gasto energ tico em repouso e durante o exerc cio
Download
Skip this Video
Download Presentation
GASTO ENERGÉTICO EM REPOUSO E DURANTE O EXERCÍCIO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 11

GASTO ENERGÉTICO EM REPOUSO E DURANTE O EXERCÍCIO - PowerPoint PPT Presentation


  • 100 Views
  • Uploaded on

GASTO ENERGÉTICO EM REPOUSO E DURANTE O EXERCÍCIO. GASTO ENERGÉTICO EM REPOUSO.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' GASTO ENERGÉTICO EM REPOUSO E DURANTE O EXERCÍCIO' - thiery


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide3
Uma medida padronizada do gasto energético em repouso é a taxa metabólica basal (TMB). A TMB é a taxa de gasto energético de um indivíduo em repouso na posição supina,mensurada imediatamente após um mínimo de oito(8) horas de sono e doze(12) horas de jejum.
slide4
Esse valor reflete a quantidade mínima de energia necessária para cuidar das funções fisiológicas essenciais do corpo. Quanto maior for a massa magra,maior a quantidade de calorias gastas por dia. Como as mulheres tendem a possuir uma maior massa gorda do que os homens, elas tendem a apresentar uma TMB menor do que os homens com peso similar.
slide5
Outros fatores afetam a TMB. Entre eles estão incluídos:
  • Idade;
  • Temperatura corporal;
  • Estresse e
  • Hormônios.
slide7
A quantidade de energia despendida em diferentes atividades varia com a intensidade e o tipo de exercício. O gasto energético, de muitas atividades foi determinado, geralmente através da monitoração do consumo de oxigênio durante a atividade para se determinar uma captação média de oxigênio por unidade de tempo.
slide8
Esses valores tipicamente ignoram os aspectos anaeróbicos do exercício e o consumo excessivo de oxigênio pós-exercício. Essa omissão é importante porque uma atividade que gasta um total de 300 kcal durante o período real de exercício pode gastar mais 100 kcal durante o período de recuperação. Portanto o gasto total é de 400 kcal, e não de 300 kcal.
slide9
Obviamente , qualquer atividade acima do nível de repouso aumentará a demanda do gasto diário. A faixa de gasto calórico diário é altamente variável. Ela depende de muitos fatores, incluindo:
  • o nível de atividade,
  • a idade,
  • o sexo,
  • o tamanho,
  • o peso e
  • a composição corporal.
slide11
Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos.

Miguel Unamuno

MUITO OBRIGADO !!!!!!!!!!!!!!

PROF. CHRISTIAN JAVIER

ad