slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Geografia 2011/12 PowerPoint Presentation
Download Presentation
Geografia 2011/12

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 25

Geografia 2011/12 - PowerPoint PPT Presentation


  • 125 Views
  • Uploaded on

Geografia 2011/12. Modo de vida rural e urbano. Espaço rural. Espaço urbano . É o espaço destinado principalmente às atividades do setor primário (agricultura, pecuária, silvicultura...) e que compreende também as habitações da população rural.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Geografia 2011/12' - gaenor


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
espa o rural
Espaço rural

Espaço urbano

É o espaço destinado principalmente às atividades do setor primário (agricultura, pecuária, silvicultura...) e que compreende também as habitações da população rural.

É o espaço ocupado pelas cidades e outros centros urbanos.

slide4

No espaço urbano

O povoamento é concentrado

Com elevada densidade populacional

Construções em altura

Actividades económicas ligam-se ao comércio,

serviços

e indústria.

slide5

No espaço rural

disperso

O povoamento pode apresentar-se:

concentrado

Linear ao longo das vias de comunicação

Pontual (como acontece nos montes alentejanos)

slide6

Diferenciação dos aglomerados rurais e urbanos

HABITAÇÕES

PROFISSÕES

As pessoas trabalham em actividades do setor primário (agricultura, criação de gado, etc)

As casas são unifamiliares (individuais) e raramente excedem dois pisos.

Aglomerados

rurais

TRANSPORTES

Manifestações culturais

Poucos ou nenhuns transportes públicos e reduzida circulação automóvel

Pouca oferta de atividades culturais, mas possuem manifestações tradicionais que se transmitem de geração em geração.

slide7

Diferenciação dos aglomerados rurais e urbanos

HABITAÇÕES

PROFISSÕES

A população dedica-se ao comércio, serviços e indústria. Existe um vasto leque de profissões, o que gera grande diferenciação social.

Predominam prédios altos capazes de alojar várias famílias: Os espaços livres são escassos.

Aglomerados

urbanos

TRANSPORTES

Manifestações culturais

Existe uma densa rede de transportes públicos e um elevado número de parques de automóveis privados.

Apresentam grande variedade de atividades culturais (cinema, teatro, concertos, museus, dança, etc)

popula o rural
População rural

Antes da Revolução industrial , a maioria das pessoas

Vivia em pequenas aldeias

e trabalhava na agricultura

Tratava-se de umapopulação rural

População que habita nas áreas rurais e trabalha, predominantemente, na agricultura

popula o urbana
População Urbana

Após a Revolução industrial , as cidades começaram a crescer.

Grande número de pessoas

Trabalha e vive nas cidades

Tratava-se de umapopulação urbana

População que habita nas áreas urbanas e trabalha, essencialmente, na indústria, no comércio e serviços.

o que uma cidade
O que é uma cidade?

Aglomeração populacional de grande dimensão em que a população trabalha essencialmente no sector secundário e terciário.

crit rios de defini o de cidade
Critérios de definição de cidade

Apesar de todas as diferenças entre o espaço rural e o espaço urbano, há certas características que um aglomerado populacional deve possuir para ser elevado à categoria de cidade. Para tal, a Legislação Portuguesa decidiu estabelecer algumas regras:

Legislação Portuguesa para a criação de cidades - Lei n.º 11/82 de 2 de Junho

Artigo 13º

Uma vila pode ser elevada à categoria de cidade quando tem um númerode eleitores, em aglomerado populacional contínuo, superior a 8000 e possua, pelo menos, metade dos seguintes equipamentos colectivos:

  • Instalações hospitalares com serviço de permanência
crit rios de defini o de cidade1
Critérios de definição de cidade
  • Corporação de bombeiros
  • Farmácias
  • Casa de espectáculos e centro cultural
  • Museu e biblioteca
slide13

Instalações de hotelaria

  • Estabelecimento pré-primários e infantários
  • Estabelecimento de ensino preparatório e secundário
  • Transportes públicos, urbanos e suburbanos
slide14

Parques ou jardins públicos

  • Atividades económicas ligadas aos setores secundário e terciário

Artigo 14º

Importantes razões de natureza histórica, cultural e arquitetónica poderão justificar uma ponderação diferente dos requisitos enumerados no artigo anterior.

slide18

Cidade: foco de atracção populacional?

 Porquê?

  • Apresentam grande variedade de atividades económicas que proporcionam postos de trabalho, oportunidades de emprego;
  • Proporcionam aumento de qualidade de vida porque dispõem de infra-estruturas ao nível de educação, saúde e diversão;
  • Às vezes é a única hipótese de sobrevivência.
slide19

O QUE DESENCADEOU O FORTE CRESCIMENTO URBANO A PARTIR DE 1800? (SÉC. XIX)?

        • A revolução Industrial e Revolução agrícola.
  • PRINCIPAIS FACTORES DE CRESCIMENTO URBANO:

Países Desenvolvidos ou industrializados

  • A partir da Revolução Industrial  necessidade de mão-de-obra na indústria desencadeou enormes fluxos de populações rurais em direcção às cidades em busca de melhores salários e melhores condições;
  • A modernização da agricultura (mecanização)  libertou mão-de-obra rural, cuja alternativa era procurar trabalho na cidade.
  • Nestes países:
  • A indústria foi perdendo peso como factor de atracção das populações rurais
slide20

Países Desenvolvidos ou industrializados (cont.)

Atualmente

é o setor terciário (transportes, comércio, bancos, escritórios, etc.) que mais mão-de-obra absorve.

Devido ao maior desenvolvimento deste setor

Rápidos progressos tenológicos na indústria (automatização)

Implicam progressiva redução das necessidades de mão-de-obra no setor industrial.

Atualmente o êxodo rural está em regressão  desenvolvimento de atividades económicas e infra-estruturas que levam à quebra de isolamento das áreas rurais e contribuem para a fixação da população.

slide21

Países em Vias de Desenvolvimento (Países em Desenvolvimento)

  • Séc. XX, 2ª metade (1950)  a forte urbanização é consequência das migrações intensas do campo para a cidade (êxodo rural)  estas migrações são resultado do forte crescimento demográfico que tem provocado graves situações de pobreza.

 A produção do campo não acompanha as necessidades da população e como as cidades são locais de concentração de postos de trabalho, é aí que a população procura meios de sobrevivência mais condignos.

slide22

Países em Vias de Desenvolvimento (Países em Desenvolvimento)

Famílias rurais  maioria analfabetas e sem qualificação profissional

ao chegarem à cidade verificam que esta não corresponde às suas expectativas

oferta de trabalho é muito inferior à procura

Consequentemente

muitas pessoas lançadas no desemprego ou sujeitas a condições de trabalho próximas da escravatura.

sem possibilidades económicas para adquirir habitação condigna, estas famílias vêem-se obrigadas a viver em bairros da lata onde prolifera a pobreza, doenças, droga, prostituição, violência e crimes.

slide23

Países em Vias de Desenvolvimento (Países em Desenvolvimento)

Exemplos: favelas no rio de Janeiro; carriadas na cidade de Lima (Peru); tugúrios na cidade de Caracas (Venezuela).

Favelas

Tugúrios

Na América Latina, África e Ásia  crescimento urbano resultado do explosivocrescimento natural e do êxodo rural.

Muitos destes países instabilidade política, catástrofes naturais, guerras, explicam a deslocação para as cidades. Por exemplo, no México a erosão dos solos e desertificação leva as pessoas de áreas rurais para as cidades.

slide24

AS GRANDES CONCENTRAÇÕES URBANAS

-

Correspondem na sua maioria a cidades

URBANIZAÇÃO Crescimento da cidade e da população urbana, assim como as mudanças associadas a este desenvolvimento.

Taxa de urbanizaçãoÉ a percentagem de população que vive nas cidades, relativamente à população total

População urbana

Taxa de urbanização =

X 100

População total

….%

Taxa de urbanização =

Interpretação: Em cada 100 habitantes …. vivem nas cidades.

slide25

Exercícios

TU= 28000000 x 100

35000000

TU= 80%

Interpretação do resultado obtido: Em cada 100 habitantes da Venezuela 80 vivem nas cidades.

TU= 68972000 x 100

80000000

TU= 86,2%

Interpretação do resultado obtido: Em cada 100 habitantes da Alemanha 86 vivem nas cidades.

TU= 6901000 x 100

10300000

TU= 67%

Interpretação do resultado obtido: Em cada 100 habitantes da Bielorrússia 67 vivem nas cidades.