Metodologia de ensino do handebol i
Download
1 / 13

METODOLOGIA DE ENSINO DO HANDEBOL I - PowerPoint PPT Presentation


  • 194 Views
  • Uploaded on

METODOLOGIA DE ENSINO DO HANDEBOL I. Professor: Ms. Emerson Miguel da Cruz. REGRAS DO HANDEBOL – APRESENTAÇÃO SIMPLIFICADA. Regra 1 – A Quadra de Jogo Regra 2 – A duração da partida, Sinal de término e Time-out Regra 3 – A bola Regra 4 – A Equipe, Substituições e Equipamentos

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' METODOLOGIA DE ENSINO DO HANDEBOL I' - dale


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
Metodologia de ensino do handebol i

METODOLOGIA DE ENSINO DO HANDEBOL I

Professor: Ms. Emerson Miguel da Cruz


REGRAS DO HANDEBOL – APRESENTAÇÃO SIMPLIFICADA

Regra 1 – A Quadra de Jogo

Regra 2 – A duração da partida, Sinal de término e Time-out

Regra 3 – A bola

Regra 4 – A Equipe, Substituições e Equipamentos

Regra 5 – O Goleiro

Regra 6 – A área de gol

Regra 7 – O manejo da bola e Jogo Passivo

Regra 8 – Faltas e Conduta Anti Desportiva

Regra 9 – O Gol


Regra 10 – O Tiro de Saída

Regra 11 – O Tiro Lateral

Regra 12 – O Tiro de Meta

Regra 13 – O Tiro Livre

Regra 14 – O Tiro de 7 metros

Regra 15 – Instruções Gerais para execução dos tiros

Regra 16 – As punições

Regra 17 – Os Árbitros

Regra 18 – O Secretário e o Cronometrista

As sinalizações da IHF


REGRA 1 – A QUADRA DE JOGO

A quadra de jogo é um retângulo com 40 metros de comprimento e 20 metros de largura e consiste em duas áreas de gol e uma área de jogo. Os lados maiores são as linhas laterais e os lados menores são chamados de linhas de gol (entre os postes da baliza) ou linhas de fundo (em ambos os lados da baliza)

Linha central

Linha dos 4 metros

Linha dos sete metros

Linha de nove metros ou linha pontilhada

O Gol deve medir três metros de altura por dois de largura.

Linha dos 6 metros ou linha de área de gol

Linhas laterais e linhas de fundo

Zona de substituição


REGRA 2 – A DURAÇÃO DA PARTIDA, SINAL DE TÉRMINO E TIME-OUT

A duração da partida para todas as equipes com jogadores com idades acima de 16 anos é de dois períodos de 30 minutos com intervalo de 10 minutos.

A duração da partida para todas as equipes com jogadores com idades entre 12 e 16 anos é de dois períodos de 25 minutos com intervalo de 10 minutos.

A duração da partida para todas as equipes com jogadores com idades entre 8 e 12 anos é de dois períodos de 20 minutos com intervalo de 10 minutos.

Uma prorrogação é jogada, após 5 minutos de intervalo, se uma partida acaba empatada no final do tempo regulamentar e um vencedor tem que ser determinado. A prorrogação consiste em dois períodos de 5 minutos com intervalo de 1 minuto.


Sinal de término da partida TIME-OUT

O tempo de jogo se inicia com o apito do árbitro para o início da partida, e ele se encerra com o apito automático do placar eletrônico (quando houver) ou com o apito do cronometrista. Se o sinal não é dado os árbitros apitam para avisar que o jogo acabou.

Time-out (parada do tempo)

O time-out é indicado para o cronometrista através de três apitos curtos e o sinal manual respectivo. Para reiniciar o jogo após um time-out deve-se esperar o apito do árbitro.

Situações em que é solicitado um time-out: durante uma exclusão de dois minutos, desqualificação ou expulsão, durante um tiro de sete metros, quando um tempo técnico é concedido, quando há um erro de substituição, quando há um apito ou sinal sonora feito pela mesa, conversa entre os árbitros.

Obs: Cada equipe tem direito a receber um tempo técnico de um minuto em cada período regulamentar de jogo.


REGRA 3 – A BOLA TIME-OUT

A bola é feita de couro ou material sintético. Ela deve ser esférica e sua superfície não pode ser brilhante nem escorregadia.

Pesos e Medidas:

Modelo 3 da IHF – 58-60 cm e 425-475 g para equipes adultas masculinas e jovens acima de 16 anos.

Modelo 2 da IHF – 54-56 cm e 325-375g para equipes adultas femininas e jovens acima de 14 anos e para equipes masculinas entre 12 e 16 anos.

Modelo 1 da IHF – 50-52 cm e 290-330 g para equipes femininas entre 8 e 14 anos e masculinas entre 8 e 12 anos.


REGRA 4 – A EQUIPE, AS SUBSTITUIÇÕES E OS EQUIPAMENTOS. TIME-OUT

Uma equipe consiste de 12 jogadores

Não mais de sete jogadores podem estar presentes na quadra de jogo ao mesmo tempo, e um destes deve ser o goleiro. (A qualquer momento do jogo um jogador de linha pode passar a ser goleiro e um goleiro pode passar a ser jogador de linha – respeitando se para isso as devidas regras de substituição.

Uma equipe deve ter no mínimo 5 jogadores para começar uma partida

A uma equipe é permitido ter no banco de reservas no máximo 4 oficiais de equipe durante o jogo. Um deles deve ser designado como oficial responsável pela equipe. (Normalmente são técnico – assistente técnico – médico ou massagista e um diretor do clube).


AS SUSBSTITUIÇÕES TIME-OUT

Os reservas podem entrar no jogo a qualquer momento e repetidamente, sem notificar o secretário/cronometrista, desde que o jogador que eles vão substituir já tenham saído.

Os jogadores devem sempre sair e entrar na quadra através da sua própria zona de substituição. Estas prerrogativas aplicam se também às substituições do goleiro.

As regras de substituição também se aplicam durante um time-out (exceto durante um tempo técnico).

Uma substituição irregular é penalizada com uma exclusão de 2 minutos para o jogador faltoso. O jogo é reiniciado com um tiro livre para o adversário.


OS EQUIPAMENTOS TIME-OUT

Todos os jogadores de uma equipe devem usar uniformes idênticos. Um jogador que está sendo usado como goleiro deve usar cores que o diferencie dos jogadores de quadra de ambas as equipes, bem como do goleiro da equipe adversária.

As camisa devem possuir números na frente e atrás, e de cores contrastantes com os uniformes.

O capitão deve usar uma braçadeira.

Os jogadores devem usar calçados esportivos. Não é permito usar objetos que possam ser perigosos para os jogadores.


REGRA 5 – O GOLEIRO TIME-OUT

Tocar a bola com qualquer parte do corpo no ato da defesa.

Mover se dentro da área sem limite de tempo ou número de passadas, mas não pode atrasar a continuidade da partida.

Sair da área da área de gol sem a bola, nesta posição está sujeito ás mesmas regras dos jogadores de linha.

Ao goleiro não é permitido: colocar o adversário em perigo no ato da defesa, sair da área com o controle da bola, tocar a bola de novo fora da área após um tiro de meta, tocar a bola quando ela está rolando no solo fora da área, levar a bola para dentro da área de gol, tocar a bola com qualquer parte abaixo do joelho quando ela estiver parada no terreno na área de gol ou movendo para fora da mesma em direção ao terreno de jogo, avançar a linha dos quadro metros no momento da cobrança do tiro de 7 metros.


REGRA 6: A ÁREA DE GOL TIME-OUT

Somente ao goleiro é permitido entrar na área de gol.

Quando um jogador de quadra entra na área de gol as decisões são as seguintes:

a - Quando um jogador de quadra entra na área de gol com posse da bola – é dado um tiro livre a favor do adversário.

b – Quando um jogador de quadra entra na área sem bola mas leva vantagem nesta atitude - é dado um tiro livre a favor do adversário.

c – Tiro de 7 metros quando um jogador de defesa entra na área de gol e, por causa disso, impede uma clara chance do adversário marcar um gol.


Se um jogador entrar na área de gol não é penalizado quando:

a – um jogador entra na área de gol depois de jogar a bola, desde que isso não crie uma desvantagem para o adversário.

b - um jogador entra na área de gol e não ganha vantagem nessa atitude.

C – um jogador entra na área d gol durante ou depois de uma tentativa de defesa, sem causar uma desvantagem para os adversários.

Se um jogador jogar a bola para dentro de sua área as decisões são as seguintes:

a – se a bola entra no gol é gol.

b – se a bola parar dentro da área ou se o goleiro pegar a bola é tiro livre.

c – tiro de lateral se a bola sair pela linha de fundo.

d – o jogo continua se a bola passar pela área e voltar a campo de jogo sem ser tocada pelo goleiro.


ad