slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Parte 2 PowerPoint Presentation
Download Presentation
Parte 2

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 25

Parte 2 - PowerPoint PPT Presentation


  • 99 Views
  • Uploaded on

Parte 2. Julgar. Nas Sagradas Escrituras. Na história da Igreja. 2ª parte do Texto Base. J o v e n s. Seguidores de Cristo. Composta por cinco pontos. No coração da Igreja. Protagonismo dos Jovens. Jovens nas Sagradas Escrituras.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Parte 2' - gram


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Parte 2

Julgar

slide2

Nas Sagradas Escrituras

Na história da Igreja

2ª parte do Texto Base

J o v e n s

Seguidores de Cristo

Composta por cinco pontos

No coração da Igreja

Protagonismo dos Jovens

slide3

Jovens nas Sagradas Escrituras

  • A Palavra de Deus e a história da Igreja apresentam vários testemunhos de jovens que, valorizados e chamados por Deus, assumiram sua vocação de missionários da vida plena em contextos não condizentes ao projeto de Deus.
slide4

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Antigo Testamento

No livro do Gn, Rebeca responde de maneira firme e decidida à vontade de Deus;

José do Egito mostra discernimento para interpretar a vontade Deus, salva da fome o seu país e sua família;

Samuel coloca-se à disposição do Senhor, se torna um importante líder religioso;

Davi foi escolhido para ser ungido rei de Israel;

Salomão solicita a Deus a sabedoria para poder discernir e promover a justiça.

slide5

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Antigo Testamento

Os sete jovens do 2º Livro dos Macabeussofrem martírio para serem fiéis à Lei;

Ester salva a vida de seu povo, libertando-o da opressão e da dor;

Daniel intervém em favor da casta Susana

Ezequiel revela que a fidelidade de Deus à Aliança é maior que a infidelidade do povo

slide6

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento

Jesus instaura o Novo Reino

Pela Encarnação de seu próprio Filho, Deus se revela de forma radical;

“Rosto humano de Deus e o rosto divino do homem”;

Nasce pobre, vive pobre e com os pobres, partilha suas angústias e esperanças (Lc 4,16-20; 15,2);

slide7

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento

Jesus instaura o Novo Reino

Faz opção pelos os pobres e marginalizados, assumindo um projeto de libertação deles. Como consequência , enfrenta os conflitos com aqueles que promoviam a exclusão social e religiosa.

slide8

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento

Jesus instaura o Novo Reino Jesus e o jovens

  • Acolhe a jovem mãe excluída da sociedade da época, cura sua filhinha (Mc 7,24-30);
  • Demonstra compaixão na parábola dos dois filhos (Mt 21, 28-32) – acredita na regeneração e no perdão dos erros da juventude (Lc 15,11-24);
  • Convida os jovens a um novo caminho e a viverem seu projeto de desapego aos bens (Lc 18,18-23);
slide9

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento

Jesus instaura o Novo Reino

Jovialidade do Projeto de Jesus Cristo

  • A jovialidade, consistia, na apresentação da novidade do REINO como renovação radical da relação com Deus e com os irmãos; e isto tinha também consequências radicais diante do sistema de sociedade que vigorava na época. “O cristão não deve ser graxa para amaciar as engrenagens do sistema de morte, mas areia para travar essas engrenagens”.
slide10

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento

Jesus instaura o Novo Reino

Jovens que procuram referenciais

  • Jesus de Nazaré é modelo a ser seguido, seu modo de viver, atitudes a serem assumidas hoje.
  • Intimidade com a Trindade (cfJo 6,38);
  • Coerência, autenticidade cfLc 4,22);
  • Sua misericórdia, seu acolhimento (cfMt 18,21);
  • Seu senso de diálogo (cfLc 9,49-50);
  • Sua capacidade de amar (cfMt 20,28);
slide11

Jovens nas Sagradas Escrituras

No Novo Testamento

Maria, modelo de seguimento

  • Maria de Nazaré é a jovem que contribui com a História da Salvação se apresentando com fé, obediência, coragem e liderança.
  • Maria de Nazaré, perfeita discípula e pedagoga da evangelização da juventude;
  • Maria de Nazaré, é exemplo de missionária, de amiga, de sensibilidade social e pessoal;
  • Maria de Nazaré, modelo de seguimento de Jesus Cristo;
slide12

Jovens nas Sagradas Escrituras

NT

O mais novo dos Apóstolos – escutou de Jesus as últimas confidências (cfJo 13,23);

Acompanhou Jesus até os pés da Cruz, amparou Maria, sua mãe (cfJo 19,25-27);

João

D i s c í p u l o s J o v e n s

Não era Apóstolo, mas foi o primeiro Evangelista, escreveu aquilo que viu e ouviu de Jesus, quando era adolescente;

Como jovem viveu uma mudança de época, transição dos tempos do AT para o NT; coragem de assumir a fé, mesmo em tempo de perseguição;

Marcos

slide13

Jovens nas Sagradas Escrituras

NT

Apóstolo, ainda jovem foi perseguidor da Igreja nascente (cf At7,58); ainda jovem converteu-se, radicalmente ao Evangelho, após uma forte experiência no Caminho de Damasco (cf A 9,1-9).

Exemplo de jovem capaz de mudar de vida, abandonando os caminhos da morte e aderindo ao Evangelho .

D i s c í p u l o s J o v e n s

Paulo

slide14

Jovens nas Sagradas Escrituras

NT

Jovem, por que Jesus é o

CAMINHO, VERDADE,E A VIDA?

O único Caminho para a felicidade plena;

A Verdade porque é a plena Revelação de Deus;

J E S U S C R I S T O

É a Vida porque é o vencedor da morte,

do pecado e do mal no mundo;

slide15

A Igreja entende que o jovem se constitui em um “lugar teológico” privilegiado, isto significa acolher a voz de Deus que fala por ele. Precisamos aprender a ler e a desvelar os sinais de Deus através da novidade da cultura juvenil.

“ L U G A R T E O L Ó G I C O”

J O V E M

slide16

Encontro do Jovem com a Palavra de Deus

O jovem precisa fazer a experiência de fé, muito mais do que apenas compreendê-la racionalmente.

A catequese – iniciação à vida cristã

atinge milhares de jovens todos os anos.

“no coração da catequese aos jovens está a proposta explícita do seguimento de Cristo” - Diretório Nac. de Catequese.

A Leitura Orante

das Sagradas Escrituras

Proporciona aos jovens oportunidade de caminhar com as próprias pernas em sua espiritualidade. Crer na Palavra de Deus para o crescimento do jovem;

jovem olhando o retrovisor de sua hist ria da igreja para a sociedade para o mundo

JOVEM, olhando o retrovisor de sua história; da Igreja, para a sociedade, para o mundo...

J A C

J E C

J I C

J O C

J U C

slide18

Atuação juvenil

na Igreja do Brasil

No início dos anos 60, já sob o pontificado de João XXIII, seguindo as marchas das ideias provenientes do Concílio Vat. II, a Ação Católica contava com cinco organizações destinadas aos mais jovens;

slide19

Juventude Agrária Católica (JAC)

Formada por jovens do campo;

Atuação juvenil

na Igreja do Brasil

Juventude Estudantil Católica (JEC)

Formada por jovens do ensino médio;

Juventude Independente Católica (JIC)

Formada por jovens que não fossem abrangidos pelas demais organizações;

Juventude Operária Católica (JOC)

Jovens que atuavam no meio operário;

Juventude Universitária Católica (JUC)

Constituída por estudantes de nível superior;

slide20

Na década de 60, um pouco antes, Ação Católica;

Atuação juvenil

na Igreja do Brasil

Década de 70: movimentos de encontro;

Setor Juventude e Pastoral Orgânica;

1992 : CF da JUVENTUDE;

1996 e 1998, dois Estudos da CNBB: Pastoral da Juventude no Brasil e Marco Referencial da Pastoral da Juventude do Brasil;

2011: Comissão Episcopal para a Juventude e Jornada Mundial da Juventude;

2013: CF da Juventude e JMJ

slide21

Configuração

da Igreja

Protagonismo

Juvenil

Como disse Bento XVI em 2007: “A Igreja precisa dos jovens para manifestar ao mundo o rosto de Cristo, que se desenha na comunidade. Se a comunidade eclesial não se abre para o protagonismo juvenil, pode apresentar uma Igreja desfigurada”.

slide22

Configuração

da Igreja

Protagonismo

Juvenil

As organizações juvenis são convocadas e se engajar a luta por uma sociedade mais justa, fraterna e solidária;

Encurtar a distância entre fé e o compromisso social. Os processos de educação na fé precisam despertar para defesa da vida e de toda forma de vida que nos rodeia;

slide23

CF 2013

Conclama os jovens e com eles, toda a Igreja, a contagiar com alegria e criatividade juvenis as estruturas sociais e eclesiais, a fim de cuidar melhor dos jovens sofridos, abrindo para eles os braços da caridade e as portas da inclusão.

slide24

Trabalho em Grupos

1 – Quais as principais provocações que o JULGAR trouxe para nós?

2 – Quais os princípios apresentados no JULGAR que foram mais marcantes e que devem nortear a CF 2013?

campanha da fraternidade
Campanha da Fraternidade

2013

Obrigado!

Elaborado por:

Pe. José Altevir da Silva, CSSp