curso de comunica o e orat ria n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Curso de Comunicação e Oratória PowerPoint Presentation
Download Presentation
Curso de Comunicação e Oratória

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 46
Download Presentation

Curso de Comunicação e Oratória - PowerPoint PPT Presentation

fredricka
142 Views
Download Presentation

Curso de Comunicação e Oratória

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Curso de Comunicação e Oratória Curitiba, Março de 2011 Sejam Bem Vindos!!!

  2. Módulo 1 PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA Ministrante: Lucas MiyakeOkumura Bolsista do Grupo PET-Farmácia

  3. Todo mundo está feliz? (XUXA, 1991)

  4. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA “Nossas imagens mentais emitem sinais ao nosso comportamento, que por sua vez, nos orientam para que tomemos decisões no dia-dia.” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  5. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA O QUE VOCÊ QUER AQUI? QUAL É O SEU ESTADO ATUAL? COMO DEVO MUDAR O MEU ESTADO ATUAL? INCORPORE E AVALIE  FEEDBACK LIDERANÇA COERÊNCIA OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  6. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA ? OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  7. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA • O AUTODOMÍNIO E A AUTOPERCEPÇÃO • PERCEPÇÃO INTERNA VS PERCEPÇÃO EXTERNA REQUER DISCIPLINA! REQUER AUTO-GERENCIAMENTO OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  8. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  9. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA • UM EXERCÍCIO: FLEXIBILIDADE OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  10. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA 2 EU Receptor • Informações Exteriores • Transmissão 1 3 4 Filtro: codificador e decodificador OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  11. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA • CONCEITOS • NEURO  MENTE • LINGUÍSTICA  COMUNICAÇÃO VERBAL E NÃO VERBAL • CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICA • Bandler e Grinder em 1976  pesquisa em comunicação humana: “o pensamento é a chave do comportamento, suas modificações e, portanto, da comunicação também” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  12. I. INTRODUÇÃO À NEUROLINGUÍSTICA “... as idéias viram ações ...” ? Informação  Processamento  Expressão ? OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  13. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • A INFORMAÇÃO É RECEBIDA PELOS SISTEMAS SENSORIAIS: • VISUAL • OLFATÓRIO • AUDITIVO • CINESTÉSICO Informação Processamento  Expressão OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  14. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • A INFORMAÇÃO É PROCESSADA NO CÉREBRO: Informação Processamento Expressão OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  15. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • A INFORMAÇÃO É EXPRESSA PELOS SISTEMAS SENSORIAIS: • VISUAL • OLFATÓRIO • AUDITIVO • CINESTÉSICO • VERBALMENTE (20 ~ 30%) Existem padrões de expressão, do conteúdo que as pessoas querem comunicar! Informação  Processamento Expressão OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  16. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • Compreender os elementos não verbais de uma pessoa é o primeiro passo para compreender seu processo mental. • VISUAL • OLFATÓRIO • AUDITIVO • CINESTÉSICO Informação  Processamento Expressão OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  17. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA VISUAL • 35% da população • Lembranças  mais visual • O que dizem as Pessoas Visuais: “Deixe-me visualizar isso”, “É uma forma de ver um problema”, “Não ficou claro isso”, “Vamos focar”, “Ele é um colírio para os olhos”, “Deixe-me revelar”, “Sem sombra de dúvida”, “Vamos examinar isso” ... OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  18. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA VISUAL • O Movimento dos Olhos (perceba os padrões de comunicação): Para cima e para a direita Para cima e para a esquerda CONSTRUÇÃO LEMBRANÇA OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  19. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS “Nossas imagens mentais emitem sinais ao nosso comportamento, que por sua vez, nos orientam para que tomemos decisões no dia-dia.” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  20. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA AUDITIVO • 20% da população • Maior distinção dos sons do que das imagens • Se distraem facilmente com sons e dizem: “estou te ouvindo”, “estamos na mesma frequência”, “por assim dizer...”, “Silêncio!!”, “isso é música para os meus ouvidos”, “isso me soa familiar”... OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  21. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA AUDITIVO • Altera o movimento dos olhos! • Cochiche no ouvido de alguém com os olhos fechados, ou: Lateral para a direita Lateral para a Esquerda CONSTRUÇÃO AUDITIVA RECORDAÇÃO AUDITIVA OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  22. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA AUDITIVO • Altera a entonação da voz: bom tom, bastante ressonante OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  23. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA CINESTÉSICO (45% da população) • Pensar cinestesicamente = acessar sentimentos • Pessoas cinestésicas tendem ao Diálogo Interno • Olhe nos olhos das pessoas e nos gestos das pessoas que andam nas ruas: Olha para baixo, para o chão Olhar perdido, para o horizonte OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  24. II. OS CANAIS NEUROLÓGICOS • O SISTEMA CINESTÉSICO • Escute os seguintes dizeres dessas pessoas: “gosto dessa sensação”, “posso pressentir que...”, “foi uma discussão quente”, “tenha calma”, “precisamos avançar/aprofundar isso”, “entrarei em contato com você”, “percebi/senti que você”... • O cinestésico tende a falar calmamente e profundamente... Escutam mais que falam... Sentem as palavras ao ler... OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  25. MAS NÃO ESTEREOTIPE AS PESSOAS: Porque ninguém é igual a ninguém Não esqueça de prestar atenção nos padrões de comunicação!!! Em VOCÊ e nos outros...

  26. III. INFLUÊNCIA E PERSUASÃO • PERSUADIR / INFLUENCIAR É DIFERENTE DE MANIPULAR • “Não adianta ter a melhor idéia do mundo desde a invenção da lâmpada, se você não consegue vendê-la” • DEFINIÇÕES DE INFLUÊNCIA • O respeito, a paciência, a integridade e a compreensão • Gera confiança  LIDERANÇA  PENSAMENTO COLETIVO • Questões éticas envolvidas • Ditadores são manipuladores OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  27. III. INFLUÊNCIA E PERSUASÃO • COLHA INFORMAÇÕES SENSORIAIS DA PLATÉIA! • Não se interiorize • Perceba os padrões sensoriais das pessoas: auditivas, cinestésicas ou visuais • Observe os comportamentos OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  28. III. INFLUÊNCIA E PERSUASÃO • A ARTE DE ACOMPANHAR • Levá-las a um objetivo • SER LÍDER!!! • Visualizar Propor  Executar OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  29. IV. O PODER DO DISCURSO “O peso do chicote marca a carne. O peso das palavras marca os ossos” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  30. IV. O PODER DO DISCURSO • COMUNICAÇÃO E OS NÍVEIS DE PODER • O problema da humanidade • AONDE VOCÊ QUER CHEGAR? • Ampliar / Inflexibilizar? OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  31. IV. O PODER DO DISCURSO • A BASE DO DISCURSO (4 regras) • Pensamento no outro / Pensamento em si • Sofistas / Eficientes • Foco no Processo e não na Pessoa • Correto uso da linguagem OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  32. IV. O PODER DO DISCURSO • A LINGUAGEM E O USO DAS PALAVRAS • Qual a intenção? Qual é o propósito? • Sabedoria no uso das palavras • A comunicação  é a expressão • RISCO: Generalizar, Eliminar, Distorcer OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  33. IV. O PODER DO DISCURSO • A SEGMENTAÇÃO DA COMUNICAÇÃO • Sentir o público: comece AMPLO! SEMPRE! • Articular: específico / generalizado • Saiba mover “lateralmente” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  34. IV. O PODER DO DISCURSO • LINGUAGEM VAGA (Políticos) • Objetivo: Generalizar, Distorcer e Eliminar Especificidades • Os juízos de valor: “ é óbvio...”, “sempre”, “tem melhorado” • METAMODELO (Positivista) • É o oposto da Liguagem vaga: responda o “o que”, “por que”, “quando”, “por qual”... OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  35. IV. O PODER DO DISCURSO • EXERCÍCIOS DA LINGUAGEM VAGA E O METAMODELO • “A UFPR é a melhor do Paraná” • “Todos os políticos sempre roubam” • “Quero praia porque estudar me enche, me cansa” • “Chegar atrasado em uma reunião significa desrespeito” INTERPRETE OS FILTROS OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  36. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • O MEDO • Consequências de ter medo • Do que você tem medo? • Por que você tem medo? OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  37. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • LIÇÃO 1 – QUAL O PROPÓSITO / A INTENÇÃO • Visualize as oportunidades • Identifique o que quer dizer • O que gostaria que as pessoas entendessem OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  38. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • LIÇÃO 2 – COMO PREPARAR O MATERIAL • ESTUDE O TEMA E SE GARANTA: sem enrolar! • Memorize a lógica da apresentação • Não esqueça do público visual, auditivo e cinestésico • Saiba o que esperar da platéia  O que ela quer de você? OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  39. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • LIÇÃO 2 – COMO PREPARAR O MATERIAL • Visão geral  Informação Específica  Revisão • DELIMITE e crie as expectativas corretas • [ ] = 30’ a 1h (EFEITO NARCOTIZANTE) • Uso de universos maiores  Subuniversos (NÃO ao sub sub) • Não fale difícil / Conheça o que a platéia já sabe OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  40. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • LIÇÃO 3 – O HUMOR • Não seja a CURA da insônia (Rivotril) • Não arranque gargalhadas • Não avise as piadas • Não explique as piadas • USE METÁFORAS para coisas importantes OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  41. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • LIÇÃO 4 – PLATÉIA OU INDIVÍDUO? • Esteja presente (entenda os padrões) • Se faça presente com palavras: “é um prazer estar aqui com vocês...”, “bom dia a cada um de vocês” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  42. V. O DISCURSO PARA AS MASSAS • LIÇÃO 5 – POSTURA • ANTES: imagine as pessoas que estarão sentadas e se ambientalize • DURANTE: Sinta a platéia / postura / gesticule / respire / Tonalidade • APÓS: Foco no processo e não na pessoa OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. Módulo 1 - PNL. 2011

  43. PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA Todas as informações desse módulo se fundamentaram nas seguintes obras internacionais da PNL:

  44. REFERENCIAIS TEÓRICOS

  45. “Nossas imagens mentais emitem sinais ao nosso comportamento, que por sua vez, nos orientam para que tomemos decisões no dia-dia.” OKUMURA, LM. Curso de Comunicação e Oratória. 2011

  46. ACESSEM www.petfarmaciaufpr.wordpress.com ou @PET_farma_UFPR MUITO OBRIGADO PELA ATENÇÃO! PERGUNTAS? Venha fazer parte do nosso Grupo! PET-Farmácia UFPR 41 3360 4054 ContatoPessoal: 41 99351298 E-mail: lucasokumura@yahoo.com.br