Central de comuta o e controle ccc
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 11

Central de Comutação e Controle - CCC PowerPoint PPT Presentation


  • 40 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

Sistema de Telefonia Celular O aparelho celular se comunica via ondas eletromagnéticas com as antenas que estão nos topos das torres (ERB), que fazem intercomunicação com a central de comutação e controle (CCC), que finalmente interliga o usuário, tanto com aparelho fixo como móvel.

Download Presentation

Central de Comutação e Controle - CCC

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Central de comuta o e controle ccc

Sistema de Telefonia CelularO aparelho celular se comunica via ondas eletromagnéticas com as antenas que estão nos topos das torres (ERB), que fazem intercomunicação com a central de comutação e controle (CCC), que finalmente interliga o usuário, tanto com aparelho fixo como móvel.

Estação de Rádio-Base - ERB

Telefone Fixo

Telefone Móvel

Central de Comutação e Controle - CCC


Esta o de r dio base erb reclama es da popula o

Estação de Rádio Base - ERBReclamações da população

E malha de aterramento(Queima de equipamentos)

Transmitem o mesmo tipo de onda eletromagnética que é utilizada pela emissora de rádio, televisão e sistema de rádio da polícia e corpo de bombeiro.(Causa câncer e outras doenças)

Os equipamentos necessitam de controle de temperatura. (Ar Condicionado = Ruído)

As torres são de concreto ou metálica (treliça) São dimensionadas para suportar ventos de 140 a 190 Km/h. (furacões)

(As de concreto geram reclamações por apresentar trincas e movimentação com ventos.)


Torres em reas urbanas

Torres em áreas urbanas

A única forma de prestar o serviço celular é através da instalação de antenas de baixa potência distribuídas em diversos locais da cidade, onde se encontram as pessoas que vão utilizar o serviço.

Esta técnica é utilizada em todas as cidades do mundo.

Aumentando-se o número de antenas a potência de cada uma diminui.


Radia o eletromagn tica energia el trica eletromagn tica livre no espa o ar

Radiação EletromagnéticaEnergia elétrica, eletromagnética, livre no espaço (ar).

São divididas em dois grupos:

Ionizantes - Provocam reações químicas nos tecidos onde elas incidem e por isto são muito perigosas. (Raio X).

Não Ionizantes - não provocam reações químicas, utilizadas pelo sistema de telecomunicações.


Quem estabelecem os limites de seguran a

Quem estabelecem os limites de Segurança

A ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) é quem regulamentou os limites de segurança, seguindo os parâmetros indicados pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Comissão Internacional de Proteção Contra Radiações Não Ionizantes - ICNIRP, publicou uma recomendação técnica que é adotada na maioria dos países, inclusive no Brasil.

Para definição dos limites de segurança, milhares de pesquisas e estudos, feitos em todo o mundo, foram analisados.


Limites de exposi o

Limites de exposição

Densidade de Potência = 4,35 W/m2 (watts por metro quadrado)

Como precaução, o nível de densidade de potência, já inclui um fator de segurança de 50 vezes, ou seja, o limite considerado seguro foi dividido por 50 e o valor obtido é o valor máximo permitido para exposição contínua (24 horas por dia).

  • Instituições especializadas fornecer laudos técnicos comprovando que os níveis estão dentro dos limites estabelecidos.

  • Também são licenciadas e vistoriadas pela ANATEL.


Outras fontes emissoras de radia o

Outras fontes emissoras de radiação

Todo equipamento elétrico ou eletrônico (eletrodomésticos, linhas de energia elétrica, etc...) gera campos e ondas eletromagnéticas em sua volta.


Legisla o

Legislação

Lei Municipal n. 3.602, de 28 de novembro de 2001.

(Decreto n. 5.812, de 11 de junho de 2003.)

Lei Estadual n.10.995, de 21 de dezembro de 2001.

Especificam:

Tamanho de terreno, distância da fonte geradora até edificações vizinhas, restrição de instalação em locais públicos, licença de funcionamento, projeto aprovado, etc....


Precisamos de sua ajuda

Precisamos de sua ajuda

  • Anote os endereços das antenas do seu setor e passe ao seu supervisor;

  • Anote as reclamações da população vizinha das antenas e passe estas informações.(folheto)

Indique nossa página na Internetpara outras informações e dicas em Saúde.


Vigil ncia em sa de

Vigilância em Saúde

Produção : Vigilância Ambiental


  • Login