slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Retomando o Desafio Toda Escola pode fazer a diferença Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo PowerPoint Presentation
Download Presentation
Retomando o Desafio Toda Escola pode fazer a diferença Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 29

Retomando o Desafio Toda Escola pode fazer a diferença Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo - PowerPoint PPT Presentation


  • 593 Views
  • Uploaded on

Retomando o Desafio Toda Escola pode fazer a diferença Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo. Belo Horizonte, 27 de fevereiro de 2008. OBJETIVOS DA REUNIÃO. Retomar o desafio do Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Retomando o Desafio Toda Escola pode fazer a diferença Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo' - andrew


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1
SPO-FBB001-20071001

Retomando o DesafioToda Escola pode fazer a diferença Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo

Belo Horizonte, 27 de fevereiro de 2008

objetivos da reuni o
OBJETIVOS DA REUNIÃO
  • Retomar o desafio do Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo
  • Refletir sobre os desafios de nosso trabalho no Estado inteiro
conte do
CONTEÚDO
  • Retomar o desafio do Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo
  • Conhecendo o desafio: Situação da educação em Minas Gerais
pip alfabetiza o no tempo certo

Toda criança aprendendo

  • Toda Escola pode fazer . . .
  • Toda criança lendo e escrevendo até 8 anos de idade
PIP/ALFABETIZAÇÃO NO TEMPO CERTO
  • É o que todos querem?
  • Por que isso nem sempre acontece?
  • O que fazer?
  • Como fazer?
  • Nosso grande desafio
centro do sistema educacional
CENTRO DO SISTEMA EDUCACIONAL
  • Escola
  • Instância formativa da Humanidade
  • Memória afetiva/ escola que freqüentamos
  • Educar para a autonomia
  • Garantir a aprendizagem dos alunos
  • Comprometer-se com o sucesso de todos os alunos
slide7

"Se a criança não aprende, não culpe a criança, culpe o método que o professor usou para ensinar"

  • Bernardo Toro
  • "Qual o pré-requisito para aprender? É estar em relação afetiva e ética com o outro"
  • Júlio D"Aquino
slide8

"As pessoas só chegam ao dever pela ética do prazer"

  • Marina Gomide
  • "Mas talvez a Ética seja uma Ciência que desapareceu no mundo inteiro.Não importa, teremos que inventá-la outra vez"
  • Jorge Luiz Borges
a tica e suas rela es

Ética e democracia

  • Ética e autonomia
  • Ética e dever
  • Ética profissional
  • Fazer com excelência, com competência
  • Responsabilidade individual e comunitária
  • Comportamento ético
A ÉTICA E SUAS RELAÇÕES
slide10

"Falá é só fôlego; fazê é que é sustança"

  • (Dito caipira)
  • Compromisso do educador ético na sua prática:
  • Eliminar as formas de coação e abrir espaço para os procedimentos cooperativos
  • Colocar o desempenho do aluno como foco do planejamento escolar
  • Fazer do respeito ao direito de ser diferente uma prática rotineira
  • Acreditar que todos aprendem e que há diferentes caminhos para aprender
  • Falar da utilidade dos conhecimentos mas, acima de tudo, da beleza dos mesmos
  • Reconhecer que a felicidade e a aprendizagem dos alunos são as metas fundamentais
slide11

Mudanças de paradigmas

  • Cada vez menos
  • Cada vez mais
  • Mudança de cultura
  • Controle
  • Estado que faz
  • Robotização
  • Punir erros
  • Administrar detalhes
  • Argumento da força
  • Cultura de mudança
  • Resultado
  • Estado que gerencia
  • Capacitação
  • Recompensar acertos
  • Administrar políticas
  • Força do argumento

Qualidade você não faz sem raízes de sua cultura (passado) e sem desejos de avançar (futuro). O que une o passado com o futuro é o presente

slide12

"Quanto mais conscientizados nos tornamos, mais capacitados estamos para ser anunciadores e denunciadores, graças ao compromisso de transformação que assumimos"

  • Paulo Freire
  • Entre estar sensibilizado e estar comprometido o caminho pode ser longo
  • Há uma distância entre estas duas atitudes – pequena ou grande, tudo depende de você
minas vai avan ar mais

"Temos que dar, agora, um passo decisivo: Resolver a questão da alfabetização, do analfabeto que está, surpreendentemente, na escola"

  • Ênfase "absoluta" na alfabetização e letramento
  • Alfabetizar no tempo certo
  • Alfabetizar e Acelerar – PAV
  • Escola de Tempo Integral
MINAS VAI AVANÇAR MAIS
a proposta programa de interven o pedag gica alfabetiza o no tempo certo
A PROPOSTA: PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA – ALFABETIZAÇÃO NO TEMPO CERTO
  • Aspiração
  • “Toda criança lendo e escrevendo até 8 anos de idade em 2010”
  • Fase I – Planejamento e preparação (set a dez)
  • Formação da equipe
  • Desenvolvimento de material
  • Capacitação dos agentes pedagógicos
  • Definição de metas
  • Equipe Central e Regional dimensionada e qualificada
  • Material detalhado para servir de guia para professores, especialistas, diretores e grupo regional
  • Capacitação no material detalhado do grupo regional, especialistas, diretores e professores
  • Definição de metas por escola e SRE
  • Fase II – Execução e acompanhamento
  • (a partir de fev.)
  • Execução e acompanhamento dos resultados
  • Aplicação do material detalhado pelos professores em sala de aula e formação continuada
  • Utilização do guia pelos diretores e especialistas
  • Acompanhamento contínuo pelas Equipes Central e Regional
slide15
O PROGRAMA ACOMPANHA TODAS AS ESCOLAS DO ESTADO, PORÉM COM ABORDAGEM DIFERENTE DE ACORDO COM O PERFIL DA ESCOLA
  • Grupos de escolas
  • Perfil (desempenho e cultura)
  • Abordagem

“IRRADIAÇÃO”

  • Orientar e estimular o uso dos guias pela equipe pedagógica
  • “Escolas pequenas”
  • 500
  • Escolas pequenas, com resultados variados, que concentram número limitado de alunos
  • Escolas com bom resultados e com elevada capacidade de gestão pedagógica

“AUTONOMIA COM COBRANÇA”

  • Orientar conforme necessidade e estimular o uso dos guias pela equipe pedagógica
  • “Melhores escolas”
  • 875
  • Escolas com resultados médios, mas com potencial para melhorar sua capacidade de gestão pedagógica de maneira sustentável

“ORIENTAÇÃO COM COBRANÇA”

  • Orientar intensamente e estimular o uso dos guias pela equipe pedagógica
  • “Escolas estratégicas”
  • 1.080

Fonte: Análise da equipe

as escolas estrat gicas possuem maior concentra o de alunos no baixo desempenho que a m dia de mg

8

AS ESCOLAS ESTRATÉGICAS POSSUEM MAIOR CONCENTRAÇÃO DE ALUNOS NO BAIXO DESEMPENHO QUE A MÉDIA DE MG
  • Baixo
  • Intermediário

Escolas Estaduais

  • Recomendável
  • Dispersão de desempenho
  • Proficiência média
  • %, desempenho no PROALFA, 2007
  • 100%
  • Total
  • 19
  • 66
  • 536
  • Escolas Pequenas
  • 18
  • 68
  • 543
  • Melhores Escolas
  • 590
  • 5
  • 87
  • Escolas Estratégicas
  • 31
  • 47
  • 491
slide17

38

O FOCO NAS ESCOLAS ESTRATÉGICAS PERMITIRÁ ATINGIR 84% DOS ALUNOS NO DESEMPENHO BAIXO E 75% NO INTERMEDIÁRIO

Escolas Estaduais

  • Quantidade de alunos
  • %, desempenho no PROALFA, 2007
  • Escolas Pequenas
  • 500
  • 100%
  • 3
  • 4
  • 4
  • 4
  • 12
  • 22
  • Melhores Escolas
  • 875
  • 44
  • 58
  • Escolas Estratégicas
  • 1080
  • Total de alunos
  • Total Baixo Desempenho
  • Total Desempenho Intermediário
  • Total Desempenho Recomendável
slide18

1.740

  • Januária
  • Janaúba
  • Paracatú
  • Almenara
  • Araçuaí
  • Montes Claros
  • Pirapora
  • Teófilo Otoni
  • Diaman-tina
  • Monte Carmelo
  • Curvelo
  • Guan-
  • hães
  • Patos de Minas
  • Ituiutaba
  • Uberlândia
  • Governador Valadares
  • Patro-cínio
  • Paráde Minas
  • Sete Lagoas
  • Metropolitana C
  • Uberaba
  • Cel Fabriciano
  • Caratinga
  • Nova Era
  • Divinópolis
  • Manhuaçú
  • Passos
  • São Sebastião do Paraíso
  • Ponte Nova
  • Carangola
  • Metropolitana B
  • Ouro Preto
  • Campo Belo
  • Muriaé
  • Var-ginha
  • Metropolitana A
  • Ubá
  • Juiz de Fora
  • Leopoldina
  • Poços de Caldas
  • Conselheiro Lafaiete
  • Itajubá
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Caxambú
  • S. João Del Rei
AS ESCOLAS ESTRATÉGICAS ESTÃO DISTRIBUÍDAS POR TODO ESTADO, COM MAIOR CONCENTRAÇÃO NO NORTE E REGIÃO METROPOLITANA

Distribuição das escolas estratégicas pelo estado de Minas Gerais (Escolas Estaduais)

  • Até 10 escolas
  • De 11 a 30 escolas
  • Mais de 30 escolas
estrutura da equipe do programa

Professores

  • Equipe Central
  • Equipe Regional
  • Especialistas
ESTRUTURA DA EQUIPE DO PROGRAMA
  • NÚMEROS APROXIMADOS
  • Equipe até 2007
  • Equipe a partir de 2008
  • 10 Analistas Educacionais
  • 46 Analistas Educacionais
  • 510 Analistas
  • 790 Inspetores
  • 720 Analistas
  • 830 Inspetores
  • 3 mil Especialistas
  • 3 mil Especialistas
  • 10 mil Professores
  • 10 mil Professores

Fonte: SEE

o programa abrange todas as 46 sre do estado

Capacitação da Equipe Regional

  • Metas por SRE e escolas
  • Material didático-pedagógico
  • Acompanhamento e Avaliação
O PROGRAMA ABRANGE TODAS AS 46 SRE DO ESTADO
  • Iniciativas
  • Todos os Analistas e Inspetores Escolares receberão capacitação no programa (materiais didático-pedagógicos e sistema de acompanhamento)
  • Todas as 46 SRE e as 2.450 escolas estaduais com os anos inciais do EF no Estado têm metas definidas para o período de 2008 a 2010 (PROALFA, 3º Ano)
  • Materiais pedagógicos criados especialmente para o programa serão usados no ano letivo de 2008 (guias do professor, do diretor e do especialista)
  • Sistema de acompanhamento e avaliação será estruturado com a utilização da internet para facilitar e melhorar o acompanhamento dos resultados da implementação do programa nas escolas
ser o desenvolvidos materiais detalhados para professores especialistas diretores e grupo regional

Guia para orientar o trabalho dos profissionais do Grupo Regional

  • Explica como avaliar e monitorar o trabalho que será desenvolvido nas escolas estaduais, com ênfase nas Escolas Estratégicas
  • Guia para ESPECIALISTAS
  • Guia para DIRETORES
  • Guia para GRUPO REGIONAL
  • Material detalhado ALFABETIZAÇÃO
  • Guia sobre como ser o líder pedagógico da escola
  • Orientações gerais sobre tarefas administrativas
  • Capacitação sobre gestão e planejamento
  • Ajuda o diretor a liberar tempo para focar mais no pedagógico e atingir melhores resultados
  • Guia sobre como exercer de forma efetiva o papel de supervisor pedagógico
  • Garante que o especialista saiba quais atividades são esperadas dele e qual o seu papel na escola
SERÃO DESENVOLVIDOS MATERIAIS DETALHADOS PARA PROFESSORES, ESPECIALISTAS, DIRETORES E GRUPO REGIONAL
  • Demandas
  • Materiais necessários
  • Descrição e benefícios
  • Material de orientação e planejamento de aulas para professores
  • Fornece um guia de ensino eficaz e de simples entendimento para o Professor Alfabetizador
  • Transformação na sala de aula
  • Transformação da maneira de trabalhar nas SRE e Escolas
conte do22
CONTEÚDO
  • Retomar o desafio do Programa de Intervenção Pedagógica – Alfabetização no Tempo Certo
  • Conhecendo o desafio: Situação da educação em Minas Gerais
66 dos alunos do 3 ano das escolas estaduais atingiram o desempenho recomend vel em 2007

15

  • Possíveis motivos da melhoria:
    • Sensibilização das escolas para melhorar os resultados da avaliação externa
    • Maior presença e apoio às escolas estaduais
    • Algumas intervenções do plano já iniciadas
    • Projeto “Aluno em Tempo Integral”
    • Dispensa de professores designados com turmas com baixo desempenho
66% DOS ALUNOS DO 3º ANO DAS ESCOLAS ESTADUAIS ATINGIRAM O DESEMPENHO RECOMENDÁVEL EM 2007
  • Recomendável
  • Intermediário

% desempenho, PROALFA, Escolas Estaduais

  • Baixo
  • xx
  • Proficiência média
  • Variação dos resultados 2006-2007
  • 494
  • 536
  • 8%
  • 100%
  • 49
  • 35%
  • 66
  • -25%
  • 31
  • -38%
  • 19
  • 2006
  • 2007
onde queremos chegar evolu o das metas nas escolas estaduais

8

ONDE QUEREMOS CHEGAR: EVOLUÇÃO DAS METAS NAS ESCOLAS ESTADUAIS
  • Recomendável
  • Intermediário

3º ano do ciclo inicial

  • Baixo
  • xx
  • Proficiência média
  • Variação dos resultados 2007-2010
  • CA*

Níveis de Proficiência

  • 536
  • 630
  • +6%
  • Recomendável: Alunos lêem frases e pequenos textos. Habilidades de identificação do gênero, do assunto e da finalidade de textos parcialmente desenvolvidas
  • Intermediário: Alunos lêem frases e pequenos textos
  • Baixo: Alunos que lêem apenas palavras
  • 100%
  • 66
  • +11%
  • 90
  • 19
  • 2
  • 2007
  • 2010

* Crescimento anual

slide25

10

A META PROPOSTA PARA AS ESCOLAS ESTADUAIS AUMENTARÁ A QUANTIDADE DE ALUNOS NO RECOMENDÁVEL DE 66% PARA 90% ENTRE 2007 E 2010
  • Recomendável

3º ano do ciclo inicial, Escolas Estaduais

  • Intermediário
  • Baixo
  • xx
  • Proficiência média
  • Crescimento anual de 6% entre 2007 e 2010
  • Variação dos resultados 2007-2010
  • 536
  • 558
  • 590
  • 630
  • Crescimento anual de 11% entre 2007 e 2010
  • 66
  • 73
  • 81
  • 90
  • 19
  • 14
  • 9
  • 2
  • 2007
  • 2008
  • 2009
  • 2010
slide26

61

  • Propostas de metas para SRE e escolas são apresentadas num “Caderno de Metas” específico para cada SRE
  • As metas para SRE foram elaboradas de modo que contribuam para o alcance da meta consolidada de Minas Gerais
O “CADERNO DE METAS” É A PRIMEIRA FORMA DE COMUNICAÇÃO UTILIZADA PARA DISSEMINAR AS METAS 2008-2010 ENTRE AS SRE
  • ILUSTRATIVO
17 dos alunos das escolas estaduais superaram os 630 pontos em 2007

22

17% DOS ALUNOS DAS ESCOLAS ESTADUAIS SUPERARAM OS630 PONTOS EM 2007

3º ano do ciclo inicial, distribuição da proficiência média dos alunos, 2007

  • 17% do total dos alunos das escolas estaduais
  • No. Alunos

10000

9000

8000

7000

6000

5000

4000

3000

2000

1000

0

200

240

280

320

360

400

440

480

520

560

600

640

680

720

  • Nível Proficiência
  • 536
  • 630
  • Proficiência média
  • Meta 2010
10 das escolas estaduais j superaram a meta proposta para o estado em 2010
10% DAS ESCOLAS ESTADUAIS JÁ SUPERARAM A META PROPOSTA PARA O ESTADO EM 2010

3º ano do ciclo inicial, distribuição da proficiência média das escolas, PROALFA 2007

  • Nº de escolas

400

  • 10% do total das escolas estaduais

300

200

100

0

360

400

440

480

520

560

600

640

680

720

Mais

  • Proficiência
  • 536
  • 630
  • Proficiência média 2007
  • Meta 2010
o ambiente socio econ mico n o determina o n vel de profici ncia

Escolas com baixo nível sócio-econômico que superaram os 630 pontos em 2007

O AMBIENTE SOCIO-ECONÔMICO NÃO DETERMINA O NÍVEL DEPROFICIÊNCIA

3º ano do ciclo inicial, Escolas Estaduais, PROALFA 2007

  • Proficiência média
  • Dr. Rockert
  • (Janaúba)
  • Taboleiro
  • (Guanhães)
  • Soturno Da Mata (Teófilo Otoni)
  • -2.8
  • -2.1
  • -1.4
  • -0.7
  • 0
  • 0.7
  • 1.4
  • Baixo
  • Alto
  • Nível Sócio-econômico