slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Relações interespecíficas PowerPoint Presentation
Download Presentation
Relações interespecíficas

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 17

Relações interespecíficas - PowerPoint PPT Presentation


  • 90 Views
  • Uploaded on

Relações interespecíficas. Predação. Índice. 3 4 5 6 7 8 9 10 11. Introdução O que é a predação? Adaptações dos predadores para captura das presas Exemplos de adaptações dos predadores Técnicas de defesa por parte das presas:

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Relações interespecíficas' - ellis


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

Índice

3

4

5

6

7

8

9

10

11

Introdução

O que é a predação?

Adaptações dos predadores para captura das presas

Exemplos de adaptações dos predadores

Técnicas de defesa por parte das presas:

-Camuflagem (exemplos de presas com capacidade de camuflagem)

-Mimetismo (exemplos de presas com capacidade de mimetismo)

Conclusão

Bibliografia

slide3

Introdução

No âmbito da disciplina de Ciências Naturais escolhemos um tipo de relação interespecífica para tratarmos neste trabalho. Sendo assim, iremos aprofundar os nossos conhecimentos sobre a Predação.

slide4

O que é a predação?

A predação é a interação que se estabelece entre dois seres vivos de diferentes espécies em que um deles captura o outro e se alimenta dele. Ao primeiro chamamos predador e ao segundo presa.

A predação acaba por beneficiar as populações predadas porque os predadores, geralmente, caçam os animais mais frágeis e doentes , impedindo que as doenças se propaguem. Além disso, permite que sejam os animais mais aptos a reproduzirem-se.

É a relação biótica mais frequente na comunidade.

slide5

Adaptações dos predadores

Para captura das presas

Os predadores têm boas aptidões visuais, olfativas e auditivas e grande parte deles tem especializações que lhes permitem detetar as presas a grandes distâncias.

Alguns gastam muito tempo e energia a descobrir, a capturar e a devorar a sua presa.

Há ainda predadores, que matam as presas e não tendo necessidade imediata delas, armazenam o alimento num esconderijo.

slide6

Exemplos de adaptações

De predadores

Os abutres, tiram proveito do produto da caça de um outro animal, devorando os restos da presa capturada por este último.

Alguns peixes produzem descargas elétricas que paralisam outros peixes.

Vários mamíferos marinhos, nomeadamente golfinhos, dispõem de um sistema de “sonar” que lhes permite procurar alimentos nas águas turvas.

As raposas comuns escondem, por vezes, os seus alimentos em diferentes lugares , evitando assim que outros animais venham roubar-lhes a caçada.

slide7

Imagens de exemplos

De adaptações dos predadores

Os tigres têm unhas muito fortes e patas maciças. Mordem a presa na base do crânio ou dilacera-lhe a garganta.

slide8

Imagens de exemplos

De adaptações dos predadores

Esta anémona chega a possuir á volta da “boca” 200 tentáculos mortíferos e, durante a noite, projeta-os sem cessar para capturar as presas.

slide10

Camuflagem

Na camuflagem o corpo do animal assemelha-se à forma do seu suporte – por exemplo, um bocado de madeira – ou muda de cor conforme o ambiente em que se encontra.

Por exemplo, há borboletas que graças à cor e à forma das asas anteriores, passam despercebidas quando pousam na casca das árvores.

Camaleão a fingir ser uma folha.

slide11

Exemplos de presas com

capacidade de camuflagem

O linguado confunde-se com o fundo do ambiente em que se encontra. Tem a capacidade de se confundir com a areia ou com as pedras do fundo pela cor das suas escamas.

slide12

Mimetismo

O mimetismo é a semelhança de aspeto(forma ou cor) entre duas espécies. As colorações miméticas permitem que animais inofensivos pareçam perigosos, ao imitar aqueles que o são.

Noutros casos, a cor do animal contrasta de tal modo com o meio que os predadores pensam tratar-se de uma espécie venenosa ou com defesas – coloração de aviso.

Este sapo tem uma espécie de ‘olhos’ na parte de trás do seu corpo para confundir os seus predadores.

slide13

Exemplos de presas com capacidade de mimetismo

Estes sapos têm cores que contrastam com o meio em que se encontra, iludindo os predadores, pois parecem venenosos.

slide14

Exemplos de presas com capacidade de mimetismo

A borboleta vice-rei imita a borboleta monarca, que tem um sabor amargo.

slide15

Sugestão de vídeo

http://www.youtube.com/watch?v=g0vwI0LcyyY

http://www.youtube.com/watch?v=uy9QLkPdPoc

slide16

Conclusão

Com este trabalho, podemos concluir que a predação pode ser boa ou má dependendo das espécies envolvidas. Consideramos que é uma das relações interespecíficas mais importantes para manter o equilíbrio na comunidade biótica.

Concluímos assim o aprofundamento dos nossos conhecimentos sobre a predação.

slide17

Bibliografia

ANTUNES, Cristina; BISPO, Manuela; GUINDEIRA, Paula- Novo Descobrir A Terra 8, Areal Editores, 2007

ANTUNES, Cristina; BISPO, Manuela; GUINDEIRA, Paula- Descobrir A Terra, Areal Editores, 2003

GOMES, João Carlos- Ciências Naturais Mundos, Constância Editores, 2003

MOTTA, Lucinda; VIANA, Maria dos Anjos- Bioterra, Porto Editora, 2003