reeduca o postural global l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Reeducação Postural Global PowerPoint Presentation
Download Presentation
Reeducação Postural Global

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 15

Reeducação Postural Global - PowerPoint PPT Presentation


  • 738 Views
  • Uploaded on

Reeducação Postural Global. Introdução Princípio do Método Individualidade : posição de encurtamento personalizado Causalidade : todo tratamento voltado para remontar as causas da lesão

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Reeducação Postural Global' - jana


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
reeduca o postural global
Reeducação Postural Global
  • Introdução
  • Princípio do Método
    • Individualidade:posição de encurtamento personalizado
    • Causalidade: todo tratamento voltado para remontar as causas da lesão
    • Globalidade: a maioria dos sintomas surgem da causa e com algum retardo; todo tto deve ser o mais abrangente possível para ser causal
slide2
2. Histórico
  • 1947 – Método de Françõis Mèzieres
  • Década de 70 – Philippe Souchard aperfeiçoou e patententeou o método

3. Definição

  • Método que utiliza alongamento, através de posturas, com o objetivo de corrigir às deformidades, controlar as compensações e eliminar a dor.
  • Procura através das conseqüências doas problemas, descobrir as causas deles e restituir a boa morfologia
slide3
4. Organização Muscular
  • Dois tipos de músculos
    • Estáticos → tônicos e fibrosos; 2/3 de nossa musculatura;
      • Para exercer esta função antigravitacional, que requer um estado de contração parcial, os músculos estáticos têm um alto teor de tecido conjuntivo e um tônus elevado.
      • Por isso eles tendem a se tornar hipertônicos, hipoflexíveis e encurtados, especialmente em casos de patologias ou estresse, podendo causar desvios em ossos e articulações
slide4
Dinâmicos → pouco tônicos e praticamente não fibrosos; relaxamento
    • Não tem nenhum papel na manutenção nem no freio, se há deformação, desvio e falta de amplitude articular → rigidez dos múscujos estáticos
    • Os músculos dinâmicos têm menos tecido conjuntivo e baixo tônus.
    • Daí a tendência a tornarem-se excessivamente flácidos e hipotônicos como, por exemplo, os músculos abdominais de pessoas sedentárias
slide5

CADEIA POSTERIOR

  • Espinhais, pélvicos, trocantéricos, grandes glúteos, isquiotibiais, poplíteos, tríceps sural e plantares
  • CADEIA ANTERIOR
  • Sistema suspensor do diafragma e das vísceras, ECM, longo do pescoço, escalenos, ilio psoas, fáscia ilíaca, adutores pubianos e tibial anterior

5. Cadeias Musculares

  • COMPROMETIMENTO:
  • Desequilibrios das curvas vertebrais; alteração do joelho
  • COMPROMETIMENTO:
  • Projeção da cabeça anterior; dorso encurvado;enrolamento do ombro
  • CADEIA ANTERIOR DO BRAÇO
  • Coracobraquial, bíceps, braquial, supinador longo, mm anteriores do antebraço, face hipotenar e tenar
  • CADEIA SUPERIOR DO OMBRO
  • Trapézio superior, deltóide, peitoral menor
  • COMPROMETIMENTO:
  • Cotovelo fletido, pronação do antebraço e flexão do punho e dedos

COMPROMETIMENTO:

Elevação dos ombros

slide6

CADEIA ANTERO-INTERNA DO OMBRO

  • Adutores, subescapular, feixe superior do peitoral maior
  • CADEIA LATERAL DO QUADRIL
  • Trato iliotibial, gluteo médio, fibulares, gluteo mínimo
  • COMPROMETIMENTO
  • Adução do ombro e rotação medial do ombro
  • CADEIA ANTERO-INTERNA DO QUADRIL
  • Iliopsoas, fáscia ilíaca, adutores
  • CADEIA INSPIRATÓRIA
  • Diafragma, ECM, escalenos, intercostais, espinhais dorsais e peitorais
  • COMPROMETIMENTO
  • aumento da lordose lombar; flexão de quadril e rotação medial e adução do quadril e joelho varo
  • COMPROMETIMENTO
  • Protração dos ombros e da cabeça e aumento da lordose
slide7
6. Posturas
  • As diversas posturas de correção empregadas no RPG decorrem logicamente dos diferentes problemas que acabam de ser evocados
  • Estiramentos permitem alongar cadeias musculares encurtadas
  • Como não são numerosas → várias cadeias dentro de uma postura
  • Cada família, dispõe ainda de postura diferentes, em posição deitada ou em pé
  • A escolha da postura → depende da avaliação
  • Os músculos são alongados progressivamente no sentido contrário a todas as suas fisiologias
  • A tensão sempre mantida → o corpo cede aos poucos → pontos de rigidez → insistência manual
slide8
Nas afecções crônicas → 1 sessão por semana; agudas → 2 sessões por semana
  • As sessões são individuais e duram cerca de 50 min a 1 hora, permitindo praticar cerca de 2 posturas diferentes

OBS:

  • Se as sessões forem seguidas de reações de fadiga ou de cãibras → diminuir a frequência, intensidade e duração
  • Quando uma correção for feita, ela deve ser mantida em permanência durante a continuação do exercício.
slide10

Família de posturas em abertura de quadril, braços fechados

RÃ NO CHÃO, BRAÇOS FECHADOS

EM PÉ CONTRA A PAREDE

slide11

Família de postura em abertura de quadril, braços abertos

POSTURA DE PÉ NO MEIO

RÃ NO CHÃO, BRAÇOS ABERTOS

slide12

Famílias de posturas em fechamento de quadril, braços fechados

POSTURA SENTADA

RÃ NO AR, BRAÇOS FECHADOS

slide13

Família de posturas em fechamento de quadril, braços abertos

POSTURA DE PÉ, INCLINADO PARA FRENTE

RÃ NO AR, BRAÇOS ABERTOS

slide14
7. Indicações
  • Algias de origem reumato-ortopédica crônica ou aguda
  • Desvio de coluna vertebral e deformações
  • Seqüelas de traumatismo
  • Alterações do sistema muscular respiratório
  • Cefaléias
  • Repercussões sobre o esquema corporal decorrentes de afecções psicossomáticas.
slide15

ANTES

DEPOIS

DEPOIS

ANTES