mem ria humana n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Memória Humana PowerPoint Presentation
Download Presentation
Memória Humana

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 33

Memória Humana - PowerPoint PPT Presentation


  • 159 Views
  • Uploaded on

Memória Humana. Viviane Abreu Terapeuta Ocupacional Clinica de Memória Mestre em Gerontologia Presidente da ABRAz- Associação Brasileira de Alzheimer. Memória Humana: Questões básicas. Como a informação entra para a memória? Como a informação é mantida na memória?

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Memória Humana' - antoinette


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
mem ria humana
Memória Humana

Viviane Abreu

Terapeuta Ocupacional

Clinica de Memória

Mestre em Gerontologia

Presidente da ABRAz- Associação Brasileira de Alzheimer

mem ria humana quest es b sicas
Memória Humana: Questões básicas
  • Como a informação entra para a memória?
  • Como a informação é mantida na memória?
  • Como a informação puxada de volta da memória?

Abreu, VPS

como o conhecimento est representado e organizado na mem ria
Como o Conhecimento está Representado e Organizado na Memória?
  • Agrupamentos e Hierarquias Conceituais
  • Esquemas e Roteiros (scripts)
  • Redes Semânticas
  • Redes Coneccionistas e modelos Distribuição Paralela de Processamento (PDP)

Abreu, VPS

desenvolvimento da mem ria dois modelos de mem ria
DESENVOLVIMENTO DA MEMÓRIA: Dois Modelos de Memória
  • Modelos de armazenamento recentemente colocados pelos modelos de redes da memória
    • Redes Interconectadas para informação associada
  • Modelos de Rede consistem em conceito de nós conectados por ligações (links)
    • Ligações variam em força
  • As redes enfatiza, que a informação pode ser ativada por graus variando em qualquer ponto
  • A propagação da ativação aumentar o grau de ativação dos nós conectados

Abreu, VPS

processamento da mem ria
Processamento da Memória
  • Codificação
    • Colocar a information dentro de um “armazém”
  • Manutenção
    • Mantê-la “viva”
  • Recuperação
    • Encontrar a informação codificada

Abreu, VPS

codifica o iniciando a informa o na mem ria
Codificação: Iniciando a informação na memória
  • A função da atenção
  • Focando a consciência
  • Atenção seletiva = seleção da entrada
    • Filtrar: cedo ou tarde?

Abreu, VPS

slide7

Modelos de Seleção tardia colocam o filtro aqui

Modelos de Seleção inicial colocam o filtro aqui

Estímulo

Seleção da resposta

Reconhecimento

de significado

Resposta

Detecção Sensorial

Modelos de Atenção Seletiva

Abreu, VPS

slide8

Exemplos de questões usadas para elicitar a codificação apropriada

Níveis de processamento

Tipos de Codificação

Processamento

Primário

Codificação Estrutural:

Ênfase na estrutura

física do estímulo

A palavra está escrita em

letras maiúsculas?

Profundidade do processamento

Processamento

Intermediário

Codificação Fonêmica:

Ênfase no som

da palavra

A palavra combina com seu

peso?

Processamento

Profundo

Codificação Semântica:

Ênfase no significado

da entrada verbal

A palavra caberia na

sentença: “Encontrou-se com

um _____________na rua”?

Teoria dos Níveis de Processamento

Abreu, VPS

o modelo de armazenamento m ltiplo waugh e norman 1965
O Modelo de Armazenamento MúltiploWaugh e Norman (1965)

Alça Ensaio

Transfer para

armazenagem

Estímulo permanente

Memória de Longa Duração

Armaze

nagem Sensorial

Memória de Curta Duração

Esquecimento

Resposta

Abreu, VPS

o modelo de armazenamento m ltiplo
O Modelo de Armazenamento Múltiplo

Características do modelo de armazenamento múltiplo

  • Propõe três partes distintas para a memória.
    • Armazenagem Sensorial
    • Armazenagem de Curta Duração
    • Armazenagem de Longa Duração
    • ensaios múltiplos
      • com relação direta entre a quantidade de ensaio naarmazenagem de Curta Duração e a força da memória na armazenagem de Longa Duração

Abreu, VPS

o modelo de armazenamento m ltiplo1
O Modelo de Armazenamento Múltiplo

Armazenagem Sensorial: A persistência da informação sensorial por um momento após sua percepção. A informação é modalidade específica.

Visão: A Armazenagem Icônica

Pesquisada por Sperling (1960)

Abreu, VPS

o modelo de armazenamento m ltiplo2
O Modelo de Armazenamento Múltiplo
  • relatar usualmente apenas 4 ou 5 das 12 letras.
  • A informação na armazenagem icônica geralmente decai dentro de menos de ½ segundo de exposição ao estímulo.
    • Problema com o experimento: memórias das letras decaiu antes que os participantes pudessem relatá-las.
  • Averback e Coriell (1961) - 2 fileiras de 8 letras aleatórias.
  • Uma pequena marca aparecia ao lado de uma posição da letra imediatamente depois que ela apareceu.
  • Recordação dessa letra com a exatidão de aproximadamente 75%,
    • informação de aproximadamente 12 das 16 letras após apenas 50 milissegundos de exposição a elas.
  • Somente um item de cada vez ser recordado
    • a informação não foi perdida durante que os participantes levaram para relatarem o que viram.

Abreu, VPS

slide13

Fixação

Mostragem

1/20 seg

Tom

Aparecem ou antes

ou depois de 15, 30, 50

ou 1 segundo

Relato

Alto

Médio

Baixo

Tempo (frações de segundos)

Estudo de Sperling’s (1960) sobre a memória sensorial

Abreu, VPS

o modelo de armazenamento m ltiplo3
O Modelo de Armazenamento Múltiplo

Armazenagem Sensorial : A persistência da informação sensorial por um momento após sua percepção. A informação é modalidade específica.

Audição: A armazenagem Ecóica

P. ex. Leitura e escutar

Pesquisada por Treisman (1964)

Tarefa de Escuta Dicótica

Duração Temporal 2 seg aprox.

Abreu, VPS

resumo do registro sensorial
Resumo do Registro Sensorial

descrição: uma cópia (fotográfica) de entrada

formato: cópia de características

capacidade: muito alta

Entrada de informação: não-atentiva (automática)

duração: cerca de 1/4 segundo

Manutenção da informação: impossível

Abreu, VPS

slide16

Memória Sensorial

Memória Curta Duração

Memória Longa Duração

Arquivo

Entrada Sensorial

Atenção

Evocação

Modelo de Armazenagem da Memória de Atkinson e Schiffrin

Abreu, VPS

mem ria de curta dura o mem ria operacional
Memória de Curta DuraçãoMemória Operacional
  • Armazenamento usado para tarefas conscientes
  • Semântica, não icônica
  • Dura cerca de 15 segundos
  • Constantemente sendo ensaiada
  • exemplo: balde de água sob uma torneira de água:
    • Novo material entra (interferência)
    • Material velho flui para fora (decai)

Abreu, VPS

desenvolvimento da mem ria mem ria operacional
DESENVOLVIMENTO DA MEMÓRIA : Memória Operacional
  • Refere-se à informação correntemente ativa no sistema de memória e disponível para uso
    • A Informação não é transferida para nenhum lugar, ela simplesmente está disponível
    • Componentes da memória operacional
      • Processamento da informação verbal
      • Processamento da informação auditiva
      • Aloca e monitora os recursos cognitivos tanto quanto o ensaio para a armazenagem temporária da informação

Abreu, VPS

desenvolvimento da mem ria mem ria operacional1
DESENVOLVIMENTO DA MEMÓRIA : Memória Operacional
  • Capacidade limitada e a informação é perdida no tempo se não há ensaio ou uso
  • Afeta virtualmente todas as tarefas cognitivas e está positivamente relacionada a medidas de outras habilidades

Abreu, VPS

mem ria de curta dura o mem ria operacional1
Memória de Curta Duração (Memória Operacional)
  • A memória de curta duração é limitada em tamanho ou duração?

Teste: apresente brevemente ao sujeito três consoantes

GCH

Quando a luz se apagar (após alguns segundos)

diga quais eram as consoantes

Abreu, VPS

tarefa de relato de consoante resultados

100%

Acurácia

50%

Duração

0%

10 s

20 s

30 s

Tarefa de relato de Consoante: Resultados
  • Observadores podem relatar 3 consoantes
    • Exatas tanto quanto são possíveis ao ensaios
    • duração > 30 segundos (um tempo longo!)

Abreu, VPS

decaimento da mem ria de curta dura o
Decaimento da memória de Curta Duração
  • Informação rapidamente decai quando o ensaio para

Apresente brevemente ao sujeito as três consoantes

Então, faça-o contar inverso por 3s

em voz alta a partir de um número dado

KBS

504

Quando a luz se apagar (após alguns segundos)

diga quais eram as consoantes

Abreu, VPS

tarefa de decaimento resultado
Tarefa de Decaimento: Resultado
  • Desempenho declina rapidamente com a demora (delay)
    • Essencialmente zero depois de 15-20 segundos

100%

Acurácia

50%

Duração

0%

10 s

20 s

30 s

Abreu, VPS

interfer ncia e mem ria de curta dura o
Interferência e Memória de Curta Duração
  • Presença do estímulo a ser lembrado
  • Presença de estímulo não-similar
  • Presença de estímulo similar “interferindo”
  • Example:
    • RHT, 520, 294, 93, Vagabundo

Abreu, VPS

capacidade da mcd
Capacidade da MCD

2 7 3

100%

3 dígitos:

  • Veja como a recordação depende do número de dígitos (amplitude ou extensão)

9 2 6 1 2

100%

5 dígitos :

4 6 7 8 1 0 4

90%

7 dígitos :

9 5 4 8 6 7 6 3 2

20%

9 dígitos :

Abreu, VPS

capacidade da mcd1
Capacidade da MCD
  • Número de dígitos lembrados: amplitude de dígitos (digit span)
  • Genericamente, capacidade da MCD: amplitude da memória
  • Miller: amplitude da memória é de 7(±2) itens
    • Verdade para visão, audição, etc.
    • “o mágico número 7”
  • Mas.. 7 o que?
  • O que é um “ítem”?
  • Quais são as unidades da MCD?

Abreu, VPS

unidades da mcd agrupamentos
Unidades da MCD: “Agrupamentos”

Por exemplo, esta seqüência é difícil de lembrar:

  • Agrupamento: grupo de itens que têm um significado

(11 letras)

Mas esta seqüência é fácil de lembrar:

(11 letras)

Segunda seqüência tem as mesmas letras

- arranjadas como agrupamentos – unidades têm significado

Abreu, VPS

aplica es da mcd
Aplicações da MCD
  • Usada para muitas tarefas perceptuais/cognitivas
    • Seguir itens através do espaço
    • Fazer adição/subtração
    • Temporariamente lembrar núm de telelfones
  • Sistemas de MCD especializados para visão, audição, espacial, faces, etc.
  • Baddeley: proposta geral para sistema de “memória operacional”

Abreu, VPS

modelo de baddeley e hitch 1974
Modelo de Baddeley e Hitch (1974)

Executivo

Central

Alça

Alça

Fonológica

Visuoespacial

AF & BAS são

sistemas

“escravos"

Abreu, VPS

o modelo de armazenamento m ltiplo armazenagem de curta dura o atkinson e schifrin 1968
O Modelo de Armazenamento MúltiploArmazenagem de Curta Duração (Atkinson e Schifrin,1968)

Saída

  • Atkinson e Schifrin (1968)

Entrada do

Meio

Armazenagem Sensorial

Armazenag Curta Duração

ArmazenagLonga Duração

Icônica

Controle

Processos;

Codificação;

Recuperação;

Estratégias

Ecóica

Haptic

Abreu, VPS

sum rio da mem ria de curta dura o
Sumário da Memória de Curta duração

descrição: dados para operações mentais

formato: “amostras”

capacidade: cerca de 7 “amostras”

entrada de informação: requer atenção

duração: > 30 segundos (se não perturbada)

Manutenção da informação: atenção continuada e exigência de busca

Abreu, VPS

mem ria de longa dura o mld
Memória de Longa Duração (MLD)
  • Sistema separado da MCD
  • Evidência: lesão do complexo temporal medial
    • HM (veja Milner)hipocampo removido de ambos hemisférios
    • Pacientes com Síndrome de Korsakovdevido a alcoolismo crônico
  • Para estes pacientes, a aprendizagem de longa duração é impedida, mas:
    • normal amplitude de memória da MCD
    • normal velocidade de escaneamento

da MCD

Abreu, VPS

mem ria de longa dura o capacidade ilimitada
Memória de Longa Duração: Capacidade Ilimitada
  • Armazenagem permanente?
    • Memórias em Flash
    • Recordação através de hipnose
  • Debate: MCD e MLD são realmente diferentes?
    • Codificação Fonêmica vs. Semântica
    • Esquecimento baseado em Decimento vs. Interferência
  • Mas, isto não significa que tudo estará disponível mais
  • tarde...
  • Recordação é diferente de Reconhecimento

Abreu, VPS