Biblioteca H brida - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Biblioteca H brida PowerPoint Presentation
Download Presentation
Biblioteca H brida

play fullscreen
1 / 53
Biblioteca H brida
266 Views
Download Presentation
fairly
Download Presentation

Biblioteca H brida

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

    1. Biblioteca Hbrida Reempacotando informaes para uma referncia personalizada

    2. Biblioteca Hbrida Conceitos, objetivos, estratgias e resultados esperados da personalizao de servios de referncia em bibliotecas.

    3. Biblioteca Hbrida Contedo Programtico 1. Conceitos, definies e uso das palavras 1.1 Informao: aspectos e ambincia 1.2 Biblioteca: leis, paradigmas 1.3 Hbrido: um conceito 1.4 Rempacotamento da informao 1.5 Personalizao dos servios de referncia 2. Objetivos 3. Estratgias 3.1 Estabelecendo polticas de referncia 3.2 Planejando a oferta de servios 3.3 Definindo a equipe e sua formao 4. Resultados esperados 4.1 A interface 5. Biblioteca hbrida e o compartilhamento de recursos

    4. Biblioteca Hbrida Conceitos, definies e uso das palavras o uso real dos termos pode diferir de suas definies mais formais; o uso ordinrio de um termo pode ter significados diferentes de sua definio formal; definies cientficas explcitas podem conflitar com definies implcitas de uso comum; as definies no so verdadeiras ou falsas, mas sim, mais ou menos produtivas.

    5. Biblioteca Hbrida Conceitos fundamentais Informao Biblioteca Hbrido Empacotamento da informao Personalizao

    6. Biblioteca Hbrida Informao definies cientficas de termos como informao dependem das funes que damos a elas em nossas teorias: conhecimento comunicado; tecnologias da informao; sociedade da informao:

    7. Biblioteca Hbrida Informao Conceito etimolgico do latim informationem, ("delinear, conceber idia"), ou seja, dar forma ou moldar na mente, como em educao, instruo ou treinamento.

    8. Biblioteca Hbrida Informao como mensagem Informao a qualidade da mensagem que um emissor envia para um ou mais receptores. Informao sempre sobre alguma coisa; A teoria da comunicao analisa a medida numrica da incerteza de um resultado. A teoria da comunicao tende a usar o conceito de entropia da informao, geralmente atribudo a Shannon & Weaver ; Mesmo que informao e dados sejam freqentemente usados como sinnimos, eles realmente so coisas muito diferentes. Dados representam um conjunto de fatos no associados e como tal, no tm utilidade at que tenham sido apropriadamente avaliados.

    9. Biblioteca Hbrida Informao como mensagem

    10. Biblioteca Hbrida Informao qualquer padro representado. Esta viso no assume nem exatido nem partes que se comuniquem diretamente, mas em vez disso, assume uma separao entre o objeto e sua representao, bem como o envolvimento de algum capaz de entender este relacionamento. Logo, este ponto de vista parece exigir uma mente consciente.

    11. Biblioteca Hbrida um tipo de estmulo a um organismo ou a um determinado dispositivo.

    12. Biblioteca Hbrida qualquer tipo de padro que influencia a formao ou transformao de outros padres; no h necessidade de que uma mente consciente perceba, muito menos reconhea, tal padro

    13. Biblioteca Hbrida Informao tem um papel bem definido em Fsica. Exemplos disto incluem o fenmeno da armadilha quntica, onde partculas podem interagir sem qualquer referncia a sua separao ou velocidade da luz.

    14. Biblioteca Hbrida Informao como registros informaes produzidas como subprodutos de atividades comerciais ou transaes, ou conscientemente, como registros de tais atividades ou transaes e retidas em virtude do seu valor.

    15. Biblioteca Hbrida Informao Fora constitutiva da sociedade

    16. Biblioteca Hbrida Informao na ambincia Informao educadora para o trabalho em atividades de comrcio de bens, servios e turismo atravs de cursos e atividades, em 15 reas de atuao, e em trs tipos de ensino.

    17. Biblioteca Hbrida Ambincia CENTROS DE FORMAO PROFISSIONAL So unidades fixas de ensino espalhadas por todo o territrio nacional que funcionam como laboratrios de aprendizagem, com salas-ambiente, mobilirio e equipamentos adequados. EMPRESAS PEDAGGICAS So unidades de ensino que funcionam como uma empresa. Nelas, o aluno aprende a teoria e coloca em prtica seus conhecimentos como se j estivesse no mercado de trabalho UNIDADES MVEIS Equipes tcnicas, com recursos especializados, se deslocam para a periferia das grandes cidades e regies do interior do pas, a fim de desenvolver atividades de educao profissional e cidadania. O Projeto SenacMvel, leva ao interior do Brasil cursos com o mesmo padro de qualidade daqueles ministrados nos Centros de Formao Profissional - CFPs. CAPACITAO IN COMPANY Treinamento de recursos humanos realizado no prprio local de trabalho possibilitando a anlise e soluo para os problemas gerenciais e estruturais das empresas. PROGRAMA DE INCLUSO DE PESSOAS PORTADORAS DE DEFICINCIA

    18. Biblioteca Hbrida reas de informao na ambincia Artes Comrcio Comunicao Conservao e Zeladoria Design Gesto Idiomas Imagem pessoal Informtica Lazer e Desenvolvimento Social Meio Ambiente Sade Turismo e Hospitalidade Telecomunicaes Tecnologia educacional

    19. Biblioteca Hbrida Tipos de ensino na ambincia Presencial - O processo ensino-aprendizagem ocorre numa relao direta e dialgica entre professor e aluno e desenvolve-se em laboratrios ou em salas de aula. A distncia - A mediao didtico-pedaggica ocorre pela utilizao de meios e tecnologias de informao e comunicao, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos. Nos cursos a distncia, o aluno tem acesso a materiais didticos nos mais diferentes formatos (impresso, VHS, CD e DVD) e conta com acompanhamento de coordenadores e instrutores capacitados para essa modalidade de educao. Semipresencial - Modalidade de ensino em que o processo ensino-aprendizagem realiza-se em duas fases distintas, embora complementares. Numa das fases, ocorre a relao direta do professor com o aluno e, na outra, h momentos individualizados de estudos, orientados a distncia, sem a presena fsica do professor.

    20. Biblioteca Hbrida Biblioteca do grego ????????, composto de ?????, "livro", e ???? "depsito") todo espao (concreto, virtual ou hbrido) destinado a uma coleo de informaes de quaisquer tipos, sejam escritas em folhas de papel ou ainda digitalizadas e armazenadas em outros tipos de materiais A disciplina que rege o funcionamento das bibliotecas a Biblioteconomia, onde as Leis de Ranganathan ou Cinco Leis da Biblioteconomia so os princpios fundamentais.

    21. Biblioteca Hbrida Leis de Ranganathan ou Cinco Leis da Biblioteconomia Os livros so para serem usados O livro um meio que impulsiona o conhecimento. quem tem informao, tem poder. Aponta para o livro como um meio e no como tendo um fim em si mesmo. Todo leitor tem seu livro Aponta para a seleo de acordo com o perfil do usurio. Todo livro tem seu leitor Aponta para a disseminao da informao, antecipando a esttica da recepo. Poupe o tempo do leitor Aponta para o livre acesso ao acervo, o servio de referncia e a simplificao dos processos tcnicos. Uma biblioteca um organismo em crescimento Decorre da exploso documental que exige atualizao das colees e previso do crescimento da rea ocupada pela biblioteca, alm de sistemticos levantamentos estatsticos da consulta e do emprstimo

    22. Biblioteca Hbrida 'Cinco Novas Leis da Biblioteconomia', de Michael Gorman (1995) 1. Bibliotecas servem a humanidade. 2. Respeite todas as formas de transmisso do conhecimento. 3. Utilize inteligncia tecnolgica para melhoria de servio. 4. Proteja o acesso livre ao conhecimento. 5. Honre o passado e crie o futuro

    23. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Acervamento Referncia Acesso

    24. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Acervamento um neologismo especializado, no sentido de um processo de formao e desenvolvimento de colees mediante uma poltica especfica, conforme sugere o sufixo mento (de mentar, conceber, idealizar). Existe, no entanto, o vocbulo acervao, de uso incomum na esfera biblioteconmica, por sugerir mais uma prxis que uma conceituao.

    25. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Referncia O servio de referncia e informao (SRI) visa atender as necessidades cognitivas dos indivduos e saciar a nsia informacional de cada um. Ciclo dinmico da informao, educao e pesquisa. Ateno s necessidades diversas do usurio, mas tambm complexidade das relaes humanas e sua multiculturalidade.

    26. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Referncia Proviso de documentos virtual e fsica Pesquisa do acervo da biblioteca Comutao bibliogrfica Fornecimento de cpias Emprstimo entre bibliotecas Remessa de material bibliogrfico Preparao de tradues

    27. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Referncia Proviso de auxlio bibliogrfico presencial e virtual Questes simples e complexas de referncia Localizao de material Levantamentos bibliogrficos

    28. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Referncia Servio de alerta eletrnico Informais: boletins e alertas na pgina da biblioteca Formais: Listagens de divulgao de novas aquisies e duplicatas; Formulrios eletrnicos para solicitao de novas aquisies e de duplicatas

    29. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Referncia Orientao ao usurio Orientao e Normalizao Bibliogrfica Web Vocabulrio controlado

    30. Biblioteca Hbrida Paradigmas da Biblioteca Acesso processos de autenticao identifica quem acessa o sistema processo de autorizao determina o que um usurio autenticado pode fazer processo de auditoria diz o que o usurio fez

    31. Biblioteca Hbrida Hbrido qualidade de tudo o que resulta de elementos de natureza distinta.

    32. Biblioteca Hbrida Empacotamento da informao Multimdia (informaes pertinentes sob vrias mdias) Empacotar significa selecionar toda informao pertinente uma busca e p-la disposio do usurio. Mais importante que o documento a informao, independente do suporte. Documentar significa fazer com que a informao no seja voltil, que no desaparea, que possa ser utilizada mais de uma vez, que no se consuma, que esteja disponvel sempre, para possibilitar, atravs de sua anlise e combinao, a criao de novos conhecimentos. Do paradigma do acervo para o paradigma da informao

    33. Biblioteca Hbrida Personalizao um conceito moderno que vem sendo utilizado por empresas inovadoras e tem revolucionado a maneira como os clientes so atendidos em sites de comrcio eletrnico; permite recomendar aos clientes os produtos que melhor se adaptam ao seu perfil, aumentando, dessa forma, as chances de satisfao. Com milhares de produtos disponveis na Internet, a personalizao est cada vez mais sendo utilizada em negcios virtuais; Personalizar : oferecer um tratamento diferenciado aos usurios entender as reais necessidades de oferecer um servio personalizado a seus clientes; detectar os hbitos de seus clientes; implementar tcnicas de personalizao; aumentar a fidelizao de seus usurios oferecendo um atendimento personalizado a cada um de seus usurios.

    34. Biblioteca Hbrida Objetivos Definir um grupo bsico de usurios: Antes de estabelecer um servio de referencia personalizada conveniente definir a clientela. A utilizao de tecnologias da informao pode ampliar este grupo inicial de usurios. A localizao menos importante quando se utiliza a tecnologia meditica. Alm dos usurios tradicionais da biblioteca, vrios tipos de novos usurios podem se beneficiar dos servios. Analisar procedimentos e polticas vigentes: Antes de criar um servio de referencia personalizada, devem ser examinados os procedimentos e polticas institucionais existentes e estabelecer o grau em que podem ser afetados pela transio a uma ambincia nova. Talvez reconsiderar as polticas de servios tradicionais, e adapt-las ao novo entorno seja um bom comeo.

    35. Biblioteca Hbrida Estratgias: Estabelecendo Polticas de Referncia Definir os objetivos para o novo servio; Elaborar normas de funcionamento em consonncia com os objetivos do servio e a misso da instituio; Estabelecer uma equipe supervisora, responsvel por desenvolver melhores prticas, definir a conduta aceitvel e as normas de funcionamento; Estabelecer a periodicidade com que estas polticas sero revistas, como se dar esse procedimento e quais sero seus responsveis; Assegurar regras de respeito aos direitos autorais e demais restries legais aplicveis; Definir e delimitar a clientela primria; Estabelecer o tipo de informao que se pretende oferecer: dados de contedo ou referncias.

    36. Biblioteca Hbrida Estratgias: Planejando a oferta de servios a) Identificar as opes de servio possveis e estabelecer prioridades; b) Definir os servios que pretende oferecer de imediato e aqueles que pretende oferecer a mdio e longo prazo; c) Avaliar os servios e programas informatizados disponveis; d) Determinar os servios e programas informatizados necessrios; e) Identificar fontes de financiamento; f) Identificar outras instituies locais ou regionais que poderiam estar interessadas em fomentar um servio cooperativo; g) Coletar informaes em uma amostra da clientela; h) Elaborar um plano de ao e assegurar o apoio institucional

    37. Biblioteca Hbrida Estratgias: Definindo a equipe Selecionar pessoal participativo atendendo aos interesses,capacidades, disponibilidade, conhecimento de Informtica e atitudes de comunicao interpessoal; Definir claramente suas responsabilidades e tarefas especficas; Estabelecer quem proporcionar o apoio tcnico necessrio dentro da instituio ou consorcio. Um grupo de suporte tcnico organizado fundamental para o xito do servio de referencia; Decidir quem controlar o cumprimento das restries de uso; Decidir quem ser responsvel de assegurar que as normas se cumpram; Planejar a integrao do servio com os procedimentos dirios e o fluxo de trabalho; Normalizar os procedimentos para que na ausncia de algum no haja perda de qualidade no atendimento.

    38. Biblioteca Hbrida Estratgias: Formao da equipe Estabelecer quem formar o pessoal e dedicar tempo a sua formao, orientao e desenvolvimento profissional; Habilidades essenciais: Multitarefa. Clara capacidade de comunicao, sobretudo escrita. Conhecimentos para realizar buscas em recursos convencionais e bases de dados em linha. Capacidade para entrevistar a distncia, e de superar a falta de indicaes visuais ou auditivas. Conhecimento dos recursos de referencia. Estar familiarizado com os programas informticos selecionados. Atualizar a formao caso seja necessrio. Animar e dar facilidades para que o pessoal se mantenha em dia com os novos avanos da rea.

    39. Biblioteca Hbrida Resultados esperados: A interface Estrutura e desenho padro que facilite ao usurio compreender o modo de navegao evitando saturar a pgina com grandes blocos de texto; Pergunte ao bibliotecrio - em todas as pginas da interface; Indicar claramente na pgina principal da instituio um vnculo para a biblioteca; Incluir uma breve informao sobre os servios de referencia oferecidos, o tempo mdio de resposta, quem responde as perguntas e o que o servio no far; Proporcionar informao de ajuda para orientar o usurio no uso dos servios; Incluir vnculos para: outros recursos internos ou externos que considerar relevantes; informao sobre polticas gerais de referencia adotadas pela instituio; remessa de correspondncia por qualquer meio:chat, correio eletrnico, formulrio web, fax, correio postal, telefone, etc... Incorporar as polticas e cumprir as leis que asseguram a todos os usurios o acesso ao servio;

    40. Biblioteca Hbrida Resultados esperados: A interface Aspetos legais Os bibliotecrios devem estar familiarizados com a legislao sobre informao pblica de sua regio Referencia digital e liberdade de informao / Cultura local Polticas Nacionais de Informao. Qual o panorama poltico? Legislao sobre Informao Pblica Direitos do Autor Privacidade e Confiabilidade Contratos de Licena Relaes de Consrcio

    41. Biblioteca Hbrida Resultados esperados: A interface Publicidade e Promoo Identificar audincia Especificar uma identificao do projeto e um nome ou logomarca associada aos objetivos da comunidade a qual se dirige Fomentar a comunicao direta entre a equipe, os dirigentes e os patrocinadores Criar vnculos estratgicos na pgina web da Biblioteca, e nas pginas de colaboradores institucionais Entrar em contato com os meios de comunicao locais, publicaes peridicas, emissoras de radio e tv, jornais e centros educativos Enviar informao s listas de distribuio profissionais ou de especial interesse

    42. Biblioteca Hbrida Resultados esperados: A interface Avaliao e Colaborao Efetuar pesquisas e supervisionar problemas e perguntas Avaliar as estatsticas e alterar os servios Estabelecer uma viso comum dos servios que prestar Elaborar normas para prtica e procedimentos Estabelecer responsabilidades

    43. Biblioteca Hbrida

    44. Biblioteca Hbrida

    45. Biblioteca Hbrida

    46. Biblioteca Hbrida

    47. Biblioteca Hbrida

    48. Biblioteca Hbrida

    49. Biblioteca Hbrida

    50. Biblioteca Hbrida

    51. Biblioteca Hbrida

    52. Biblioteca Hbrida

    53. Biblioteca Hbrida Reempacotando informaes para uma referncia personalizada