slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CULTURA ORGANIZACIONAL PowerPoint Presentation
Download Presentation
CULTURA ORGANIZACIONAL

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 39

CULTURA ORGANIZACIONAL - PowerPoint PPT Presentation


  • 316 Views
  • Uploaded on

CULTURA ORGANIZACIONAL. CONCEITO DE CULTURA . “Aprendizado coletivo ou compartilhado, que uma unidade social ou qualquer grupo desenvolve enquanto sua capacidade para fazer face ao ambiente externo e lidar com suas questões internas”. Shein. CULTURA ORGANIZACIONAL.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'CULTURA ORGANIZACIONAL' - hal


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
conceito de cultura
CONCEITO DE CULTURA

“Aprendizado coletivo ou compartilhado, que uma unidade social ou qualquer grupo desenvolve enquanto sua capacidade para fazer face ao ambiente externo e lidar com suas questões internas”. Shein.

cultura organizacional
CULTURA ORGANIZACIONAL

Profª Drª. Sonia Romero

slide4

Elementos visíveis e conscientes.

Valores. Percepções e interpretações; não tão conscientes.

Pressupostos básicos. Sistema de valores, crenças, concepções, paradigmas; subconscientes.

conceito de c o
CONCEITO DE C.O.

“É um conjunto de pressupostos básicos, que determinado grupo inventou, descobriu ou desenvolveu ao aprender a lidar com os problemas de adaptação externa e integração interna. Uma vez que os pressupostos tenham funcionado bem o suficiente para serem considerados válidos, são ensinados aos demais membros como a maneira correta de perceber, pensar e sentir em relação a estes problemas.”

slide6

CULTURA ORGANIZACIONAL

  • “Aqui as coisas funcionam assim!”
  • “Você vai se acostumar...”
  • “Você é novo, aqui não funciona assim!”
  • “Com o tempo você aprende!”
  • “Cuidado, aqui é diferente!”
  • “Você é novo ainda!”
elementos da cultura organizacional
ELEMENTOS DA CULTURA ORGANIZACIONAL
  • CRENÇAS E PRESSUPOSTOS;
  • VALORES;
  • RITOS, RITUAIS E CERIMÔNIAS;
  • ESTÓRIAS E MITOS;
  • TABUS;
  • HERÓIS;
  • NORMAS;
  • SISTEMA DE COMUNICAÇÃO.
1 cren as e pressupostos
1. Crenças e Pressupostos
  • Expressam aquilo que é tido como verdade na organização;
  • São naturalizados e inquestionáveis;
  • Vistos como “processo evolutivo”, mas que não muda as coisas já apreendidas;
  • Possuem a função secundária da estabilidade.
2 valores
2. Valores

“Os valores representam a essência da filosofia da organização para o alcance do sucesso, pois eles fornecem um senso de direção comum para todos os empregados e um guia para o comportamento diário.”

slide11

Os valores são definições do que é importante para a organização atingir o sucesso e apesar das empresas tentarem “personalizar” seus valores, alguns podem ser considerados comuns a várias delas, como: importância do consumidor; busca da excelência e qualidade, motivação etc.

2 valores organizacionais
2. Valores Organizacionais
  • São as crenças e conceitos básicos numa organização;
  • Formam o coração da cultura;
  • Definem o sucesso em termos concretos para os empregados;
  • Estabelecem os padrões que devem ser alcançados na organização
  • Indicam que questões são, prioritariamente, observadas;
  • Determinam o quanto “longe” a pessoa pode ascender na organização;
  • Comunicam ao mundo exterior o que ele pode esperar da organização.
3 ritos rituais e cerim nias
3. Ritos, Rituais e Cerimônias

Os Ritos, Rituais e Cerimônias são exemplos de atividades planejadas que têm conseqüências práticas e expressivas, tornando a cultura organizacional tangível e coesa.

  • São visíveis e penetrantes;
  • Lado criativo da cultura;
  • Guiam o comportamento, o como “jogar” e “divertir-se”.
ritos organizacionais mais aplicados

Integração

(novos funcionários)

Redução de

conflitos

Passagem

(mudanças de posição

ou status)

Renovação

(melhorias que

estão sendo feitas)

Degradação

(demissões,

aposentadorias)

Reforço (celebrações

do êxito)

Ritos Organizacionais mais aplicados

Ritos

Organizacionais

4 est rias e mitos
4. Estórias e Mitos

Estórias são narrativas baseadas em eventos ocorridos, são simbólicas e flexíveis:

- informam sobre a organização;

- reforçam comportamento existente;

- enfatizam como este comportamento se ajusta ao ambiente organizacional.

Mitos se referem a estórias condizentes com a organização, porém, não sustentadas por fatos.

caracter sticas das est rias
Características das Estórias
  • Concretas;
  • Conhecimento comum;
  • As pessoas acreditam nelas;
  • São um tipo informal de “Contrato Social”;
  • Fáceis e rápidas de memorizar;
  • Enfocam exemplos de políticas e práticas da GP;
5 tabus
5. Tabus

Os tabus cumprem o papel organizacional de orientar o comportamento, demarcando áreas de proibições.

Os tabus colocam em evidência o aspecto disciplinar da cultura com ênfase ao não permitido.

6 her is
6. Heróis
  • Personificam os valores da organização;
  • Condensam a força da organização;
  • São os responsáveis pela criação da organização;
  • Têm coragem e persistência de “fazer o que todos almejam, porém têm medo de tentar”.
6 her is1
6. Heróis
  • Tornam o sucesso atingível e humano;
  • Fornecem modelos;
  • Simbolizam a organização para o mundo exterior;
  • Preservam o que há de especial;
  • Estabelecem padrões de desempenho;
  • Motivam os empregados, fornecendo uma influência duradoura.
7 normas
7. Normas
  • São os comportamentos esperados, aceitos e apoiados pelo grupo, fixados de modo formal ou informal, através dos quais as pessoas são recompensadas ou punidas, confrontadas ou encorajadas, ou postas em ostracismo quando violam as normas;
  • A escolha das normas é guiada pelos pressupostos, valores, tabus; divulgadas através da comunicação, heróis, ritos, rituais, estórias e outros elementos.
7 normas1
7. Normas
  • A escolha das normas é precedida pelos pressupostos, valores, tabus;
  • São divulgadas através da comunicação, heróis, ritos, rituais, estórias e outros elementos.
8 comunica o
8. Comunicação

O Sistema de Comunicação através da interação social cria, sustenta, transmite e muda a cultura organizacional;

pap is da rede de comunica o organizacional
Papéis da Rede de Comunicação Organizacional
  • Contadores de Estórias;
  • Padres;
  • Confidentes;
  • Fofoqueiros;
  • Espiões;
  • Conspiradores.
pap is da rede de comunica o organizacional1
Papéis da Rede de Comunicação Organizacional

1. Contadores de Estórias – são pessoas poderosas, podem mudar a realidade (subjetividade da interpretação), têm acesso à grande volume de informações.

slide25
2. Padres – guardiões dos valores culturais, ouvem confissões e têm soluções para os dilemas éticos, mantêm o grupo junto, relacionam o passado com o presente.

Profª Drª. Sonia Romero

slide26
3. Confidentes – detentores do poder trás do trono, hábeis em ler a mente do chefe e criar sistemas de contatos, para obter o que desejam.
slide27
4. Fofoqueiros – sabem tudo, nomes, davas, eventos, dão um ‘colorido especial’ aos eventos corriqueiros, são pessoas vistas como ‘divertidas”, podem ser utilizados pelo poder.

Profª Drª. Sonia Romero

slide28
5. Espiões – lealdade para com os chefes, acesso a diferentes pessoas, ouvindo e descobrindo quem está por trás das coisas. Comum em novos funcionários.
slide29
6. Conspiradores – grupos de duas ou mais pessoas que se reúnem secretamente buscando um objetivo comum, geralmente relacionado com a autopromoção.
as sete caracter sticas s o
As sete características são:

Orientação para as pessoas

O grau em que as decisões levam em consideração o efeito dos resultados sobre as pessoas dentro da organização.

slide32

Inovação e assunção

de riscos

O grau em que os funcionários são estimulados a serem inovadores e assumirem riscos.

slide33

Atenção aos detalhes

O grau em que se espera que os funcionários demonstrem precisão, análise e atenção aos detalhes.

slide34

Orientação para os

resultados

O grau em que os dirigentes focam os resultados mais do que as técnicas e os processos empregados para o alcance deles.

slide35

Orientação para equipe

O grau em que as atividades de trabalho são organizadas mais em termos de equipes do que de indivíduos.

slide36

Agressividade

O grau em que as pessoas são competitivas e agressivas, em vez de dóceis e acomodadas.

slide37

Estabilidade

O grau em que as atividades organizacionais enfatizam a manutenção do status quo em contraste ao crescimento.

a cultura
A Cultura é...
  • Sutil, intangível, implícita e sempre presente.
  • Conjunto básico de premissas, convicções e regras implícitas que governam o comportamento no dia-a-dia do trabalho.
refer ncias bibliogr ficas
Referências Bibliográficas
  • FLEURY, Maria Tereza Lene; FISCHER, Rosa Maria. Cultura e Poder nas Organizações. São Paulo: Atlas, 2 ed. 2006.