slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
American Journal of Cardiology 2011; 108: 355-358 PowerPoint Presentation
Download Presentation
American Journal of Cardiology 2011; 108: 355-358

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 33

American Journal of Cardiology 2011; 108: 355-358 - PowerPoint PPT Presentation


  • 131 Views
  • Uploaded on

Comparison of One-Year Outcomes of Percutaneous Coronary Intervention Versus Coronary Artery Bypass Grafting in Patients With Unprotected Left Main Coronary Artery Disease and Acute Coronary Syndromes (from the CUSTOMIZE Registry). American Journal of Cardiology 2011; 108: 355-358

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'American Journal of Cardiology 2011; 108: 355-358' - hilda-brooks


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Comparison of One-Year Outcomes of Percutaneous CoronaryIntervention Versus Coronary Artery Bypass Grafting in PatientsWith Unprotected Left Main Coronary Artery Disease and AcuteCoronary Syndromes (from the CUSTOMIZE Registry)

slide2
American Journal of Cardiology 2011; 108: 355-358

Cardiovascular Departament, Ferrarotto Hospital, University of Catania, Italy.

Apresentação

Drº Jorge de Camargo Neto

introdu o iv
Introdução IV
  • O presente reporta 01 ano de segmento clínico
  • TCE e SCA = ATC x Cirurgia.
m todos
Métodos
  • Avaliação de estratégia Personalizada
  • 02 centros participantes a partir de 2002

AI

  • DES x cirurgia – TCE e SCA

IAM SSST

IAM CSST

  • Evolução clínica até 01 ano.
met dos ii
Metódos II
  • Não randomizado
m todos iii
Métodos III
  • Escolha do DES, IVUS, BIA, a critério do operador.
  • Uso de um ou dois stents bifucarções Provisional

Crush

Kissing Balloon

  • Clopidogrel ≥ 6 meses
  • AAS
m todos vi
Métodos VI
  • Objetivo primário MACE em 1 ano Follow-up
m todo vii
Método VII
  • Angiografia recomendada com 6 e 9 meses após procedimento nos pacientes de ATC
  • Paciente de alto risco para CAT e aqueles sem sinais de isquemia que declinaram não realizaram CAT de rotina
  • Cirúrgia – CAT só sujerido para aquelas com sinais de isquemia.
resultados v2
Resultados V

EuroSCORE European System for Cardiac Operative Risk Evaluation score.

* Defined as serum cholesterol 200 mg/dl.

† Defined as successful treatment of all vessels 1.5 mm in diameter with stenosis 50% as identified by the interventional cardiologist and cardiac

surgeon after coronary angiography and estimated after the procedure by the investigators.

resultados vi
Resultados VI
  • MACE 30 dias ATC 1,4% x 2,5% cirurgia - NS
  • Mace 1 ano ATC 14% x 5% cirurgia – S
  • Revascularização alvo 8,1% x 1,2% - S
  • Morte e IAM - NS
resultados ix
Resultados IX
  • Apresentação clínica (AI, IAM SSST, IAM CSST) não interagiu com o tipo de tratamento (ATC x cirurgia) no sentido de elevar o MACE.
discuss o iv
Discussão IV
  • A ATC é mais praticada em pacientes com alto risco clínico dificultando a comparação.
  • Há 10 anos a ATC tornou-se o tratamento mais comum em TCE com SCA oferecendo pronta reperfusão e risco de AVC com resultados promissores dos DES e terapêutica antiplaquetária.
discuss o v
Discussão V
  • Estudo Grace
  • 1799 pacientes com TCE
  • ATC x cirurgia x tratamento clínico inicial
  • Sobrevida após 6 meses > ATC e cirurgia

< Tratamento clínico

  • Não há dados suficientes para comparar ATC x cirurgia
  • Apenas 30% de DES.
discuss o vi
Discussão VI
  • Achados revascularização em ATC dado por MACE devido ao risco de TLR
  • Esses dados são consistentes com 2 pequenos trials randomizados, analises estas influenciadas pelo SINTAX.
discuss o vii
Discussão VII
  • Limitação deste estudo: não randomizado/ personalizado
  • Ajustes com analise multivariadas não são totalmente apropriadas porque só a randomização pode oferecer uma embasada comparação dos tratamentos.
discuss o viii
Discussão VIII
  • O beneficio da cirurgia presumivelmente aumenta com o tempo.
  • Dados adicionais e follow-up mais longos serão necessários.