementação

Dado

Processo

Tecnologia

Representação detalhada

Dado

Processo

Tecnologia

Sistema implementado

Dado

Processo

Tecnologia

projeto da arquitetura
Projeto da Arquitetura
  • O processo de construção consiste basicamente em agrupar os dados e os processos relacionados em sistemas de informação
  • Os participantes do processo
    • os gerentes de negócio
    • a comunidade de usuários
    • o arquiteto: alguém que tenha uma boa experiência em gerência de linha e um bom conhecimento de engenharia de sistemas de informação
      • seu papel é o de catalisador das soluções que vêm da visão da empresa, da competição e do segmento de negócio do qual faz parte
exemplos de modelos da ai
Exemplos de Modelos da AI

PROPÓSITOS E

OBJETIVOS

ALCANÇADOS POR

EVENTOS RESULTANTES

FUNÇÕES

EVENTOS

DISPARADORES

MANIPULAM

INFORMAÇÕES

PROGRESSO MEDIDO POR

vis o das fun es
Visão das Funções

ENTREVISTAS

OBSERVAÇÃO

SENTENÇA SIMPLES QUE REPRESENTA A ESSÊNCIA DO NEGÓCIO (ESTRATÉGIA OU MISSÃO)

QUESTIONÁRIOS

DOCUMENTOS

FUNÇÕES NECESSÁRIAS PARA QUE A ORGANIZAÇÃO ALCANCE SEUS OBJETIVOS

SENSO COMUM

LISTA DE FUNÇÕES

OBTER RECURSOS HUMANOS

MOTIVAR

TREINAR

RECRUTAR

ELABORAR

PROGRAMA

APLICAR

PROGRAMA

AVALIAR

PROGRAMA

DEFINIR PERFIS

vis o dos dados
Visão dos Dados

Descobrir as classes de dados potenciais

  • Pessoa
    • Cargo
    • Salário
  • Cliente
  • Produto
  • Venda
    • Pagamento
exemplo de matriz crud
Exemplo de Matriz CRUD

Cargo

Venda

Cliente

Salário

Produto

Pessoa

Pagamento

Criar Cargo

C

C

Contratar

U

U

C

U

U

U

C

Pagar

Cadastrar Produto

C

Cadastrar Cliente

U

C

U

U

U

C

Vender

relacionar dados e processos

Cargo

Salário

Pessoa

Pagamento

Produto

Cliente

Venda

Relacionar Dados e Processos

Dados

Processos

Criar Cargo

Contratar

Pagar

Cadastrar Produto

Cadastrar Cliente

Vender

Sistema de RH

Sistema de Vendas

conclus o
Conclusão

A rápida evolução e expansão da tecnologia da informação, nos últimos 40 anos, obriga gerentes a repensar seus negócios.

refer ncias
Referências
  • Tecnologia da Informação para Gestão; Turban, E; McLean, E.; Wetherbe, J.; Bookman; 2002.
  • Corporate Information Systems Management : Text and Cases, Fourth Edition By Applegage, Lynda M. / McFarlan, F. Warren / McKenney, James L.; 1996.
  • Information Systems Management in Practice, Fourth Edition; Sprague, Ralph H. / McNurlin, Barbara; Prentice-Hall; 1999.
  • Management Information Systems: Organization and Technology in the Networked Enterprise; Laudon, K., Laudon, J.; Prentice Hall; 2000.
  • Enterprise Architecture Planning : Developing a Blueprint for Data, Applications and Technology By Spewak, Steven; 1993.
  • Software Assessment, Benchmarks, and Best Practices; Capers Jones; Addison Wesley; 2000.
  • Redes de Valor; David Bovet; Joseph Martha; Negócios Editora; 2000.