Elazier Barbosa elazierbarbosa@hotmail - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Elazier Barbosa elazierbarbosa@hotmail PowerPoint Presentation
Download Presentation
Elazier Barbosa elazierbarbosa@hotmail

play fullscreen
1 / 6
Elazier Barbosa elazierbarbosa@hotmail
89 Views
Download Presentation
irma
Download Presentation

Elazier Barbosa elazierbarbosa@hotmail

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. FALTA DE TEMPO Elazier Barbosa elazierbarbosa@hotmail.com

  2. Estamos vivendo numa época em que a falta de tempo é muito grande ou estamos sendo envolvidos por um excesso de mídias que sobrepujam nossa capacidade de efetuar retornos? Talvez as duas coisas. Assim aceitando, temos que nos orientar por novas maneiras de enfrentar essa realidade. Existem soluções. Basta estar motivado , querer por em práticas e por as mãos na massa Parece que a realidade da falta de tempo é algo recorrente nossa era. Conseguimos esticar o tempo. Não, não estou falando de ficção científica, tema que gosto muito e até me lembrei de H.G. Wells que escreveu "A Máquina do Tempo", em 1895. Nos primórdios dos tempos da humanidade, o homem ia dormir quando o sol de punha e acordava ao amanhecer. Acho que ele realmente dormia, não deveria ter insônia, pois na fauna pré-histórica, acho que o leão do Imposto de Renda não existia Pressupõe-se que ao dominar o fogo, conseguiu-se a primeira "esticadinhada" do tempo. Podia em volta de uma fogueira dentro de uma caverna junto com os seus companheiros manter-se acordado por mais um tempo, talvez comendo um churrasquinho ao ponto de um pterodáctilo (ver cardápio na Wikipédia).

  3. Já na era mais atual, graças à eletricidade, a tal "esticadinha" foi tanta, que se fosse possível viver sem dormir poderíamos ficar sem mais trevas 24 horas por dia. E aí é que mora o perigo! Então com todos esse tempo criado pela eletricidade, quer dizer que podemos fazer tudo que queremos. Ledo engano! Tempo e dinheiro, quanto mais temos mais queremos. O uso excessivo ou inadequado de ambos quase sempre nos leva a uma desgraça certa. Mas não só a eletricidade que nos fez ganhar tempo; começamos andando a pé, passamos para o lombos dos animais, criamos veículos terrestres, marítimos e chegamos no avião. Mas continuamos sem tempo para fazer tudo. No entanto a verdade é uma só. 60 minutos são os mesmos para todos. Mas alguns conseguem usá-los melhor (e mais)do que outros! Levando para o lado administrativo a falta de tempo, deu origem às diversas técnicas criadas para eliminar ou pelo menos reduzir essa problemática. No entanto dada às condições em que vivemos nesse mundo de intenso relacionamento gerado, especialmente pelas redes sociais, não temos condições de participar, compartilhar em tudo que gostaríamos, pois temos muitas prioridades a serem atendidas. Assim quando deixamos de dar atenção à alguém ou a um assunto não é simplesmente uma questão pessoal, é uma questão resultante de escolhas prioritária que fazemos.

  4. Algumas dessas decisões tomadas podem desagradar determinadas pessoas que nos é muito querida, mas é possível através de um planejamento reduzir esse atrito e tirar melhor proveito do nosso exíguo tempo. Mas se o tempo pra você não é problema, legal! Mas se está faltando tempo algo está errado e preciso que se avalie como ele está sendo usado. Podemos fazer uma lista de orientações básicas, mas que não nunca estará completa, pois novas situações sempre aparecem: [1]Fazer uma lista que em vez de anotar como se gasta dinheiro, anotar como se gasta tempo. Com certeza vai-se ter algumas surpresas e condições de ajustar os ponteiros. An passant : "Time, oh my friends, is money!",( Edward Bulwer- (1803 -1873) Assim poder-se-á investir tempo em vez simplesmente gastá-lo [2]Separar o importante do urgente. Nem sempre urgente deve ter prioridade sobre o importante. O tempo é uma coberta curta; se a gente aplica o tempo num assunto deixa o outro com as "pernas de fora", passando frio. Segundo Northcote Parkinson,"O trabalho expande-se de forma que acaba usando todo o tempo disponível para sua realização. A avó que escreve uma carta para a neta, tem todo o tempo do mundo, essa carta poderá levar uma semana para ser escrita." Mas o e-mail para o seu chefe tem que ser pra ontem!

  5. [3]Considerar a famosa divisão das 24 horas do dia em 3 partes: 8 para dormir; 8 para trabalhar; 8 para faz coisas que não sejam nem dormir ou trabalhar . Mas parece que a Internet bagunçou essa regra. O resultado foi que reduzimos o tempo pra dormir, e o de descansar para ficar pressionando teclas e olhando para a telinha mágica. A Internet tem uma incrível capacidade de "criar" coisas que sugam o tempo que temos e o que não temos. Os e-mails surgem como de duma "geração espontânea", acompanhados pelos indesejáveis e nunca totalmente eliminados ,spam O tempo de trabalho? Bem está meio difícil mexer nele, mas se considerar que nas fábricas do início da Revolução Industrial os empregados chegavam a trabalhar até 18 horas por dia ... Estamos em situação parecida com o trânsito; os quilômetros de ruas que continuam os mesmos e até menos operacionais com os acidentes de percursos ,são os nossos 60 segundos. A quantidade de coisas para fazer são como os carros que entopem as ruas, resultado das montadoras de automóveis que os produzindo vão colocando-os aos milhares nas ruas de hoje que são iguais ou menores do que as de ontem. Woops! lá se foi mais uma parte do meu tempo!

  6. http://newwayexcel.com.br/ (Owner) Página Link http://newwayexcel.com.br/administracao-geral-2/ Manager do SubForumBlackBelt – Excel – EmoryUniversity – Atlanta – USA – Para a língua Portuguesa envolvendo Brasil e Portugal CARO COLEGA, AFILIE-SE NO NOSSO FORUM DE EXCEL Link: • https://www.linkedin.com/groups?mostRecent=&gid=4621555&trk=my_groups-tile-flipgrp http://www.linkedin.com/profile/view?id=133175519&goback=%2Enmp_*1_*1_*1_*1_*1_*1_*1_*1_*1_*1&trk=spm_pic