Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Fóssil de Amonite PowerPoint Presentation
Download Presentation
Fóssil de Amonite

Fóssil de Amonite

175 Views Download Presentation
Download Presentation

Fóssil de Amonite

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Fóssil de Amonite Na História da Terra são de particular importância as informações fornecidas pelos fósseis, na maioria dos casos encontrados em rochas sedimentares ou metamórficas. Entende-se por fóssil como sendo os restos de um organismo (animal ou planta), ou os vestígios da sua actividade (tais como pegadas, ovos, etc.), que viveu em determinado momento da História da Terra e que se encontra preservado nos estratos das rochas sedimentares.

  2. Entende-se por fóssil como sendo os restos de um organismo (animal ou planta), ou os vestígios da sua actividade (tais como pegadas, ovos, etc.), que viveu em determinado momento da História da Terra e que se encontra preservado nos estratos das rochas sedimentares. Fóssil de Trilobite Molde externo Molde interno

  3. A fossilização é um fenómeno complexo e muito demorado que pode envolver diferentes processos tais como: • Moldagem • Impressão • Incarbonização • Mineralização • Restos rígidos • Conservação total Fóssil de Trilobite

  4. Tipos de fossilização Mineralização Moldagem Incarbonização

  5. Dente de dinossauro carnívoro Tipos de fossilização Restos rígidos Impressão Conservação “total”

  6. Os fósseis dão-nos informações valiosas tais como: • Os seres vivos que existiram no passado • Como decorreu a evolução dos seres vivos • Os ambientes e climas do passado • A idade das rochas • A distribuição das áreas continentais e oceânicas no passado Fóssil de plantas

  7. Os fósseis podem ser classificados como: -fósseis de idade -fósseis de ambiente ou de fácies fornecem informações sobre a idade da rocha onde se encontram (permitem a datação de estratos). fornecem informações sobre o ambiente existente no local onde a rocha se formou. • Um bom fóssil é aquele que tem: • curta longevidade no sentido paleontológico (servem para datar os estratos em que se encontram); • ampla distribuição geográfica (aparecem em estratos de vários locais); • morfologia evidente (simples de identificar). • As amonites são, por excelência, os melhores fósseis estratigráficos. • As trilobites viveram num período de tempo restrito e com grande distribuição geográfica.

  8. A datação de estratos pode ser relativa ou absoluta, sendo que: - A idade relativa consiste em datar os estratos (e outros fenómenos geológicos) uns em relação aos outros (estrato X é mais novo recente que o estrato Y) - A idade absoluta consiste em atribuir (através de técnicas radiométricas) uma idade numérica às rochas e minerais, baseada nas propriedades radioactivas de certos elementos químicos (estrato X formou-se há 500M.a.). São analisados elementos químicos presentes nas rochas (Urânio, Carbono 14, etc.)

  9. Princípios básicos da estratigrafia O Princípio da Sobreposição diz que numa sucessão de estratos (não deformados) qualquer deles é mais antigo do que aquele que o cobre e mais recente do que aquele que lhe serve de base. Exemplo: Estrato A é mais recente que o estrato B

  10. Princípios básicos da estratigrafia O Princípio da Sobreposição diz que numa sucessão de estratos (não deformados) qualquer deles é mais antigo do que aquele que o cobre e mais recente do que aquele que lhe serve de base. O Princípio da Identidade Paleontológica diz que estratos que contenham o mesmo conjunto de fósseis têm a mesma idade.

  11. Ao longo do tempo geológico houve alternância de fases de grande explosão de formas vivas e momentos de extinção em massa de grupo seres vivos. Os geólogos utilizam as extinções em massa seres vivos para marcar limites nos tempos geológicos. A escala do tempo geológico baseia-se na seriação, em termos cronológicos, dos acontecimentos que marcaram a História da Terra, desde a sua formação até aos tempos actuais As divisões de 1ª ordem são designadas EON, as de 2ª ordem são designadas ERA e as de 3ª ordem período

  12. Principais acontecimentos ao longo da História da Terra (*) M.a. (milhões de anos)

  13. CRONOLOGIA DA EVOLUÇÃO HUMANA O quadro seguinte representa uma cronologia simplificada da evolução humana.

  14. Indica há quantos milhões de anos, aproximadamente, é que surgiram os primeiros Australopithecus. Há 4 M.a. Segundo o quadro, qual foi a espécie que teve maior permanência na Terra? Homo erectus Indica quantos milhares de anos se julga que o Homo neanderthalensis coexistiu com o Homo sapiens. Cerca de 200 mil anos

  15. As colunas estratigráficas seguintes foram recolhidas em dois locais ( X e Y) distantes. • 1- De todos os estratos (A a F) encontrados nos dois locais, indica: • a) O mais antigo • b) O mais recente Estrato D Estrato E 2- Sabendo que as trilobites viveram entre os 200 e os 500 milhões de anos atrás, indica um estrato com idade superior a 500 milhões de anos. Estrato D, com fósseis de Graptólitos