INFECÇÕE S FÚNGICAS
Download
1 / 22

INFECÇÕE S FÚNGICAS - PowerPoint PPT Presentation


  • 71 Views
  • Uploaded on

INFECÇÕE S FÚNGICAS . Renata Diniz de Souza – Cirurgia Dentista CRO 41983 Mestranda em Clínica Odontológica – Área de Concentração : Diagnóstico Bucal Orientador: Lucinei Roberto de Oliveira. FUNGOS.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about ' INFECÇÕE S FÚNGICAS ' - shima


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

INFECÇÕE S FÚNGICAS

Renata Diniz de Souza – Cirurgia Dentista CRO 41983

Mestranda em Clínica Odontológica –

Área de Concentração : Diagnóstico Bucal

Orientador: Lucinei Roberto de Oliveira


FUNGOS

Os fungos são classificados num  reino separado das  plantas,  animais  e bactérias.

Abundantes em todo mundo, a maioria dos fungos é inconspícua devido ao pequeno tamanho das sua estruturas, e pelos seus modos de vida críticos no solo, na matéria morta, e como simbiontes ou parasitas de plantas, animais, e outros fungos. Podem tornar-se notados quando frutificam, seja como cogumelos ou como bolores. Os fungos desempenham um papel essencial na decomposição da matéria orgânica e têm papéis fundamentais nas trocas e ciclos de nutrientes. São desde há muito tempo utilizados como uma fonte direta de alimentação.

Desde a década de 1940, os fungos são usados na produção de antibióticos, e, mais recentemente, várias enzimas produzidas por fungos são usadas industrialmente e em detergentes. São também usados como agentes biológicos no controlo de ervas daninhas e pragas agrícolas


INFECÇÕES FÚNGICAS QUE ACOMETEM A BOCA

•  Candidose

•  Paracoccidioidomicose (Blastomicose Sul-Americana)


Candidose

• Lesão fúngica oral mais comum em humanos

(60% pcts. dentados > que 60 anos)

• Encontrada em 90% dos HIV+

• Os tipos mais comuns são: pseudomenbranosa, eritematosa, hiperplásica, mucocutânea.

• Geralmente causados pela Candida albicans


CANDIDOSE Candidose

Tipo pseudomembranoso:

- Placas brancas compostas por fungos, células inflamatórias e restos queratolíticos que são facilmente removidos por raspagem deixando uma superfície eritematosa a ulcerada podendo ser dolorida.


Eritematosa Candidose

• A forma eritematosa (atrófica) apresenta-se

avermelhada acometendo o palato.



• formada por áreas de fissura na comissura labial. Candidose

• é moderadamente dolorida e origina-se pelo acúmulo de saliva na região.


TIPO HIPERPLÁSICO Candidose

representa uma reação crônica desenvolvida contra a Candida.

• placa branca que não é removida por raspagem


Tratamento Candidose

• depende da severidade da lesão

• podem ser usados medicamentos antifúngicos tópicos (Nistatina, Clotrimazole Anfotericina B) e sistêmicos (Cetoconazol, Fluconazol ou Itraconazol)


- Nistatina Suspenção oral 100.000 UI/ml, pastilha 200.000 UI ou 500.000UI 3

a 4x ao dia - 7 dias

- Miconazol (Daktarin® Gel) - 2% 4x ao dia por 7 dias

- Higienização da prótese com:

água sanitária (1:10)

bicarbonato de sódio - (1 colher de chá em 1 copo de água de + ou – 300


PARACOCCIDIOIDOMICOSE UI ou 500.000UI 3

Blastomicose Sul-Americana


•  Infecção fúngica profunda causada pelo Paracoccidioides brasiliensis

•  Endêmica na América do Sul

•  Predileção por homens (15:1)

•  Papel protetor do estrogênio feminino


•  Infecção pulmonar inicial Paracoccidioides brasiliensis

•  Pode se espalhar por via linfática ou hematogênica


Sequelas da paracoccidioidomicose Paracoccidioides brasiliensis As principais sequelas causadas pela paracoccidioidomicose são: *disfunção da suprarrenal (15-50% dos casos) *disfonia e/ou obstrução da laringe *redução da rima bucal *epilepsia e/ou hidrocefalia (6-25% dos casos)


Tratamento Paracoccidioides brasiliensis Os seguintes pontos devem ser observados:* Devem-se adotar medidas de suporte perante complicações clínicas.* O itraconazol é a melhor opção nas formas leves/moderadas.* A associação sulfametoxazol e trimetoprima é a alternativa mais utilizada no tratamento ambulatorial da paracoccidioidomicose.* Deve-se restringir fumo e álcool.*Deve-se realizar tratamento das parasitoses intestinais, muito frequentes nesses doentes, notadamente a estrongiloidíase.* O tratamento é de longa duração.* Os pacientes devem ser acompanhados até atingir os critérios de cura.


http://lucinei.wikispaces.com Paracoccidioides brasiliensis


OBRIGADA PELA ATENÇÃO!!!! Paracoccidioides brasiliensis