UNIMINAS – União Educacional de Minas Gerais S/C FACIMINAS- Faculdade de Ciências Aplicadas de Minas Pedagogia – Gestão - PowerPoint PPT Presentation

brandie
slide1 l.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
UNIMINAS – União Educacional de Minas Gerais S/C FACIMINAS- Faculdade de Ciências Aplicadas de Minas Pedagogia – Gestão PowerPoint Presentation
Download Presentation
UNIMINAS – União Educacional de Minas Gerais S/C FACIMINAS- Faculdade de Ciências Aplicadas de Minas Pedagogia – Gestão

play fullscreen
1 / 19
Download Presentation
UNIMINAS – União Educacional de Minas Gerais S/C FACIMINAS- Faculdade de Ciências Aplicadas de Minas Pedagogia – Gestão
109 Views
Download Presentation

UNIMINAS – União Educacional de Minas Gerais S/C FACIMINAS- Faculdade de Ciências Aplicadas de Minas Pedagogia – Gestão

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. UNIMINAS – União Educacional de Minas Gerais S/C FACIMINAS- Faculdade de Ciências Aplicadas de MinasPedagogia – Gestão e Tecnologia Educacional Grupo: Gercilene Cristina de Oliveira Maria Helena Alves Roldan Mariana Gomes da Silva Ferreira Marli Medeiros Natália Nozella de Assis Paula Franco Pacheco Professora: Cleyciane

  2. DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM

  3. HISTÓRIAS DA LINGUAGEM • O CASO DA ABELHA • O CASO DOS MACACOS Obs: os animais como as abelhas e os macacos utilizam-se da linguagem para se comunicar, mas esta linguagem está longe da complexidade da linguagem humana.

  4. POR QUE OS BEBES NÃO NASCEM FALANDO Os bebes humanos nascem antes de seus cérebros estarem completamente formados. Se nos permanecêssemos dentro da barriga da nossa mãe até os 18 meses, nasceríamos falando.

  5. CURIOSIDADE... Uma criança não pode inventar uma língua a partir do nada. Estar exposto ao uso da língua é, pois, o requisito mínimo necessário para a aquisição da linguagem.

  6. ESTAGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM Uma criança normal possui um repertório de apenas algumas palavras por volta de um ano. O desenvolvimento no início do segundo ano é lento, mais no final deste mesmo há grande aceleração.

  7. Os substantivos aparecem primeiro, seguindo-se os verbos e os adjetivos e, mais tarde, as palavras exprimindo relações, e só ao fim do segundo ano os pronomes.

  8. CURIOSIDADE... Falando com carinho – a correção da pronuncia não significa reprimir cada erro cometido pelo filho. “se o filho diz que quer beber ‘apu’, a mãe deve responder – você quer água:

  9. FASES.... 1 – Os bebes emitem todos os sons da linguagem humana. Ex – Buaaa!!!! Nhen!!!!Aaaaa!!!! Choro!!!

  10. CURIOSIDADE... A mamadeira e a chupeta não são indicadas na aquisição da fala, pois o trabalho de sucção é prejudicado pela presença da bico.

  11. 2 – Balbucio Ex – Começa por imitar a si mesma, em longos e intermináveis monólogos.

  12. 3 – As diferenças de sons se tornam acentuadas e correspondem a estados de alegria, de cólera ou de indiferença. Ex – Manha, risos, dor, choro.

  13. 4 – Primeiras palavras Ex – 10 meses primeira palavra 12 meses três palavras 15 meses vinte palavras 18 meses vinte e três palavras

  14. CURIOSIDADE... O sistema linguistico da criança é diferente do adulto. Elas produzem sentenças mais breves, alem da maioria delas serem inovadoras, não sendo apenas imitação dos adultos.

  15. 5 – A criança pergunta como se chama uma coisa e mais tarde o porque. Ex – porque a laranja chama laranja e o limão não chama verde.

  16. 6 – O desenvolvimento da linguagem é tal que a criança esta em condições de ser compreendida pelo adulto. O processo de aquisição da linguagem dura vários anos e depende muito do ambiente.

  17. CURIOSIDADE... É muito mais fácil aprender uma segunda lingua na infancia. Os deficiente auditivos também tem mais facilidade de aprender a lingua de sinais antes da fase adulta.

  18. CONCLUSÃO A aquisição da linguagem é certa até os 6 anos, fica comprometida depois dessa idade até a puberdade e é rara depois disso. Isso acontece porque ocorrem alterações no cérebro, tais como o declinio da atividade metabolica e do número de neuronios.

  19. BIBLIOGRAFIA http://guiadobebe.uol.com.br/bb2a3/aprendendo_a_falar_desde_cedo.htm http://paginas.terra.com.br/educacao/gentefina/linguagem.htm http://www.nce.ufrj.br/ginape/publicacoes/trabalhos/RenatoMaterial/aquisicao.htm http://www.filologia.org.br/pereira/textos/odesenvolvimento.htm